Ho’oponopono: novos conceitos de uma Terapeuta...

Ho’oponopono: novos conceitos de uma Terapeuta...

Autor Lena Rodriguez - liberdadedeser@gmail.com

Não tenho nenhuma formação acadêmica pois, até meus trinta anos não havia conseguido definir o que eu realmente desejava fazer, mesmo porque eram tantos os bloqueios de ordem emocional que meu único foco era poder entender aquele universo tão complicado que eu era e minha maior preocupação era encontrar respostas e, principalmente, soluções para tantos padrões já somatizados,  sei que não é mais novidade a bipolaridade, anorexia, "ites", quase todos, que consegui criar, somados resumidamente, a uma profunda vontade de não estar viva! Fato consciente e perturbador por ter uma posição financeira familiar que muitos desejavam...

Com essa segunda união desfeita, a crise que se desencadeou foi forte e decisiva... com doze quilos a menos, um único filho de oito anos na época que necessitava de meus cuidados, acabou por me impulsionar definitivamente, para uma ação concreta em busca de minha cura... a vida se encarrega de me colocar frente a frente com as essências florais, este foi o início de tudo... A princípio comecei com automedicação, até que a própria vida se encarrega novamente de colocar por meio de uma atendente de farmácia de manipulação, uma Terapeuta Floral que utilizava a Radiestesia (pêndulo), para dignosticar fórmulas florais, com um testemunho da pessoa. A atendente me disse que a Terapeuta não fazia contato diretamente com as pessoas que atendia e sim através de uma amiga... Adorei ouvir isto! Como eu também era reclusa, achei tudo muito normal! (risos)...

Foi muito ‘interessante’ esse início terapêutico porque assim que tive contato com a tal amiga que fazia a ‘ponte’ (ela por conhecer bem a amiga Terapeuta), percebeu em mim a identificação de almas; vamos dizer: um tanto estranhas (risos)... Ela própria me disse que tinha a certeza que a Terapeuta iria gostar muito de mim, evidente! Identificação dos seres esquisitos, também ela não gostava de contato com pessoas... Realmente houve muita identificação, após a consulta/diagnóstico a mesma entrou em contato comigo e três meses depois nos conhecemos pessoalmente... Sem dúvida, acabamos por ficar grandes amigas!
Nesse ínterim, já me sentindo com mais força e ânimo como resultado da Terapia Floral , começo a fazer cursos de Florais em São Paulo, com criadores de sistemas do exterior que vinham ao Brasil... quatro anos se passaram...

Já me encontrando em um estado mais centrado, uno-me novamente em um terceiro casamento que somou muito em minha busca por minha cura e sou muito grata a ele... tendo a felicidade de poder ir para áreas de atuações que foram vitais para integrar meu propósito – minha cura. Já amava as essências florais por ter me devolvido à vida e me aprofundei fazendo docência com o Dr. Prof. Jorge Raff. Fiquei conhecendo dois cubanos médicos em Medicina Moderna e Medicina Tradicional Chinesa, com níveis de cientistas em Cuba e embarquei de cabeça no curso que levou alguns anos, o que me motivou além de saber que tudo começa em nosso sistema energético, foi o fato de eu ter danificado a energia de meu Baço, por conta de meus padrões emocionais desordenados. Seguidamente aprendi os vários níveis de curso de Applied Kinesioly, PNL e mais tarde EFT... paralelamente e desde tenra idade o espiritual sempre andou junto, aliás sempre acreditei que o material e espiritual tinham que andar de mãos dadas e neste último a estrada também teve muitos e muitos caminhos! Sou convicta que toda minha força veio dessa coluna!

Valeu!!! Sou muito grata por todo momento de sofrimento, desesperança, luta; sou imensamente grata por todo o percurso, equívocos, erros e acertos pois, sem eles, talvez não tivesse chegado até aqui, sou grata a Divindade em mim que me sustentou amorosamente, em momentos em que cheguei a acreditar que pudesse sucumbir!

Foram muitos os triunfos e após tanto acúmulo de conhecimento, fui descartando o que eu não via validade... as somatizações em meus corpos Físico/Emocional simplesmente desapareceram, aquela Lena, há muito não existe mais e por isso sou grata...
A partir de novos valores e vivências tive que reformular conceitos e estou em um momento de desaprendizagem... todas as terapias e medicinas vibracionais empregadas tiveram um imenso valor e sem elas eu não teria checado até aqui,  repito me trouxeram à vida e certamente com toda essa terapia nos corpos de energia conseguiram fazer com que eu tivesse um novo enfoque de cura, novos conceitos pois, percebo através de novas práticas especificamente Ho’oponopono, que a cura real ainda está se  processando e não se concluirá  enquanto um único de meus ‘eus’ – toda a humanidade, a individualidade dentro da unicidade que todos somos não estiver curada também e esta só se dá a partir de minha conscientização de que sou 100% responsável por mim e por tudo, absolutamente tudo o que me cerca... tenho que estar atenta na prática de limpeza em mim, de padrões de toda ordem de cada pessoa que atendo, a cada pessoa que entro em contato, a cada evento familiar ou social, seja em meu pequeno círculo de relacionamento ou em nível mundial, interiorizar-me e me perguntar, de acordo com cada caso, sempre: o que dentro de mim  criou tal situação? Pois, agora sei, que a medida em que eu me voltar cada vez mais à Fonte, à Divindade que está em mim assim como em todos nós, eu irei galgando minha cura e também de todos os seres humanos, divinas partes de mim!


Não existe o lá fora, tudo está dentro de mim, portanto, a paz começa comigo e conseqüente cura!

Bem,  a partir dessas percepções nasceu e continua em processo de cura a Terapeuta, uma Terapeuta por ideal de vida - ser um elo nessa cadeia divina do UM, para que  possamos descobrir que já somos todos perfeitos!

Sou grata


  



Compartilhe
   

Autor: Lena Rodriguez   
Lena Rodriguez - Terapeuta Multidisciplinar - Terapia Floral On Line - e-Terapia: www.cuidebemdevoce.com
E-mail: liberdadedeser@gmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Publicado em 27/10/2008




Acessar seu Clube STUM
Faça
seu login


© Copyright 2000-2019 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.