Home > Psicologia
Somos compostos de polaridades complementares - Parte 2

Somos compostos de polaridades complementares - Parte 2

por Luís Vasconcellos

Existe um quarteto constitucional em toda a nossa estrutura física. Ele é formado pelas qualidades primitivas da natureza, Quente / Seco / Úmido / Frio formando a imagem de uma cruz.


Ao mesmo tempo que constituem a estrutura da natureza conhecida eles estão em pleno funcionamento dentro de nós, constituindo também nossa forma de ser, de pensar, de agir, de sentir... A antiguidade grega descrevia toda a física da natureza através das qualidades primitivas e dos Elementos FOGO (Quente / Seco) TERRA (Fria / Seca) AR (Quente / Úmido) e ÁGUA (Fria / Úmida).


Sofremos nós (a espécie humana) estes efeitos todo o tempo e, mesmo antes do desenvolvimento de nossa espécie, o ser vivo passou por estes efeitos quando tudo era apenas uma sopa de células vivas, procurando sobreviver e se organizar em sistemas de pouca complexidade; ainda assim, estes fatores universais (do nosso universo local) nos acompanhavam em todos os sentidos. Não há espécie que não tenha uma adaptação prevista para a época úmida e para a seca. Nem mesmo a nossa. Então, se começarmos nossa reflexão sobre estas qualidades simples como o Úmido e o Seco, podemos perfeitamente contar que elas estejam se manifestando entre nós, mesmo hoje. Mas, não apenas fora de nós, no clima e no mundo e, sim, dentro de nós, em nossa composição íntima e em nosso funcionamento consciente/inconsciente.
Mas quais seriam suas características expressões na vida prática, expressões identificáveis e notáveis que serviriam para destaque das idiossincrasias e costumes típicos de um grupo e do seu oponente natural?

Quem parar para se observar e se conhecer terá boas surpresas ao descobrir que possui tendências típicas próprias, que o diferenciam dos demais que seguem outro tipo de tendência.
Sim, existe entre estas qualidades uma natural oposição, com todos os graus de intensidade possíveis e imagináveis entre elas. Refletimos todo este movimento principalmente em nosso íntimo e nas relações com as outras pessoas: família, casamento, sociedade, trabalho, amizades...
Como seria uma descrição do tipo Úmido e do tipo Seco? Simplificando bem, pode-se descrever deste modo:


Se refletirmos neste quadro comparativo das características da Qualidade Úmido e do Seco, notaremos que o princípio úmido é mais gerativo e vitalizado. O princípio seco atua como estruturante e como suporte, mas carece da vitalidade e da fluidez, então, mostra-se resistente e forte, no sentido da persistência.

Todos nós conhecemos, na família, nos relacionamentos amorosos, no ambiente de trabalho e nos contatos dentro da sociedade em geral, essas tendências, que se manifestam tão mais claramente quanto maior o predomínio delas na constituição de cada um de nós.
Uma empresa ou instituição também pode assumir em maior ou em menor grau algumas destas qualidades. Então, uma instituição que tem que regulamentar e exigir que se cumpra o regulamento, carece de fluidez, adaptabilidade ao inesperado e o seu movimento de expansão é sempre cheio de entraves - podemos encontrá-las por todo lado: polícia, exército, órgão reguladores de todo tipo (burocracia). Essas atividades são significadoras do princípio do SECO, pois são cumpridoras apaixonados de regras e de regulamentos e observam as ações do princípio vital/fluente do Úmido, com o olhar de quem entende que este necessita ser disciplinado e comandado. Estas instituições ou pessoas representam, de algum modo, o que significam as margens ou um dique/represa para um rio, contendo e disciplinando as ações e características do princípio Úmido.
Vice-versa, instituições com a natureza do Úmido lutam contra a rigidez das concepções e valores, buscando flexibilizar, dar maior liberdade criativa e favorecendo o movimento e a fluidez de tudo e de todos, sendo muito difíceis de se conter, pois a repressão apenas atrasa as ações do tipo úmido, mas não para sempre.

Em um casal típico, podemos ter aquele que diz: "eu sou assim e não mudo (rígido / seco / resistente)" e as brigas sempre desembocam na adaptabilidade, passividade e submissão do tipo úmido que vê naquilo não um impedimento insuperável e, sim, uma limitação temporária que um dia será inexoravelmente vencida, pois a vida não pára e o movimento de crescimento é inesgotável (expansão do movimento). Neste suposto casal, há um que resiste, fixa, estabelece e se mantém inacessível à influência alheia (rigidez) enquanto que o seu par releva, submete-se, contorna os obstáculos, agindo de forma macia e suave. O tipo que comanda parece cheio de certeza e jamais conhecerá a experiência da confiança que é a marca do tipo úmido. São "coragens" e "qualidades" opostas, porém complementares, e que costumam estabelecer relações muito duráveis no tempo (casais, sócios, colegas de trabalho).

