Como Escrever Um Best-Seller de Autoajuda

Como Escrever Um Best-Seller de Autoajuda
Autor Eldes Saullo - eldes@lanceumlivro.com
Facebook   E-mail   Whatsapp


Autoajuda é um segmento da literatura tão controverso quanto um filme do Lars Von Trier.

Culpa de escritores que confundem autoconhecimento com conhecimento automático.

Se você é do time que acredita que autoajuda é exploração de leitores desesperados, talvez tenha sido enganado por um deles em algum ponto da sua vida.

São aqueles autores que escrevem com o único objetivo de alimentar seus próprios bolsos e egos.

Na minha opinião, autoajuda, quando autêntica, é um segmento crucial para a evolução do homem, pois propaga a transformação de um para muitos.

É colocar ideias e conceitos metafísicos em função do aprimoramento do plano físico.

Então, o que é preciso para escrever um livro de autoajuda que cause impacto verdadeiro?

É o que você vai descobrir a seguir...

A maioria das pessoas compra livros de autoajuda para descobrir, lá por volta do capítulo final, que apesar da baixa autoestima, são capazes de resolver seus problemas.

Outras, apenas como uma forma de aliviar sua dor, pois não conseguem ou não querem mesmo resolver.

Assim sendo, o que é necessário fazer para que o leitor tenha orgulho de falar sobre seu livro e recomendá-lo para parentes e amigos?

Preciso lhe dizer que esta é a única maneira de seu livro virar um best-seller sem investir os tubos em marketing: o boca a boca.

Para escrever um best-seller de autoajuda, você precisa transformar o ato de comprar seu livro na “coisa certa a fazer”, em motivo de orgulho e não de arrependimento.

O primeiro passo é ser autêntico, pois o leitor perceberá se você mente ou não em um piscar de olhos.

Depois, você precisa proporcionar a ele uma belíssima experiência de leitura, não só com um conteúdo transformador como também com uma produção caprichada do livro, da capa ao acabamento.

Então, eis algumas dicas para tornar seu conteúdo mais poderoso e fazer o leitor se orgulhar de você:

#1. Descubra o Desejo Primal do seu leitor.

Ninguém dá a mínima para o que você quer escrever, pessoas se importam apenas com o que querem ler.

Este é o conselho máximo que posso lhe dar se seu objetivo é escrever um livro para ganhar dinheiro.

Por favor, não faça isto!

Como bem disse Roberto Shinyashiki, você só ganha dinheiro se:

(a) Ensinar as pessoas a ganharem dinheiro;
(b) Ensinar as pessoas a resolverem um grande problema;
(c) Elevar o padrão mental das pessoas.

Ensine de verdade como ganhar dinheiro, poupar dinheiro, tempo ou esforço, como melhorar a saúde ou a aparência, como impressionar ou conquistar outras pessoas, enfim, como eliminar a dor ou aumentar o prazer sem enganar seu leitor.

Então, pesquise seu mercado e entregue para seu leitor o que ele realmente (realmente mesmo!) precisa para satisfazer seus desejos ou curar suas dores.

Entregue conteúdos que mudem ou melhorem (de verdade!) o mundo!

#2. Conte Histórias Avassaladoras

Jesus contava parábolas porque sabia que era a forma mais eficiente de ensinar.

O ser humano cresce ouvindo fábulas e histórias e não há meio mais fácil de transmitir conhecimento e experiências do que uma história bem contada.

Crie uma jornada de descobrimento, do problema até a solução.

Antes de tudo, entretenha. Ao invés de se perder em discursos sobre como recuperar um relacionamento, conte uma história que ilustre a resolução do problema, por exemplo.

Pinte imagens vivas na mente do seu leitor.

Projete um filme instigante na cabeça dele.

Apesar de ser um livro de não ficção, ao inserir narrativas ficcionais, você ensina ao mesmo tempo que emociona.

Histórias curtas com tempo e lugares imprecisos e uma mensagem poderosa no final são as mais cativantes.

#3. Use os Pilares da Persuasão

Dizem que o segredo da persuasão passa por encorajar sonhos, justificar falhas, aliviar medos, confirmar suspeitais e ajudar a combater um inimigo em comum.

Utilize estas técnicas para capturar a atenção e até para hipnotizar seus leitores.

Como?

Eu vou lhe ensinar cada uma delas em detalhes e revelar outras cinco bastante poderosas meu Programa de Mentoria Lance Um Livro.

Veja bem: isto não é teoria!

Todos os meus livros têm avaliações médias de quatro estrelas ou mais. Meus alunos do curso de escrita analítica lançaram livros livros com quatro a cinco estrelas de avaliações médias na Amazon.

Não existe maneira mais poderosa de transformar curiosos em leitores do que ser bem avaliado por outros leitores.

Eu falo mais disto neste vídeo sobre o programa, um treinamento avançado que revela tudo o que você precisa fazer antes, durante e depois para escrever, publicar e lançar um livro de não ficção extraordinário.

E o melhor de tudo: SEM PRECISAR DE UMA EDITORA!

Palavra de quem já autopublicou 12 livros que são Best-Sellers na Amazon.

O Lance um Livro também inclui:

• Um processo prático de escrita com incentivos diários até seu livro pronto e um mapa para você escrever seu livro em muito menos tempo. Nada de procrastinar ou desistir no meio de caminho!

• O passo a passo detalhado para publicá-lo nos formatos impresso, e-book e audiobook sem gastar um centavo.

• O guia para lançar e promover seu livro sem uma editora. Isto significa até 70% de royalties todos seus, sete vezes mais do que com uma editora.

Se você quiser saber mais, CLIQUE AQUI.

Para terminar, nos filmes do Lars Von Trier, uma personagem apresenta alguma forma de transcendência após enfrentar duras adversidades.

Fazer o leitor transcender com seu autoconhecimento é o segredo dos livros de autoajuda da melhor estirpe.


Texto revisado

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 13



Compartilhe Facebook   E-mail   Whatsapp
foto-autor
Autor: Eldes Saullo   
Escrevo para quem escreve. Há quatro anos eu vivo o meu porquê: motivar e ensinar pessoas a propagarem seu conhecimento e experiência através dos livros. Sou autor de doze livros e das séries Segredos do Best-Seller e Livros Que Vendem. Todos autopublicados e Best-Sellers na Amazon Brasil.
E-mail: eldes@lanceumlivro.com | Mais artigos.