RESCISÃO DO CONTRATO KÁRMICO - SAIA DA MATRIX  
   

RESCISÃO DO CONTRATO KÁRMICO - SAIA DA MATRIX

Autor Vera Marfeza - veramarfeza@gmail.com

Compartilhe
   

O planeta Terra tem como sistema holográfico uma série de obstáculos que aqui estão implantados há muito tempo. Ele é administrado por seres que aqui vivem, em 4ª dimensão, e que além de gerenciarem todo o sistema, fazem você acreditar que só há uma forma de aprender as lições e evoluir que é pelo caminho da dor. Isso nada tem a ver com a verdade! Aprender não é sofrer!

O que realmente acontece é que nós, seres humanos, aceitamos as regras impostas pelos nossos opressores e os autorizamos a manipular o nosso trajeto de vida por aqui. Essas manipulações fazem parte do que chamamos de Contrato Kármico que assinamos ao entrarmos aqui. Somos induzidos ao erro de que a Roda de Samsara ou Roda Kármica é uma engenharia perfeita de Deus, o que vem a ser outro engodo. Isso nada tem a ver com a FONTE DIVINA.

Ao passarmos por aqui, sob essa estrutura mentirosa e opressora, quando desencarnamos, entramos numa outra estrutura que nos leva às colônias dos espíritos que comungam com a mesma doutrinação. Existem colônias para cada religião, seita, sociedade secreta, crenças comportamentais etc.. Então, caímos no mesmo enredo de perpetuação do controle desses seres, que nos levam a reviver nossa última vida e potencializar as nossas culpas e remorsos, iniciando um novo retorno nos mesmos moldes que é “pagar karma”.

Ficamos “rodando” mesmo sem sair do lugar evolucional. A Terra vem sendo golpeada por esse processo prisional, tridimensional, que faz com que a desesperança, o desânimo, o sentimento de injustiça e mesmo de total falta de respostas, instalem-se dentro daqueles que realizam um bom trajeto por aqui, mas com nenhum tipo de compensação, pelo contrário, quanto mais seguem as regras do amor e solidariedade, mais sofrem carências, doenças, injustiças, acontecimentos trágicos.

Depois aparece sempre alguém com uma conversa furada que diz “foi Deus quem quis”! Deus quis coisa nenhuma, foi você que permitiu, assinou e garantiu, por medo, remorso, ignorância, inocência ou desconhecimento do significado da palavra DEUS!

Os que estão aqui vivendo de uma forma boa e com facilidade estão catalogados em duas possibilidades: ou perceberam o sistema e fizeram a opção pelo caminho do Amor, conectados pelo DEUS Interno, sem o alcance do holograma da tortura, ou foram cooptados para o outro lado, dos seres involutivos e promovem a facilitação de sua permanência por aqui.

E tem aqueles que apesar de estarem cumprindo as regras do amor e solidariedade, concordaram em serem torturados, pelo sistema, porque aqui estão com a missão de libertarem o planeta disso, não tendo as suas vidas dentro do livre-arbítrio.

São as que eu chamo de “sementes do bem” que pagaram o preço da estadia, mesmo não sendo mortos, mas que assinaram um Contrato Kármico de autorização de interferências desses seres involutivos.

Desenvolvi um método, o qual chamarei de Rescisão do Contrato Kármico, que ao contrário da Cura Kármica que alcança as consequências do projeto reencarnatório, busca as causas nessa e em outras vidas e seus mecanismos de aprisionamento e manipulação, em todos os corpos energéticos, chacras e afins, fechando todas as portas possíveis de vulnerabilidade tais como culpas, remorsos, sentimentos de não-merecimento.

Deus é amor e liberdade, com compromisso e responsabilidade, o resto é jogo de poder de opressores e oprimidos.

Visite o meu site link

NESTES LINKS DO YOUTUBE POSTEI OS VÍDEOS EXPLICATIVOS SOBRE O ASSUNTO:

link
link
link

Texto revisado



Obrigado por votar

Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação:
RESCISÃO DO CONTRATO KÁRMICO - SAIA DA MATRIX
5 11

Compartilhe
   

Autor: Vera Marfeza   
Terapeuta, Numeróloga,Rescisão de Contrato Karmico, Coach, Hipnose Clínica, Bioenergética, www.veramarfeza.com.br Há 50 anos atendendo.
E-mail: veramarfeza@gmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Publicado em 05/09/2016
 

Deixe sua opinião sobre este artigo



Acessar seu Clube STUM
Faça
seu login


© Copyright 2000-2018 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.