Reiki, a cura através da Energia Universal

Reiki, a cura através da Energia Universal

Autor Ana Aparecida de Oliveira - anakaruna@uol.com.br

Queridos colegas, Segue algumas perguntas frequentes que me fazem:

 

1) Sou Reikiano, mas nem me lembro o que fazer, o que devo fazer?

Na minha opinião considero muito benéfico reciclar novamente, passar por outra experiência.

 

2) É importante a prática?

Fundamental, não praticar é como termos um poço de água pura no fundo de nosso quintal e nunca bebermos.

 

3) Posso ser iniciado e não ser profissional?

Sim, acredito que em toda casa deva ter um reikiano. E todos nós somos energia.

 

4) A energia cessa se não utilizá-la?

Não, mas perde a grande oportunidade de requalificá-la, e de saborear os befefícios que ela traz.

 

5) Por quê a necessidade da auto-aplicação ou mesmo de estar recebendo de alguém?

A terapia Reiki é uma das opções do grande complexo de terapias naturais, a qual poderá optar como complemento de seu próprio equilíbrio e o fato de fazermos várias vezes ou melhor sempre que precisarmos. Nós não podemos esquecer que a energia é parte de nossa vida. E durante uma auto-aplicacaçao ou uma terapia é um grande momento de auto-conhecimento.

 

6) Por quê é caro uma iniciação?

Se formos avaliar que a iniciação é para sempre é uma das terapias mais acessíveis, porque uma vez iniciado ou sintonizado, vai depender apenas de você, da sua organização, da sua prática, do seu estudo e estímulo e acima de tudo por em ação.

 

7) Por quê se fala em níveis?

À medida que vamos crescendo no Reiki, vamos nos aprofundando e podemos chegar a diversos níveis de consciência e percepção. Isso é algo altamente normal que ocorre na vida. No primeiro vamos despertar; no segunda tormarmos conciência e ampliarmos; no terceiro tornarmos nossos maiores mestres e nos conectar com nossa essência maior e no último nos tornar capactados a ampliar para outros..

 

8) Eu posso "curar"as pessoas que estou atendendo?

Pode-se ter resultados fantásticos com o Reiki, mas deve ter sempre consciência de ser um facilitador apenas, lembrado que o cliente que é o receptor da energia e pode estar pronto para receber, ou mesmo aceitar. Lembre-se que o Reiki pra cada um pode ter um resultado, mas sempre é benéfico, nem que seja para obtermos paz.

 

9) Como recebe Reiki?

Há em sua cidade diversos profissionais que atuam com Reiki, mesmo alguns trabalhos voluntários, pois no dia de hoje o Reiki está expandido-se cada vez mais..

 

10) Como é dividido seu curso?

Adoto o sistema convencional e que é básico e compreensível para mim e parcialmente como foi me passado. O aluno faz o nível I, pratica, exercita e num determinado momento acha que precisa desenvolver mais. Considero fundamental para passar para o outro nível que tenha utilizado em si, nos outros primeiramente. Depois vai para o outro nível onde recebe três chaves do Reiki que são a base para a expansão de uma evolução, pois o estudante aprendar técnicas para equilibrar o mental, emocional o envio a distância e também no nível II ampliaremos a energia vital que já foi desenvolvida no nível I. Para mim I e II é o fundamental para realizar tratamentos. Depois pode vir com o tempo a vontade de se aprofundar e assumir a maestria de si mesmo, assim como receber ferramentas mais profundas e lidar com o coletivo.

 

11) Só posso fazer o professor se realmente quero dar aula ou tem outra função?

Nos dias de hoje ficou muito mais acessível ser professor, mas muitos optam em serem apenas "curadores", pois em cada iniciação o nível de captação de energia aumenta.

 

12) Mesmo sendo professor de outras técnicas vibracionais considera necessário fazer o Reiki?

O Reiki é uma das técnicas mais eficazes e simples de aprender e acredito ser a base energética mais simples para tudo e sem dogmas.

 

13) Como são suas iniciações?

Como professor, são presenciais com o aluno e professor, individualmente, mesmo que ás vezes são turmas cada processo de iniciação ou sintonização é individual.

Para o aprendizado do Reiki é todo um processo, que envolvem várias coisas entre elas a troca magnética presencial.

 

14) Um aluno obrigatoriamente tem que fazer todos os níveis com o mesmo professor?

Não. Imagine um aluno que fez o nível I no Brasil e se mudou em tempo indeterminado para o Japão, não poderia dar continuidade? Jamais podemos impedir o crescimento do outro. Äs vezes convido um aluno a fazer a reciclagem, mas não obrigá-lo, pois temos o direito de escolher sempre.

 

15) Como aplicador devo cobrar ou não?

Cada terapeuta ou aplicador tem que por si próprio saber qual é o teu propósito de tranbalho, eu por exemplo assumi uma carreira profissional e lembrando que desde 2007, o Reiki pode ser oficialmente profissão. Também se o aplicador quer fazer um trabalho voluntário é totalmente do direito dele e de sua própria escolha, mas, não faça gratuito para se sentir aceito pelo mundo a única pessoa que deve aceitar você é você memo. O que percebo aqui no Brasil é que nós próprios temos muita dificuldade de aceitar o próprio brasileiro como terapeuta ou professor holístico profissionalmente, mas saibam sempre que todos nós temos muito valor e batalhamos muito para chegarmos onde chegamos, então reikianos acreditem em você. E saibam que nós somos tão bons quanto todos, apenas temos que ter a visão prática das coisas da terceira dimensão.

 

16) Quando é hora de fazer um curso?

Esteja sempre aberto para ouvir você mesmo.

 

17) Qual o objetivo do REIKI, para todos?

"DEVE SEMPRE MELHOR A QUALIDADE DE VIDA".

 

 

Sucesso a todos,

ANA APARECIDA DE OLIVEIRA



MESTRE REIKI desde 1998 , também membro - link

Linhagem de Philys Furumoto/ Willian Lee Rand/ John Gray

-Aberta sempre a ir a outras localidades-
E-mail: anakaruna@uol.com.br - whatsapp 1197147-8494 /113461-8404 / 2201-9052

 



Obrigado por votar

Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação: 5 | Votos: 23

Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp

Autor: Ana Aparecida de Oliveira   
É Terapeuta e dedica-se ao trabalho com energias vibracionais há mais de 20 anos. Ministra cursos e atendimento em todo Brasil, incluindo São Paulo, Brasília, Recife, Bahia e outros. "Sinto que o mais importante em nossa vida é acreditarmos inabalavelmente em nossa capacidade de renovação".(Ana Aparecida)
E-mail: anakaruna@uol.com.br
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Atualizado em 28/05/2012



© Copyright 2000-2019 ClubeSTUM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso.