As árvores e seus significados

As árvores e seus significados Autor Berenice de Lara - floraisdelara@floraisdelara.com.br

As árvores têm um simbolismo que muitas vezes desconhecemos, mas que podem ajudar a ancorar uma intenção.

A acácia, que os maçons plantam em suas lojas, simboliza a imortalidade da alma, a conduta reta, qualidade moral que se espera de seus membros. Desde a antiguidade, a acácia é reconhecida por esse aspecto simbólico. Suas flores perfumadas podem ser brancas ou amarelas. De algumas espécies, extrai-se a goma arábica, tanino e aproveita-se a madeira. Seu fruto, o guaxe, é comestível e há menção de que foi de uma acácia do Egito que os soldados romanos fizeram a coroa de espinhos de Jesus. Talvez, a essência de acácia seja para o floral o que a Galena é para os cristais. O fio condutor para o estímulo ou o despertar da conduta correta, ética.

A jabuticabeira, pelos frutos que produz todo o tempo, é associada à abundância, fartura, prosperidade. Experimente fazer uma oração encostando suas mãos ao tronco e depois tome a essência de Jabuticaba, melhorando ainda mais sua sintonia com essas qualidades que deseja.

O bambu simboliza equilíbrio, crescimento, força e normalmente é usado com esta intenção nos jardins ou em arranjos, quando se deseja incorporar esses aspectos na vida ou nos negócios.

A cerejeira é vista como a árvore que traz amor e sabedoria. Como é pensar em plantar uma cerejeira em seu jardim, para enfeitar a casa com suas flores maravilhosas e abundantes e ancorar esses atributos em sua vida?

O pessegueiro traz a felicidade, amizade, longevidade. Eu tenho uma amiga que plantou um deles em seu quintal e hoje ele está dando frutos já. É a cara dela mesma, com sua alegria e amizade leal.

Os pinheiros significam vida longa e fartura. E ficam tão lindos, enfileirados nas entradas dos sítios e fazendas! Você sabia que se você plantar apenas um, ele demora mais para crescer, mas se plantar dois ou mais, um compete com o outro para ver quem cresce mais depressa?

Se você pensa em plantar algo de peso, que tal um carvalho? Desde a remota antiguidade, esta árvore simboliza sabedoria, longa vida, força. Aliás, a palavra latina robur designa tanto força quanto carvalho. Os romanos faziam seu fogo sagrado junto aos carvalhos, assim como os celtas, entre eles os sacerdotes druidas.

O pé de avelã, menos comum de ser plantado entre nós, traz a energia da constância, paciência, fertilidade e também das práticas de magia. Na história do Chapeuzinho Vermelho original, a avó mora em um local onde crescem as aveleiras. É uma possibilidade diferente, cultivar uma delas!

Mas eu plantei um baobá – aliás, dois, porque eu tinha uma intenção a respeito disto. Na terapia floral, a essência de baobá trabalha as questões da ancestralidade, nosso karma familiar e sua libertação, principalmente.

Plantei um para cada lado da família, pai e mãe, mas também ofereci a todos os nascidos em minha cidade natal, Marília, quando os coloquei em seu lugar definitivo, uma reserva de manancial em frente à minha casa. Assim espero, pelos próximos mil anos, para as outras gerações.

Às vezes, podemos sentir claramente qual a tônica de uma cidade, de um local ou de uma família. Se pudermos plantar uma árvore que simbolize a harmonização dos aspectos que dificultam seu crescimento, seu desabrochar, estaremos dando nossa contribuição individual ao coletivo.

Na minha sala de jantar, uma litogravura, P.A. de 1978, da Maria Helena Grembecki, abençoa nossas refeições e encontros familiares. Um baobá, é claro.

O baobá é uma árvore que vive até 2.000 anos e seu diâmetro pode ser de cerca de 11 metros ao final. Minhas arvorezinhas de 8 cm. de diâmetro perderam todas as folhas no inverno e eu me desconsolei. É seu primeiro ano aqui comigo e eu tenho receio de fazer algo errado. Mas o engenheiro florestal que me vendeu as mudas garantiu que é assim mesmo e eu já começo a ver as novas folhas rompendo a casca do tronco. Observar a vida  vencendo é muito gratificante, principalmente quando emprestamos um significado maior a tudo.

Eu achava mais fácil me conectar com as pedras do que com as plantas, desde criança, mas agora eu sinto que não há mais diferença. Me reconciliei com meu passado de herborista, do qual fugi tantas vezes, como descobri na Terapia de Vidas Passadas.

Com certeza, você pode entrar em uma conexão mais profunda com a natureza, se plantar uma árvore “com um significado” e observá-la crescer! É muito gratificante, eu posso testemunhar.

Texto revisado



Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação: 5 | Votos: 38

Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp

Autor: Berenice de Lara   
Terapeuta floral com pós graduação pelo IBEHE/UERJ e sintonizadora do sistema de essências de cristais e flores Florais de Lara-Dharma. Autora dos livros Elixires de Cristais Novo Horizonte da Cura Interior, A cura dos chakras com cristais, entre outros. Atendimento online pelo Skype e preparo de sua fórmula pessoa"
E-mail: floraisdelara@floraisdelara.com.br
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Atualizado em 05/10/2013



© Copyright 2020 ClubeSTUM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso.