Tire a responsabilidade do outro de te fazer feliz e viva com mais leveza

Tire a responsabilidade do outro de te fazer feliz e viva com mais leveza Autor Adriana Mantana - [email protected]

O que acontece na imensa maioria das situações é exatamente o oposto, a pessoa coloca todas as fichas em cima dos outros do outro para que ele a faça feliz.

Daí eu te pergunto: Isto tem chance de dar certo?

É claro que não.

Porque com o passar do tempo isto vai gerando um desgaste no relacionamento e acaba culminando nas brigas, discussões infindáveis e em alguns casos o término da relação.

Para ter um relacionamento significativo entenda, você precisa ter a sua própria identidade e o outro também.

Não estou falando em desrespeito me entenda bem, o que me refiro é você não deixar de fazer as coisas que, por exemplo, faz um bem danado para você, tipo: Ir ao cinema com as suas amigas, ir à academia, pintar, ouvir música, desenhar, estudar e etc.

O fato aqui é que geralmente quando se está em uma relação afetiva (principalmente no caso das mulheres) isto acontece com certa frequência, percebo isto pelos casos que atendo nas sessões individuais.

Entenda que só você tem o poder de se fazer feliz, afinal, só você sabe de verdade o que está se passando dentro de você.

Vou sugerir um breve exercício para contribuir com você de alguma forma.

Pegue um papel e uma caneta, liste as principais queixas que você tem do seu parceiro, exemplo: Ele não me dá atenção. Ele não me dá carinho e assim sucessivamente.

Caso queira nem precisa anotar de cabeça acredito que consegue fazer este exercício.

Portanto pegue a sua queixa número um e comece a trabalhar isto dentro de você. Ou seja, se o seu caso é falta de atenção do parceiro, olhe para dentro de você e perceba o descaso que você tem em relação a si e as suas coisas. Na sequência se comprometa com você e passe a dar atenção para as suas coisas e principalmente para si.

Desta forma você vai trabalhando carência por carência, porque no fundo a carência que você sente não é a do outro, mas sim uma falta que você sente de sua própria atenção e afeto.

E quando tudo isto estiver bem resolvido dentro de você, sua vida afetiva será impactada de forma positiva, afinal ela é só um reflexo do que anda fazendo por dentro.

Por isto repito, retire a responsabilidade do outro te fazer feliz, porque assim terá mais leveza, paz e vai trabalhar em um nível bem profundo de auto cura.

Sua área afetiva pode expandir muito a sua consciência se você permitir que isto aconteça. E não precisa dizer nada para o seu parceiro, faça o que precisa fazer por dentro e apenas observe.

Caso queira aprofundar no seu processo, verifique a possibilidade de agendar uma sessão de atendimento online, basta entrar em contato no WhatsApp 62 98161.0529.

Além disso, também poderá optar pela Constelação Familiar Online com bonecos e ver se você está na ordem correta, ou se algo aconteceu em sua família e esteja ressoando em sua vida afetiva.

Grande abraço.

Adriana.

Texto Revisado


Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação: 5 | Votos: 1

Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp

Autor: Adriana Mantana   
Bióloga, Terapeuta Integral, Consteladora, Renascedora, Terapeuta ThetaHealer®, Terapeuta de Barras de Access™, Floral de Bach, Radiestesista, Operadora de Mesa Quântica Radiônica, Cromoterapia, PNL, Mestre em Reiki Usui, Hooponopono, Cristaloterapeuta, Giver Deeksha, Terapeuta de Integração Quântica do Ser® e Ativista Quântica. CRTH 4103
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Atualizado em 19/09/2019



© Copyright 2020 ClubeSTUM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso.