Somos Todos UM Autoconhecimento
O Portal de

Autoconhecimento

e Espiritualidade

Autoconhecimento


Sua vida com o freio de mão puxado!  
Home > Autoconhecimento

Sua vida com o freio de mão puxado!

por Maria Isabel Carapinha

Compartilhe
   

Sim, este é um termo que em muitos casos podemos aplicar, por mais que aceleremos e busquemos alternativas, permanecemos no mesmo local, simplesmente por buscarmos as alternativas que não são corretas.
Este termo em muito se aplica na vida afetiva das pessoas; buscamos, buscamos e simplesmente entramos numa fria de novo! Somado ao fato de na maioria das vezes o novo amor ser exatamente igual ao anterior.

Algumas explicações são plausíveis, uma delas é a atração, mesmo entendendo todas as tendências para buscar determinado companheiro ou companheira, até hoje pouco se decifrou sobre o processo de atração.

Como radiestesista, digo que energias iguais se atraem, dependendo da fase de vida em que você se encontra, é esta energia que trará para sua vida como complementar. E o que dizer da busca quando não estamos preparados? Ou seja, com as energias equilibradas?
O jeito de ser de uma determinada pessoa é que a difere das demais, e isto nos atrai! Somos atraídos por alguém que nos dá impressão de ser a resposta do que procurávamos.

Logo em seguida, vem a fase da paixão, onde nada se enxerga, o outro é simplesmente perfeito! É o momento dos sonhos, das fantasias, das projeções, das ilusões. Parece que este encantamento vai durar para sempre e que você é a única pessoa agraciada por viver isso.
Depois desta fase, as pessoas enfrentam as diferenças, a forma do outro reagir não é a que você esperava, surgem, então, as dificuldades.

Este é o momento que as pessoas param para analisar... será que é isso que quero para minha vida? As decepções acontecem e o rumo das coisas é sempre o mesmo: a separação para buscar alguém mais adequado ou a acomodação, para não ter que bater de frente com as diferenças encontradas.

As mulheres no geral se casam achando que podem mudar o marido, fazendo dele o homem que desejam e os homens se casam achando que aquelas mocinhas, que um dia foram do jeitinho que eles queriam, assim permanecerão para sempre, e isso nunca acontece! Por mais que histórias mil sejam contadas e participadas, as coisas continuam a acontecer da mesma forma.
Por isso, dizer que a sua vida está com o freio de mão puxado, você pode, sem perceber, estar patinando na mesma história ou nas mesmas histórias por anos a fio.

O cuidar de nossa energia pessoal, desfazer os cordões emocionais abrirá nossa sintonia energética para que coisas novas possam acontecer.
Eu digo que não necessariamente o rompimento ou o acomodamento é a solução, a permanência com a mesma pessoa pode sim ser satisfatória e até agregar crescimento pessoal, desde que os dois, depois de perceberem que estão nesta determinada situação, partam para um equilíbrio pessoal, cuidando de sua energia.

Quantas e quantas vezes já tivemos a sensação de que quando estamos perto de determinada pessoa não nos sentimos bem. Sabe o que acontece? Pode ser que sua energia ou a dela esteja fora de equilíbrio!
Tem ainda uma fase perigosa que é a luta pelo domínio, quando um quer se impor e dominar o outro anulando-o. Caso isso se instale, podemos até nomear com uma magia mental ou seja persuadir o outro a fazer o que você quer e dissuadir o outro de seus desejos. Nesta etapa, o diálogo não existe!
Quando um dos dois chega a um discernimento maior é possível que ocorra o seguinte: vamos nos dedicar a buscar a felicidade do casal e não a felicidade sozinho.

No caso que lhes conto a seguir, temos muito do que relatamos acima:
Uma moça do interior de São Paulo me chamou para medir sua casa, primeiro por desconhecer totalmente o assunto me perguntou o que era feito na casa e como se processava o sistema de cura. Expliquei-lhe que primeiro faço a medição na casa, avalio todas as energias de cura do local e depois faço toda prospecção pessoal pela mesa radiônica, verificando os possíveis bloqueios e tratando-os.
Ela não mencionou a princípio sua intenção, concordou com o meu sistema de trabalho e agendou a medição em sua casa.

Chegando lá, avaliei todas as energias do local, e não havia nenhuma energia mais grave a ser curada no local, existiam sim muitas memórias de parede por brigas e discussões constantes que precisavam ser eliminadas.
Passei-lhe as instruções de limpeza energética e foi, então, que ela me contou a história: eu te chamei aqui justamente por um problema pessoal. Contou-me que ela e o marido sempre foram um casal perfeito, companheiros, cúmplices, amigos, enfim, complementares, e de uns tempos para cá tudo havia mudado, o marido não era mais o mesmo, tratava-a com agressividade constante e ela, por não entender ou não saber o motivo, respondia também com agressividade.
Enfim, queria se separar dele, mas tinha receio de tomar a iniciativa por medo de ferir os sentimentos dos filhos e depois ter que continuar convivendo com eles sentindo rejeição. Esta foi a descrição na íntegra, tinha medo de ser rejeitada pelos filhos. Continuava, então, a viver daquela forma.

