Conexão Ava e Regressão!  
   

Conexão Ava e Regressão!

Autor Célia de Jesus - consultas@treenaturaterapias.com

Compartilhe
   

Conexão Ava e Regressão!

 
Durante a terapia Conexão Ava por vezes é possível passar por regressão. Quando são casos mais complicados de o paciente entender o porquê, e se ele se disponibilizar para saber, os Arcturianos dão a possibilidade de ver essa vida e fazer essa regressão onde tudo aconteceu.

Este caso chegou até mim e marcou-me por ser delicado, mas também porque mostra o amor imenso que as almas têm de evoluir sujeitando-se assim a provas que vistas aos olhos humanos são quase impossíveis de ser reais. Este caso mostra que nem tudo o que é assim tão “óbvio” aos nossos olhos, é realmente real.

Foi descrito por Alexandre depois de ter passado pela terapia Conexão AVA. Jovem, mas com algo no coração que não o deixava avançar no seu imenso caminho. Alexandre procurou-me porque sentia que tem tanto para viver e não consegue e tudo se prende a uma situação da qual os seus sentimentos não conseguem fugir. Vê-se numa prisão com a porta totalmente aberta, mas com dificuldade em sair.

Alexandre  tem uma irmã muito jovem e ambos passaram pelo divórcio do companheiro da mãe. Só Lara é filha deste companheiro . Este mesmo divórcio foi muito doloroso para a mãe, visto o compaheiro ser uma pessoa completamente descompensado a nível emocional, o que fazia que fosse algo bipolar e muito manipulador. A mãe suportou até quando aguentou, fez o seu melhor, mas há relações kármicas que é preciso que o outro ajude também e neste caso não havia sequer disponibilidade do outro lado. Iniciou-se o divórcio e quando finalmente a filha mais jovem se vê “livre” do pai em casa, começam a surgir as verdades. A Lara escondeu com todas as forças o que se passava com o pai, para não falar que muita manipulação era feita pelo pai e sendo muito jovem, nem sabia o que se passava até começar a doer. A Lara foi abusada algumas vezes e nunca contou há mãe. Esta por sua vez sempre achou que algo estava mal, mas a manipulação era tão bem feita que era muito difícil que se notasse. Mas esta insatisfação da mãe levou ao divórcio também, porque algo fazia a sua filha muito infeliz. O caso tornou-se ainda mais difícil para ambos porque mesmo com todas as provas, depoimentos e a própria vida que o pai leva, o tribunal continuava a permitir que a menina fizesse as visitas semanais ao pai. Para uma mãe isto é a morte, ter que levar a sua filha a um homem que fez aquilo e ter de reviver tudo. Mais a filha que chora constantemente por ir e está sempre em ansiedade. Um caso totalmente parado pelo tribunal. Conseguiu apenas que a Lara estivesse sempre acompanhada na altura da visita, mas o pai mesmo assim fazia manipulação com a menina e com os que a acompanhavam. Consegue imaginar a dor de fazer um filho passar por isso? A mãe deu várias voltas e nada podia fazer, nem com dinheiro em bons advogados, o caso andava. Obrigada pelo tribunal ou caso contrário a Lara teria de ir viver com o pai. Totalmente insólito. O Universo estava mesmo a trabalhar em prol de esta alma resgatar Karma. Este caso nunca iria ser descoberto pela mãe e é aqui que entra o trabalho espiritual do Karma. Esta alma estava a resgatar Karma e assim precisava de ser e Alexandre teve essa visão na Conexão AVA através de regressão. Alexandre depois de relaxar na Conexão AVA, começou a ver-se numa casa grande com uma escadaria enorme do lado direito em que no cimo se encontrava a mãe (actual mãe) e a tia (actual irmã Lara) a olhar sem reação e com um sentimento de incapacidade sobre algo e no fundo das escadas estava Alexandre e o pai (atual padrasto manipulador). Estavam a discutir algo em que o pai já alcoolizado num ato de fúria ( sem qualquer interesse em matar mas sim magoar) lhe dá uma pancada na cabeça. Alexandre era muito pequeno naquela vida e automaticamente cai no chão e bate com a cabeça, abrindo logo um golpe enorme com morte súbita. A mãe em pranto corre para o filho e o pai fica sem reacção porque não esperava aquilo e fica aflito também. A mãe grita com o pai. O corpo é levado para enterrar em algum sitio e a mãe não o quer deixar ir. Quando volta do funeral grita com a irmã e diz “que poderia ser diferente, que ela poderia ter evitado aquilo tudo”. A tia tinha uma relação adultera com o pai e assim continuou depois da morte do Alexandre. A mãe entrou em depressão profunda e nunca mais recuperou, acabando por suprimir naquele sentimento, morrendo muito cedo. O pai também não se perdoou e a tal mulher ficou com algo para resolver dessa vida. Algo que ela poderia ter evitado e não o fez, levando assim á morte de um menor, da mãe com depressão e do pai com culpa. Há aqui um karma familiar para resolver e a vida de hoje tinha de ser exactamente como ela foi.

