Apenas ame!

Apenas ame!
Autor Paulo Tavarez - paulo.tavarez@cellena.com.br
Facebook   E-mail   Whatsapp


Pare de preocupar-se com a felicidade, você jamais será feliz buscando algo. A felicidade só acontece quando cessam as buscas, quando o desinteresse toma conta do teu ser, quando existe renúncia, quando o desapego fala mais alto, só nesse momento você estará apto a sentir-se feliz. 

A felicidade é o seu estado natural, isso mesmo, você em essência é a pura felicidade, não é buscando, tentando conquistar algo, sonhando com condições adequadas ou projetando cenários exuberantes que você será feliz. 

Você já é feliz, apenas não consegue sentir-se bem por não estar envolvido consigo mesmo. Você não consegue perceber que que está identificado, de forma equivocada, com um personagem qualquer, daqueles que lembram figuras mitológicas diante de missões dificílimas, sofridas, onde a existência transforma-se em uma saga de lutas e enfrentamentos.

Ao invés de lutar pela sua felicidade, comece a lutar pela sua liberdade, com isso, a felicidade acontece. 

O único problema do ser humano é essa prisão imaginária. Ele não consegue perceber que  as portas sempre estiveram abertas, que todo apego aos conceitos e certezas, que desenham a sua persona, é a única razão de todos os seus infortúnios. 

Eu sou e sempre serei um libertário, pois sei o quanto as certezas nos acorrentam, sei que as grades da cela em que vivo são feitas de convicções errôneas.

Acredito que Jesus tinha razão, temos que nos tornar crianças mesmos, pois as crianças estão despidas de preconceitos, de certezas, de padrões, de valores, enfim, de todas as programações da sociedade. 

A criança não faz distinção entre o certo e o errado, entre o rico e o pobre, entre o feio e o bonito, entre o forte  e o fraco, entre o honesto e o desonesto, para ela tudo ainda faz parte de uma única engrenagem. 

Temos realmente que nos tornar crianças, temos que olhar o mundo com todo o desinteresse que ele merece, parar de problematizar as nossas experiências, deixar de afetar-se tão facilmente com os eventos externos e olhar para tudo e para todos com amor.

Só o amor pode quebrar os grilhões ilusórios que nos mantém nesse cárcere. Só o amor pode dissolver as emoções pesadas que armazenamos em nossa alma.

O amor tudo perdoa, tudo libera, tudo aceita, tudo compreende, pois o amor é exatamente esse TUDO.

Existe, sim, um caminho para a felicidade: ame!

O amor é o caminho mais rápido para você conhecer a sua verdadeira natureza: a natureza de paz e felicidade.

Texto Revisado



Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 27

Compartilhe Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Sobre o Autor: Paulo Tavarez   
Conheça meu artigos: Terapeuta Holístico, Palestrante, Psicapômetra, Instrutor de Yoga, Pesquisador, escritor, nada disso me define. Eu sou o que Eu sou! Conheça mais sobre mim em: www.paulotavarez.com - Instagram: @paulo.tavarez
E-mail: paulo.tavarez@cellena.com.br
Visite o Site do autor e leia mais artigos.