Nutrir-se de amor...

Nutrir-se de amor...
Autor Ana Carolina Reis - crystalbungalow@gmail.com
Facebook   E-mail   Whatsapp



Como venho me nutrindo, desse néctar que é o amor? Como entendo/ sinto o amor na minha vida?
O amor de filha, o amor de mãe, o amor de esposa, o amor de amiga, o amor como cuidado, como serviço, o amor curador...
O amor cura a dor!
Como você tem curado suas dores? Qual tipo de amor tem se nutrido? Como é o amor por ti mesmo?
Como tem manifestado e demonstrado esse amor, por você mesmo? Como tem se suprido? Se cuidado? Se olhado? (Ou não tem?)

Como está sua alimentação? Seu sono? Seu descanso? Seu prazer? Como estão suas práticas espirituais? Seu lazer?
Seu momento de não fazer nada? Como está seu desejo de realização? Seu poder de materialização? (Ou não?)

Como você tem se sentido, se acolhido, se apoiado, sem se julgar, criticar ou se condenar?
Como você tem sido seu melhor amigo, sua melhor companhia?
Qual tipo de presente você tem se presenteado?
Seja uma guloseima qualquer... (sou dessas! Haha)
Como tem estado seu bom humor, sua paciência, seus limites?
Já os ultrapassou faz tempo? Tem sobrevivido ou vivido?
Reflexões para se pensar, para se amar e se nutrir...
Estar inteira em si.


Ana
@aurorapachamama
www.espacopachamama.com



Texto Revisado



Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 17



Compartilhe Facebook   E-mail   Whatsapp
foto-autor
Autor: Ana Carolina Reis    
Responsável pelo Espaço Aurora Pachamama. Graduada em Psicologia, pela UFCSPA. Especializanda, pelo CEFI. Terapeuta de Práticas Integrativas (CRTH-BR 6400 ABRATH). Mestre em Seichim e Reiki (Diversos Sistemas). Cristaloterapeuta pela "The Crystal Academy of Advanced Healing Arts". Autora dos livros: "Xô, depressão!" e "A Sabedoria dos Cristais".
E-mail: crystalbungalow@gmail.com | Mais artigos.