A Lara decidiu vir resgatar esse karma com este homem visto que o poderia ter evitado noutra vida. Decidiu passar por uma dor pior que a morte e que a poderia marcar para a vida toda. Decidiu passar por violação em pequena, mas que ninguém se pudesse aperceber fazendo com que a incapacidade de actuar de outra vida, fosse a desta. Alexandre e a mãe passaram pela mesma dor da outra vida, mas principalmente Alexandre sentia-se preso naquela vida por ter morrido e não ter vivido o longo caminho que ainda tinha pela frente. Isto estava a impossibilitar de ele avançar nesta vida. Tudo andava, mas ele estava parado no tempo.

Este é um caso doloroso pela história em si, mas muito bonito pelo amor que as almas colocam quando escolhem as suas vidas antes de encarnar. Esta Alma Lara decidiu passar por uma dor imensa para poder resgatar o karma da mãe que morreu com depressão profunda e não fez nada da vida, do pai que matou o filho sem querer e do irmão que ficou com a energia parada naquela vida. Todos os envolvidos têm a oportunidade de saírem deste karma se levarem o caso com amor e principalmente entenderem a Lara com as visitas ao pai mesmo depois de tanta prova. Apesar disso temos sempre o livre arbitro se queremos ou não resolver os nossos karmas e neste caso o pai nem sequer tem consciência. Nem do que fez nem do que continua a fazer a nível de manipulação. Isto faz com que ele não resgate o Karma. Aqui fica a importância da abertura de consciência em querer desbloquear a nossa vida. Viemos cá para ser felizes e qualquer bloqueio não é mais do que a nossa alma a pedir que tratemos dos nossos karmas, das nossas aprendizagens. Este caso iria ficar resolvido, mas marcado pela dor e pelo tempo que demoraria a ultrapassar. Se houver compreensão e entendimento, o Karma acaba mais cedo. Por isso a importância da abertura de consciência. Este caso também mostra que por mais que a lei humana funcione, há casos que só a lei divina pode actuar. Aqui só o Amor pôde desenrolar este caso. A compreensão que a Lara precisa para resgatar este Karma, e que toda a dor que ela passou foi a mesma dor que ficou presa naquela vida que fez com que 3 pessoas ficassem presas em algum ponto no tempo. Ela parou a evolução daquelas 3 almas ao não tomar uma atitude e teria de ser algo muito forte para ela desbloquear nesta vida. Ela sacrificou-se para que estas almas hoje pudessem ter uma vida de abundância e prosperidade. Deus é misericordioso e quando escolhemos a vida que vamos encarnar e as personagens que vêm connosco, podemos também decidir que karmas queremos resolver e há almas que adiam os karmas porque sabem que vão sofrer (leia o livro “A viagem das Almas – Michael Newton). Por isso esta alma é uma corajosa por enfrentar algo tão doloroso. Mas ainda assim todos estiveram de estar de acordo para voltar a encarnar nas mesmas posições e passar pelo mesmo. Só aqui mostra o Amor enorme que as almas têm lá em cima, para decidirem vir passar pelo mesmo já sabendo que vai ser sofrido e pior…… que podem falhar novamente e nada ficar resolvido.

Mas devido há evolução e consciência destas almas, a mãe e Alexandre procuraram respostas do porquê daquela situação e limparam grande parte do seu karma. Escusado será dizer que todos tinham a vida bloqueada a todos os níveis. Nada avançava, mas avançou.

Acredite que é possível! O amor vence tudo!

By Célia de Jesus

https://www.treenaturaterapias.com/conexao-ava-e-regressao/


Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação:
Conexão Ava e Regressão!
5 1

Compartilhe
   

Autor: Célia de Jesus   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   

Publicado em 13/02/2018
 

Deixe sua opinião sobre este artigo



Acessar seu Clube STUM
Faça
seu login


© Copyright 2000-2018 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.