Comunicando

Autor Maria Cristina Tanajura - tinatanajura@terra.com.br
Facebook   E-mail   Whatsapp


O que busca se expressar? Eu não sei, meu Senhor! Mas como me entrego ao presente que me leva a escrever, pressinto que existe algo que preciso dizer. Pode me parecer cansativo, repetitivo, mas há razão, nesta compulsão. As palavras são energias que têm sua vida própria e abrem caminho, com a vibração que carregam em si. Podem varar o nevoeiro, como faróis poderosos iluminando a estrada dos caminhantes, que num instante de leitura se compreendem e percebem que não estão sós nunca, pois estamos todos, muitos, milhões e milhões, nos dirigindo para um encontro com A Energia primeira, que a tudo criou, que é a vida, o Amor!

Por isso me sento e deixo a minha alma falar, para que alguém, não sei quem, se sinta embalado, acariciado, não importa quem seja, ou onde esteja. Essa força que me anima e me impele a vencer a inércia é a mesma que direciona a brisa, que sopra altaneira e brincalhona, fazendo dançar os galhos das árvores. É a mesma força que leva um homem a procurar uma determinada mulher, numa enorme multidão de seres diferentes, para com ela, um dia, construir uma nova família, trazendo para o planeta um grupo de seres que esperava renascer. Essa força que naturalmente e sem alarde vai plasmando as formas e as cores, as montanhas e os rios, os oceanos, modificando as consciências, transformando, transformando... sendo aqui Amor, e ali, Dor.

Bela a Vida que pulsa em tudo, que brilha nas estrelas e gorgeia nos pássaros, que colore os prados, nas flores, que beija as praias do mundo, nas ondas...

Viver é, antes de tudo, se entregar... deixar-se suavemente embalar por esta força poderosa e amorosa que cria, recria, destrói, torna a criar, leva e traz, mas que não pára jamais... pois a Vida é eterna e o Tempo, infinito.... vamos esperando, aceitando, confiando, amando, perdoando, pois um dia melhor vai chegando... tudo está se transformando... acreditemos. Estamos apenas vivendo o momento mais escuro antes do amanhecer, que, aliás – já se anuncia no horizonte – colorindo o Universo de cores alegres e cheias de esperança!

Vivemos um momento milagroso de transformação, que só podemos apreciar com o coração! Sentindo e confiando, esperando e comemorando, pois as vitórias já são visíveis, mesmo que imperceptíveis... pelo espírito, estamos vencendo. Não há retrocesso, mas sempre obedecemos à lei do progresso!

Essas palavras brotam para animar todos aqueles que já se propõem a amar e sabem que precisam continuar a caminhar... sempre para frente, corações unidos, numa corrente poderosa de energia curadora. A Paz se instalará em nosso planeta. No nosso altar silencioso interior, vamos buscar a força e nunca deixar de ajudar!

Texto revisado por: Cris

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 30

Compartilhe Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Sobre o Autor: Maria Cristina Tanajura   
Socióloga, terapeuta transpessoal.
E-mail: tinatanajura@terra.com.br
Visite o Site do autor e leia mais artigos.