Somos Todos UM Autoconhecimento
O Portal de

Autoconhecimento

e Espiritualidade

Autoconhecimento


Home > Autoconhecimento
No campo ou na cidade, o que importa é você No campo ou na cidade, o que importa é você

por Samudra Sajan


“Eu moro em meio e no meio da natureza, não numa toca e nem em uma oca, mas em meio às árvores, os pássaros e muito afastado e ao mesmo tempo muito perto da cidade, eu moro no interior”. Samudra 

 Mas sempre que tenho uma oportunidade, eu busco a companhia de pessoas agradáveis e de papos descontraídos, seja na cidade ou no campo, eu nunca me sinto ou estou só. Sempre existe alguém para que eu possa distribuir um sorriso. Algumas pessoas conseguem morar em grandes centros e mesmo que estejam sempre rodeadas de tantas outras pessoas, ainda se sentem sós.

Embora fosse para ser o oposto e ao mesmo tempo também indiferente, já que se dispõe de tantas opções para se relacionar, é comum ver como o isolamento de fato aconteceu tanto no campo como na cidade. 
Eu não sei se isso é bom ou ruim, pois por um lado, existe possibilidade real de se conhecer, e por outro lado, parece que nada foi aprendido sobre relacionamentos. 
Eu não sou nem um pouco a favor do isolamento, pelo contrário, eu amo estar com as pessoas e se eu morasse em um apartamento, eu também não me sentiria sozinho, pois se consigo não me sentir sozinho morando no campo, no apartamento seria igual. 
É muito verdadeiro que quando aprendemos estar com nós mesmos, isso se transforma em um alegre prazer, pois até os pássaros nos fazem companhia, e se você observar mais de perto, eles vivem tagarelando, tanto no campo quanto nas cidades. 
Se você me perguntasse o que fazer para sair de uma situação de solidão ou afastar este tipo de sentimento, eu diria: Não se identifique. 
 
Uma coisa tem que ser compreendida. 
Uma coisa é você estar só,  meditando, relaxando, desfrutando....
Outra coisa, é você não querer ver e estar com outras pessoas. É o que eu sinto que acontece em muitos casos em que existe isolação. E, isso chama-se identificação. 
Eu não acho que a segunda opção seja saudável, e seria ótimo se fosse avaliada, principalmente pelas pessoas que moram nos grandes centros e também no campo. 

Uma coisa é meditar, outra é se isolar, não querer ver ninguém. A segunda não tem nada haver com a primeira. E, na primeira, você não sente necessidade de se isolar ou de se afastar do mundo. Você até pode permanecer um tempo mais com você, mas é para se conhecer e não para fugir do mundo e dos outros. 
Se eu pudesse dar algumas dicas para quem não quer ver ninguém e que prefere se isolar, seria: 
Em primeiro lugar, a meditação, o coloca em si mesmo. E, estando em si mesmo, é impossível você se sentir isolado ou sozinho. É impossível não sorrir. 

Em Segundo lugar: não é se isolando que você irá conseguir ficar só, pelo contrário, quanto mais você tenta se isolar, parece que mais forte a multidão se torna. É engraçado ver quando alguém quer ficar só para se isolar. Parece que tudo acontece para que ela não consiga, e os pensamentos de isolação são a própria multidão que a acompanha onde quer que a pessoa esteja ou vá. 
Agora é só você sair da cidade e ir ao campo para ver como existe muita semelhança. A mudança é sútil. As pessoas até se cumprimentam, conversam mais, porém, parecem estarem ainda mais carentes, pois não conseguem olharem para as suas vidas com tantas opções para ver na vida dos outros. No campo, um vizinho novo é motivo para não dormir à noite pensando no que ele deve fazer ou estar fazendo. A curiosidade no campo parece ser maior, porém, mais sútil. 
 
