Empodere-se!

Empodere-se!

Autor ANA PAULA DE JESUS - apj.adv@gmail.com

Empoderamento e autoconhecimento

Empodera-se, empoderamento, poder... O que tudo isso quer dizer? Atualmente está palavrinha “empoderamento” tem recebido grande destaque, digamos, “está em alta”. Mas o que é empoderar-se?

Já parou para pensar o que é ter poder sobre algo ou alguém? Quando falamos sobre empoderamento feminino, empoderamento da mulher, empoderamento pessoal etc. O que você entende disso?

Vou dizer o que acredito como verdadeiro empoderamento pessoal ou feminino, que seja. Tomar posse de si mesmo é ter consciência de suas qualidades e dificuldades. Todos nós temos pontos a melhorar e características que nos diferenciam das demais pessoas.

Conhecer-se por inteiro, aprendendo a ouvir o que diz sua intuição, aquilo que fala seu corpo através dos sintomas que apresenta, como uma dor de cabeça, no joelho, na garganta, um resfriado, dor de estomago... Sabendo as causas que levam a criação desses sintomas, para mim, é o verdadeiro empoderamento. Explico.

Enquanto você não toma consciência daquilo que o afeta, seja de maneira positiva ou negativa, acaba simplesmente sendo levado por uma série de acontecimentos, doenças e situações que poderiam servir de alertas, mas que ficam despercebidas.

Um exemplo: você tem um descontentamento no serviço ou uma contrariedade no relacionamento, não consegue falar ou não pode dizer aquilo que gostaria. No caso do serviço, pois se falar exatamente o que pensa corre o risco de ser mandado embora, no relacionamento, prefere preservar o parceiro e não dizer exatamente o que se passa.

Qual o resultado disso? Um belo nó na garganta! O que isso pode ocasionar em você? Uma inflamação justamente onde o nó se deu. Daí as "inexplicáveis" dores de garganta “fora de época”.

O que quero que perceba? É que nosso corpo produz sintomas para as causas que não sabemos lidar com elas.  No exemplo, por um motivo ou outro a fala não pode ser exercitada, o corpo muito sábio “dá um jeito” de sinalizar que aquela energia ficou parada ali e que precisa sair, como num mecanismo de autodefesa ele mesmo produz o meio para isso, nesse caso, uma inflamação na garganta.

E como isso tudo está relacionado com o empoderamento da forma que o trago para a nossa reflexão? A minha proposta é para analisarmos o nosso comportamento, observamos aquilo que nos afeta de uma maneira ou de outra, seja de forma positiva ou negativa.

Nada que nos acontece está jogado ao acaso. Tudo tem uma razão de ser. No caso de doenças psicossomáticas, as causas estão relacionadas a nossos sentimentos não elaborados, a situações que não pudemos ou não quisemos resolver, coisas que tentamos “jogar debaixo do tapete”.

Ainda que tentemos disfarçar sentimentos, o corpo nos fala sobre aquilo que não vai bem e qual a forma dele falar? Através dos sintomas, que podem ser dos mais diversos: insônia, aumento ou diminuição de apetite, ganho ou perda de peso, alergias, dores no corpo, dor de cabeça, sinusite, rinite e etc.

O empoderamento que aqui estou falando é o do autoconhecimento. Mergulhar em si mesmo e entender os sinais que o corpo dá. Isso irá dar o poder de ouvir aquilo que seu corpo diz sobre o que está acontecendo com você.

Sei que essa não é a forma usual que as pessoas falam sobre o empoderamento, mas a proposta aqui é justamente essa, de trazer um novo olhar: o olhar para si mesmo como forma de tomar poder sobre o seu corpo, seus sintomas e tudo aquilo que envolve conhecer-se.

Como podemos fazer esse mergulho? Bem, existem muitas formas, as que mais recomendo é a meditação e a terapia. Com a meditação você pode fazer esse mergulho sendo seu próprio mestre, ouvindo o seu interior. Já na psicoterapia um profissional da área pode auxiliar nesse processo, ajudando-o a entender seus processos.

Acredito que essa é a melhor maneira de mergulhar em si mesmo.

E ai? O que acha de empoderar-se através do autoconhecimento? Procure uma psicoterapia e comece esse mergulho hoje mesmo. Esse é o melhor investimento que pode fazer. 

Lembre-se: o verdadeiro poder já está dentro de você, só precisa acessá-lo!

Ótima semana a todos!

Namastê!


Compartilhe
   

Autor: ANA PAULA DE JESUS   
Escritora e Poeta, Advogada, Psicóloga, Mediadora e A.T. (acompanhante terapêutica).
E-mail: apj.adv@gmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Publicado em 18/03/2019




Acessar seu Clube STUM
Faça
seu login


© Copyright 2000-2019 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.