O tipo controlador, e que quer garantir os resultados, busca a certeza e, então, ele age sempre pela busca de aplicar e manter algum tipo de regulamento desenvolvido por si próprio, às vezes, mas, no mais das vezes, adquirido pela disciplina e rigidez que lhe foram impostas desde sempre.

O tipo maleável não tem interesse em controle, pois mais dia menos dia, aprende que ele só pode confiar naquilo que chega a ele sem que ele tenha feito nada para forçar, obrigar, garantir e exigir. Ele confia no universo, no destino e na sorte. Então, ele espera passivamente que o movimento de união - de que ele é um legítimo buscador - algum dia frutifique. Isso eu denomino confiança e fé no desenvolvimento de tudo e de todos. Não é à toa que o tipo úmido esteja por trás dos movimentos pelas mudanças, pela evolução e pelo abandono das formas rígidas e cristalizadas que as duras estruturas da sociedade humana desenvolveram ao longo do tempo e da tradição de que são guardiãs.

O tipo Úmido é quase sempre aquele que quer o movimento, a dança das coisas, a fluidez, a arte e a poesia. Porém, um tipo Úmido sem a qualidade do Seco não possui disciplina nem método para levar adiante com persistência e senso do próprio valor os seus próprios desejos, imaginações e sonhos. São complementares e um não é melhor nem pior que o outro sendo que cada qual possui seu lugar no todo.
O tipo Seco acredita na cirurgia e o tipo Úmido prefere práticas de cura mais suaves. O tipo Seco se impõe sobre a natureza enquanto que o tipo Úmido tem um discurso mais conservacionista e defende a defesa do equilíbrio natural. O tipo Seco se obriga a disciplinar a natureza enquanto que o tipo Úmido é uma pessoa com conceitos e valores ecológicos. O tipo Seco geralmente está cercado de ferramentas, projetos desenhados pelo homem e máquinas enquanto que o Úmido admira o verde, a criação universal e a vitalidade que está manifesta em tudo e em todos.
Quem nunca presenciou uma discussão agitada entre um engenheiro e um arquiteto? Quem nunca viu ou soube de ouvir falar do sofrimento do autor teatrólogo nas discussões com investidores e com o pessoal responsável pela produção propriamente dita? Quem não viu o atleta criativo sendo submetido a regras que proíbem o drible e que colocam em primeiro plano a retranca e o sistema tático?

Esta é uma humilde tentativa de fazer avançar a compreensão dos leitores que me acompanharam até este ponto ofertando meios de observar e identificar algumas características dos vários tipos humanos. Comecei pelas qualidades primitivas do Quente e do Frio e agora completei com esta reflexão sobre o Úmido e o Seco.
Uma boa orquestra é composta de equilibradas quantidades de todas estas características. Pode-se extrair daí uma visão dos tipos psicológicos humanos.
Qualquer obra humana se alimenta do conjunto destas características, algumas vezes com muito predomínio de uma em detrimento da outra, porém, sempre estão presentes as qualidades primitivas em tudo que somos ou vivemos. Quem souber ver e não apenas olhar para o vivido poderá desfrutar destas informações aqui contidas e avançar na compreensão de si e dos outros.

Leia Também:

Somos compostos de Polaridades


Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   Numerologia  
 
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp


Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação: 5 | Votos: 1
Atualizado em 09/02/2012 12:02:24

Luís Vasconcellos é Psicólogo e atende
em seu consultório em São Paulo.

Visite seu Site
Email: luisvasconcellos@hotmail.com
Visite o Site do Autor

Veja também
O ressentimento é um veneno
Mercúrio Retrógrado em Escorpião
Transtorno bipolar
Você é a própria Graça
As luzes do criador nunca se apagam...
Uma grave doença chamada simbiose


Deixe sua opinião sobre este artigo


© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.
As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo do Site.


Energias para Hoje
quinta-feira, 14 de novembro de 2019

energia
I-Ching: 50 – TING - O CALDEIRÃO
Expresse livremente sua luz interior. Aqueles que contribuem para o maior benefício espiritual de outros alcançam o sucesso.


energia
Runas: Talismã da Saúde
Dê atenção à saúde. Cuide da alimentação.


14
Numerologia: Liberdade
Sinta-se livre para enfrentar as experiências que este dia tem a oferecer. Escape da rotina e procure hoje fazer suas coisas de modo diferente. Varie e experimente liberte-se de padrões.




Horóscopo

Áries   Touro   Gêmeos   Câncer
 
Leão   Vírgem   Libra   Escorpião
 
Sagitário   Capricórnio   Aquário   Peixes





 
© Copyright 2000 - 2019 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa