Home > Autoconhecimento

O amor do chakra umbilical


por Mauro Kwitko

O amor do chakra umbilical

Aqui na Terra é um lugar onde geralmente viemos para sofrer e a causa principal, original, do sofrimento é o Egoísmo no qual entramos desde que Deus nos criou e nos colocou aqui nesse planeta. Aí criamos nosso Ego e começamos a sofrer.

Mas o sofrimento é apenas uma lição e podemos, gradativamente, parar de sofrer, fazer cessar esse atestado do nosso egoísmo e começarmos a ser mais felizes. Mas para isso é necessário aprendermos o que é o sofrimento, porque sofremos e como podemos realizar uma transformação em nós mesmos para que ele comece a desaparecer dos nossos pensamentos e dos nossos sentimentos. Porque, do planeta Terra, o sofrimento ainda vai demorar muito para desaparecer, apenas no dia em que todos os seus habitantes deixarem de ser egoístas, pararem de viver para si e sofrer por si. Como se pode perceber isso ainda vai demorar alguns milhares de anos... Como podemos parar de sofrer? Em primeiro lugar devemos perceber por quem sofremos. Vejam que está escrito "Por quem" e não "Por que" e esse é um detalhe fundamental para parar de sofrer.

Vejamos um exemplo: uma pessoa sofre porque não tem um amor, anos e anos de sofrimento porque não tem namorado(a), chora, se desespera, bota em ação todos os mecanismos de defesa do seu ego (sublimação, negação, projeção, etc.), faz plástica, compra roupas novas, regimes, academias, e nada... Não consegue alguém, entra em depressão, toma medicamentos, faz terapia, trabalha cada vez mais, e vai levando a vida, até que um dia - tchã, tchã, tchã, tchã - surge alguém! É ele(a)! Deus me ouviu, é exatamente o que eu queria, é perfeito(a)! Meu sofrimento vai acabar! E começa o relacionamento... e o sofrimento não acaba. Tudo está dando certo, não é perfeito(a), mas afinal de contas também não sou, ninguém é, tem umas coisinhas que não gosto nele(a), mas é tão bom ter alguém, pra me escutar, ele(a) me entende, me aceita como sou, claro que algumas coisinhas diz que eu deveria mudar, mas tem razão, sou meio chatinho(a) mesmo... Passam os meses, todos estão felizes, mas meu sofrimento continua... O que é? Por que eu ainda sofro? Eu sofria porque não tinha alguém, agora que consegui, continuo sofrendo? Tenho tanto medo de perder ele(a), e eu voltar a ficar sozinho(a), Deus me livre, espero que isso nunca aconteça, eu o(a) amo tanto, não poderia viver sem ele(a)... Mas ele(a) diz que me ama, por que eu continuo sofrendo? Não entendo... Vou voltar naquele(a) terapeuta...

O que é que eu tenho? Por que não consigo ser feliz? Hummm, é porque antes eu sofria porque não tinha ninguém e agora eu sofro porque tenho medo de perder esse amor? É isso? Mas todo mundo não é assim? Hummm, quando não tem alguém, sofre porque não tem, e quando tem, sofre porque tem medo de perder? E se perder? Hummm, vai sofrer porque perdeu? Então não tem solução! Se sofre antes, durante e depois, vai sofrer sempre... Hummm, tem de ver "por quem" sofre? Estás me dizendo que eu sou egoísta porque sofro por mim? Mas todo mundo não sofre por si? Vou sofrer por quem? O quê? Crianças aidéticas na África? Índios desnutridos e sem terra no Amazonas? Matança de focas no Polo Norte? Crianças abandonadas nas creches? Velhinhos sem ninguém nos asilos? Mendigos nas ruas? Mas o que eu tenho a ver com isso? Isso é coisa do governo, esse bando de ladrões, não fazem nada... Tenho de pensar em mim, cuidar de mim, faço o que posso, dou esmola, levo comida para um mendigo lá na esquina, mensalmente dou uma graninha pra LBV, pros Mensageiros da Caridade, pro Rotary... Já tá bom. Eu quero saber porque eu estou sempre sofrendo!

É POR QUE EU SOFRO POR MIM! EU PAGO PRA VIR AQUI TU ME DIZER QUE EU SOU EGOÍSTA? EU NÃO TINHA NINGUÉM, AGORA EU TENHO, NÃO QUERO PERDER, ISSO TÁ ERRADO?