Assim, aconselhei-a: por que você e seu marido não fazem um tratamento energético, a fim de modificar esta sintonia entre vocês? Ela me olhou um pouco assustada! Como assim... você quer dizer que esta situação pode ser resolvida? Eu disse que sim, pelo que estava percebendo, a energia dos dois estava completamente desequilibrada e isso fazia com que as agressões se tornassem constantes, além da falta de paciência.
Propus-lhe o seguinte: você não precisa acreditar na radiestesia, nem em um tratamento radiônica, experimente em sua vida, como a mudar você! Eu tenha absoluta certeza, até por experiência que seu marido também irá mudar.

Iniciei os atendimentos com mesa radiônica e a energia da moça foi mudando e se estabilizando; fomos desfazendo bloqueios de passado e interferências criadas ao longo do tempo. A cada dia, ela se sentia melhor e passou a enxergar a fase do marido como passageira, ou seja, ela não mais entrava na sintonia energética do marido, ela o deixava sozinho para pensar e refletir sobre o que estava fazendo.
Eu pedi que ela repetisse esse comportamento até que ele viesse lhe perguntar o que estava acontecendo, e isso aconteceu depois de dois meses. Vejam só o grau de distanciamento que estava se instalando entre o casal: o marido só percebeu a diferença no comportamento da esposa depois de dois meses!

Ele, então, um dia lhe perguntou: por que você está diferente, parece mais calma ou simplesmente não se importa mais comigo? Ela, então, lhe explicou que estava fazendo um tratamento energético pessoal, para elevação de suas frequências vibratórias a fim de tentar retomar o ponto onde o casamento havia se perdido.

A mudança no comportamento da moça foi tão latente que o marido logo se interessou em saber como aquilo funcionava. Assim, propus o seguinte à moça: convide-o para fazer um curso de radiestesia com você para que ele possa entender melhor tudo isso e, então, optar ou não por fazer o tratamento.
Ele assistiu ao curso de boa vontade, interessou-se pelo assunto e sem dizer nada à esposa me procurou para uma consulta.

Contou-me, então, o que estava acontecendo. Ele era dono de uma empresa, que passava por inúmeras dívidas e a esposa nem imaginava. O endividamento chegou a tal ponto que ele vendeu a empresa e continuou de funcionário da mesma, porém, esta era uma regra contratual que não era seguida, não o respeitavam, nem ouviam sua opinião, deixavam-no encostado por lá. Foi desta forma que ele me descreveu o fato; esta era a fonte de todo seu desequilíbrio, vivia uma mentira junto à família e ainda por cima não estava realizado profissionalmente.

Realizamos, então, todo tratamento energético com diversas sessões de mesa radiônica e os desbloqueios começaram a ocorrer. Um amigo seu, muito próximo, acabou descobrindo a sua situação e convidou-o a entrar como sócio em sua empresa que precisava de alguém com o conhecimento comercial e técnico dele.
Concretizada a nova situação e o nosso tratamento em andamento, rumo ao final, ele decidiu contar à esposa todo o ocorrido e dizer-lhe que o recomeço era, sim, possível e era o que ele mais desejava.

O que concluímos é que nem sempre a melhor pessoa do mundo é aquela que não está perto de você, solte o freio de mão e entenda o porquê de estar vivendo situações repetitivas.


Obrigado por votar

Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Sua vida com o freio de mão puxado!
Avaliação: 5 | Votos: 1

Consulte grátis
     
 
Compartilhe
   


Maria Isabel Carapinha é colaboradora do site, radiestesista e trabalha também com Feng Shui.
Ministra cursos e faz atendimentos em residências e empresas.
Trabalha também com a mesa radiônica fazendo atendimentos em seu consultório ou à distância.
Visite meu Site e Acompanhe Maria Isabel Carapinha no Facebook
Email: isabelc@uol.com.br
Visite o Site do Autor
Publicado em: 22/03/2018 10:11:58

Deixe sua opinião sobre este artigo

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.
As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo do Site.


Energias para Hoje
segunda-feira, 16 de julho de 2018


energia
I-Ching: 58 – TUI – ALEGRIA
É tempo de muita harmonia. O segredo do sucesso é ser alegre e sereno.


energia
Runas: Urus
Creia! As transformações trazem amadurecimento.


16
Numerologia: Interiorização
O dia pede calma e serenidade, leia um livro, ouça uma musica relaxante. Detenha-se nos planos pessoais e no caráter não-material de suas expectativas de vida. Siga o fluxo e faça uma profunda introspecção para descobrir aspectos do seu verdadeiro EU.




Horóscopo

Áries   Touro   Gêmeos   Câncer
 
Leão   Vírgem   Libra   Escorpião
 
Sagitário   Capricórnio   Aquário   Peixes




+ Lidos da Semana anterior
1. Se você não se posiciona, não adianta reclamar da inconveniência do outro!
2. Enfrente seus medos
3. Como é um relacionamento ideal para você?
4. Quem são os abusadores emocionais perversos e como agem?
5. Aceite seus sentimentos
6. Falando de chacras e iniciações espirituais
7. Por que Você é assim?
8. Por que há espíritos negativos?



 
© Copyright 2000 - 2018 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - Política de Privacidade