No campo ou na cidade, é sempre muito parecido. Na cidade as pessoas não têm tempo, porém se sentem sozinhas, no campo elas têm tempo, e também podem conversar mais, mas também se sentem sozinhas.
Se é verdade que podemos nos sentir sozinhos seja no campo ou na cidade, é verdade também que podemos nos sentir completos, inteiros, totais, estando no campo ou na cidade. 
Isso só demonstra que é possível afastar todo e qualquer tipo de sentimento de solidão, independente de estar no campo ou na cidade, rodeado ou não de outras pessoas. O não estar sozinho começa em você. 
A ótima notícia, e também única, pois não existe outra, é que você aprende que nada tem haver com o lugar em que você está, ou de estar ou não com outras pessoas. 
Estando na cidade ou no campo, o espaço para você crescer é sempre o mesmo. Na verdade, não mudará  em nada, pois seja na cidade ou no campo, você não tem como se deixar em um lugar para ir para outro lugar,  pois você não tem como não se levar junto. Por este motivo, que se você for feliz no campo, você será feliz também na cidade. Se você for feliz na cidade, será feliz também  no campo. Não tem como ser diferente. 
 
Então, onde quer que  você esteja, no campo ou na cidade, ou em qualquer outro lugar, você sempre terá milhões de opções para viver bem e para ser feliz, se você estiver com você.
Se por um lado você está na cidade e se sente só, por outro lado você percebe que não é só você que se sente assim, e se por outro lado você está no campo e se sente só, você também percebe que é a situação é a mesma. O problema nunca está no lugar onde você está, e sim em como você está. 
 
Existem outras situações, em que a vida te leva da cidade para o campo, ou do campo para cidade. Quando um relacionamento termina, ou quando um emprego chega ao fim, são situações às vezes bem dolorosas, no entanto, você só saberá o desfecho de tudo isso, vivendo. E, nestes casos, onde o campo se torna a cidade, e a cidade passa a ser o campo, só mergulhando na experiência para saber o bem que se traz uma mudança não esperada. 
 
Contei toda essa história para que você possa refletir e perceber que você pode estar bem onde quer que você esteja e, que independente de estar no campo ou na cidade, acompanhado de outras pessoas ou não, você pode estar muito feliz, simplesmente sabendo que você nunca está só. No campo ou na cidade, a escolha é sempre única, sempre sua, e no mais profundo, nem no campo ou na cidade importa muito, se você realmente compreender que pode ser feliz no lugar em que está, então você não estará nem no campo e nem na cidade. 
 
Até uma próxima! 
 
Samudra Sajan 
 
Texto Revisado

Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação:
No campo ou na cidade, o que importa é você
5 1


Consulte grátis
     
 
Compartilhe
   


Autor: Samudra Sajan   
Meditar é como... "Mergulhar nas águas mais profundas de si mesmo, sem medo algum de se perder, descobrindo que você só poderá se encontrar em você mesmo." Samudra Sajan 
E-mail: joseluisalves7@icloud.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Publicado em 03/06/2018

Deixe sua opinião sobre este artigo

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.



Energias para Hoje
sábado, 18 de agosto de 2018


energia
I-Ching: 13 – TUNG JEN – COMUNIDADE COM OS HOMENS
A união e a confraternização trazem sucesso. Unindo-se a outros, você poderá realizar coisas importantes.


energia
Runas: Isa
Espere o momento oportuno, planos em suspenso.


18
Numerologia: Compaixão
Diga uma palavra terna, faça uma boa ação, enriqueça a vida dos que estão à sua volta com um gesto de carinho. Compartilhe generosamente seu conhecimento, seja compreensivo e ofereça ajuda.




Horóscopo

Áries   Touro   Gêmeos   Câncer
 
Leão   Vírgem   Libra   Escorpião
 
Sagitário   Capricórnio   Aquário   Peixes




+ Lidos da Semana anterior
1. Você está preparado para as notícias ruins?
2. A violência online, a violência cibernética
3. Rompendo padrões
4. Viver vale a pena
5. Insatisfação é uma bênção
6. Você é uma mulher única?
7. No escuro de si mesma
8. O que eu posso aprender com esse desafio?



 
© Copyright 2000 - 2018 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - Política de Privacidade