Tá bem, vou me acalmar, desculpe... Me explique melhor isso. Deixa ver se eu entendo... O sofrimento vem do apego, de querer algo para si, de priorizar-se, de sofrer por si, de dedicar seus pensamentos primeiramente e principalmente para si, de não notar o sofrimento dos demais, de achar que seu sofrimento é maior do que de todos, DE VIVER PARA SEU UMBIGO? ISSO JÁ É DEMAIS! Até logo!
Tá bem... eu me acalmo... OK, eu sento, mas me explica bem direitinho isso porque não estiou entendendo. Existe o amor de barriga e o amor verdadeiro? Um amor adolescente e um amor adulto? O que as novelas tem a ver com isso? O que tu estás falando? Que elas ensinam o amor adolescente? O que é isso, meu Deus? Eu só quero parar de sofrer e tu vens com essas coisas, amor de barriga, amor adolescente, novelas, quanto tempo falta pra acabar essa consulta? E nem trouxe meu Valium...

Tá bem, eu deixo tu falar. Amor de barriga é parecido com o amor mas não é amor verdadeiro, é misturado com necessidade, com carência, com falta de amor por si mesmo, é quase um egoísmo, é baseado em "Eu", "Meu" e "Minha", é querer algo para si, é sofrer para ter algo, é sofrer para não perder, é sofrer quando perde, tu já me disse isso... Tá bom, e o amor verdadeiro? Chico Xavier? Teresa de Calcutá? Gandhi? Eles priorizavam os outros, viviam para ajudar os outros, sofriam mais pelos outros do que por si mesmo... Tá, mas também sofriam! Ah, pela dor dos outros, pelo sofrimento dos outros, pensavam mais na dor dos outros do que na sua, não achavam que sua dor era a maior do mundo, que eram os mais infeliz do mundo, não viviam para si...

O que eu posso dizer? É o Chico, a Teresa, o Gandhi... Jesus? Bem, aí nem se fala, esse é hours concours... Nesse momento tem pessoas do Greenpeace salvando focas no Polo? Tem gente na frente de baleeiras tentando salvar baleias? Tem pessoas na África ajudando mulheres mutiladas, crianças órfãs, doentes, aidéticos? E elas não estão sofrendo por si, estão sofrendo por outros, fazendo o que os grandes Mestres espirituais ensinaram e ensinam? E estão felizes sofrendo pelos outros? Poderiam estar em casa sofrendo por si mas preferem estar lá sofrendo por outros? E isso traz a felicidade?

Ai, meu Deus, é demais por hoje... Vamos fazer assim: eu vou indo, vamos marcar outro dia para continuarmos? Juro que vou pensar nisso. Afinal de contas, isso de ser feliz para sempre é bem de Conto de Fadas mesmo, basta morrer pra tudo terminar... Hum? Eu sei que não termina, que é só o corpo, que a gente sobe... Hum? Às vezes desce? Cruzes, nem me fala isso... O sofrimento baixa a freqüência, a tristeza rebaixa nossa freqüência e após o desencarne nós vamos para onde a nossa freqüência nos leva? Posso ir para o Umbral por sofrer? OK, Ok, por hoje deu. Té logo, eu telefono pra marcar, tá bem? Obrigado, quer dizer, nem sei se devo agradecer, acho que sim, vou pensar... Cheguei aqui sofrendo, saí sofrendo e mais confuso ainda... (beijinho, abraço, tchau).
Texto revisado


Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   Numerologia  
 
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp


Autor: Mauro Kwitko   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   
Publicado em 12/09/2010

Veja também
9 toques espirituais simples e direcionados para trabalhadores espirituais
Seja paciente consigo, as mudanças requerem tempo para nossa adaptação
Por que Deus não me responde?
O Poder das Decisões
Lidando com as oscilações em nosso caminho
Diga não às vozes em sua cabeça

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.



Energias para Hoje
quarta-feira, 17 de julho de 2019

energia
I-Ching: 18 – KU – A REAÇÃO
Agora é o momento certo para deixar de hesitar e agir. Energia e boa vontade são indispensáveis.


energia
Runas: Raidho
Analise novas oportunidades, mudanças para melhor.


17
Numerologia: Finanças
Dia de disciplinar, organizar, estabelecer planos, ser prudente e enxergar longe. Procure progresso e o atrairá, esteja alerta para possibilidades de ganhos, pois as oportunidades surgirão.




Horóscopo

Áries   Touro   Gêmeos   Câncer
 
Leão   Vírgem   Libra   Escorpião
 
Sagitário   Capricórnio   Aquário   Peixes





Siga-nos:   Facebook   Twitter   Instagram   Youtube
© Copyright 2000 - 2019 Somos Todos UM - Mapa do Site | Política de Privacidade
Site Parceiro do UOL Universa