A DURA MISSÃO  
   

A DURA MISSÃO

Autor Vera Marfeza - veramarfeza@gmail.com

Compartilhe
   

Ouço muito as pessoas falarem que conquistaram os seus objetivos ou se curaram de suas dores, mas não vejo ninguém dizer quem as ajudou, nessa árdua busca e travessia. Não vejo ninguém dizer que está satisfeita pelo atendimento daquela ou daquele terapeuta. Já vi personalidades artísticas agradecerem, na TV, pelo serviço prestado da psiquiatra A ou B, como se encher de remédios tarja preta fosse o máximo. Ou mesmo da bem sucedida plástica ou operação. Citam os seus médicos como deuses na Terra e alardeiam o quanto eles são competentes!

Já atendi muita gente famosa ou não, importantes ou não, mas sempre percebo a mesma coisa. Parece que há um receio de que se souberem que a vida melhorou pelas mãos de um terapeuta holístico, cairá por terra o mérito de sua conquista. Aliás já ouvi isso de uma moça que me pediu que jamais revelasse que havia passado por mim e que sua vida decolou absurdamente depois disso.

Mas nem é muito isso que me incomoda. O que mais me causa espécie é que muitos de nós, buscadores da verdade, enfrentam uma avalanche de obstruções, sabotagens, provocações tão somente por ajudar. Eu, particularmente, nunca vi ninguém, em todos esses anos, registrar, publicamente a ousadia, a coragem, a petulância daqueles que têm como missão, revelarem a verdade sobre o que acontece no mundo. Eu vejo discursos públicos de agradecimento de tudo, menos para os que têm essa responsabilidade de ajudar aos que querem se parecer, o mais perto possível, com a sua melhor versão.

Não falo de gratidão, falo de reconhecimento e valorização. Há alguns anos, obtive uma resposta um tanto interessante quando perguntei a uma psicóloga que fora entrevistada numa TV fechada, se ela abriria essa porta para que eu divulgasse o meu trabalho. Apesar de eu ser a terapeuta que ela regularmente procurava, me respondeu que o meu trabalho não seria compreendido para um público comum.

Está na hora de acabar com isso. Há de se ter justiça sobre o esforço constante dos desafios por sermos profissionais que enfrentam de tudo para preservar a verdade, mesmo tendo um custo muito alto. Custo de estar fora da "caixinha" e de não se curvar nessas verdades fabricadas de quem somos e como temos que nos comportar. Custo de mostrar que somos livres e que não temos que nos submeter a nenhum patrão, seja ele quem for. Custo de abrir mão do sossego e de vida pessoal para atender um caso difícil. Sim, é um custo alto e sem quase nenhuma recompensa.  

Muitos profissionais, possivelmente, se identificarão com esse texto, mas ainda há condições de mudança nessa mentalidade.

Bem e quanto a mim,  nessa altura do campeonato, já não estou mais interessada!



Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação:
A DURA MISSÃO
5 1

Compartilhe
   

Autor: Vera Marfeza   
Terapeuta, Numeróloga,Rescisão de Contrato Karmico, Coach, Hipnose Clínica, Bioenergética, www.veramarfeza.com.br Há 50 anos atendendo.
E-mail: veramarfeza@gmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Publicado em 13/03/2018
 

Deixe sua opinião sobre este artigo



Acessar seu Clube STUM
Faça
seu login


© Copyright 2000-2018 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.