A saúde dos rins e as emoções  
   

A saúde dos rins e as emoções

Autor Berenice de Lara - floraisdelara@floraisdelara.com.br

Compartilhe
   


Diariamente passamos por emoções variadas e dificilmente estabelecemos uma conexão entre essas emoções e a saúde de nosso corpo.

Imagine uma pessoa que se queixa de depressão e algumas de suas consequências: baixa vitalidade, falta de energia física e mesmo força de vontade para se levantar e cuidar das tarefas do dia a dia.

Para a medicina alopática, existe uma série de princípios ativos contidos em remédios “de tarja preta”, como costumam ser chamados os medicamentos de controle mais rígido, que poderão ser indicados para essa situação.

Sem dúvida eles atuarão de alguma forma nos sintomas, aliviando-os, tornando a vida da pessoa suportável. No entanto, eles não agirão na origem do problema, porque não é esta a proposta desse ramo da medicina.

Mesmo sendo sempre recomendado que se procure um médico em situações de saúde, incluir no tratamento possibilidades naturais como forma de corrigir o problema, é um caminho cada vez mais percorrido por profissionais do mundo todo.

Os aspectos da depressão acima descritos podem estar relacionados com uma baixa da energia dos Rins, segundo a medicina tradicional chinesa, o que muitos desconhecem.

Os Rins controlam ainda nossos medos e suas patologias, como a Síndrome do Pânico, por exemplo. Nossa memória do dia-a-dia, a concentração, o pensamento claro e mesmo a boa visão, também estão relacionados com o bom funcionamento dos Rins.

No mesmo caso estão outros problemas de saúde: zumbido crônico no ouvido, asma, a incontinência urinária, a enurese noturna (xixi na cama).

E quando a pessoa tem um temperamento inflexível, apresenta dificuldade em se adaptar a mudanças, é propensa a emitir julgamentos sobre os outros... procure equilibrar a energia dos Rins, para corrigir esses aspectos que trazem tantos problemas. Porque a contrapartida desses aspectos da personalidade é a somatização, com o passar do tempo: rigidez na coluna vertebral, problemas nos ossos, dentes, cabelo.

Assim, segundo uma visão holística, nossas emoções vão dando os contornos da nossa saúde.

Dentro da terapia vibracional, com essências florais, de cristais e metais, podemos ajudar a corrigir essas aspectos, cuidando de modificar as nossas frequências de energia.

Dentre as essências que reequilibram a energia dos Rins estão a Sodalita e Esmeralda, que trabalham o medo.

Madeira Petrificada, Apatita e Aventurina ajudam na correção do campo da rigidez mental, emocional, que se reflete no físico mesmo, também regida por esses importantes órgãos.

Outras essências significativas em uma fórmula para equilibrar os Rins são a Calcita, Coral, Fluorita, Quartzo Citrino e Rodonita. Azurita ajuda a superar o medo de mudanças nas fases de transição da vida: medo de não conseguir outro emprego a altura, de olhar de frente os problemas no casamento, para não ter que fazer mudanças, levando muitas vezes a relação a uma condição impossível de ser sustentada.

Calcita trabalha a auto-sabotagem, que faz com que a pessoa com medo de vivenciar o sucesso, dê sempre um jeito de algo dar errado, quando estava prestes a conseguir vencer.

Tomando consciência dos órgãos envolvidos em nossos comportamentos, podemos corrigir o padrão disfuncional de maneira mais suave e eficaz ou mesmo evitar que o corpo adoeça em função de nossas emoções mal trabalhadas.

As essências vibracionais de cristais Florais de Lara – Dharma são produtos naturais, sem contra indicação, que atuam no reequilíbrio energético, com reflexos no físico e não tem contra indicação.

 
 




Obrigado por votar

Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação:
A saúde dos rins e as emoções
5 16

Compartilhe
   

Autor: Berenice de Lara   
Terapeuta floral com pós graduação pelo IBEHE/UERJ e sintonizadora do sistema de essências de cristais e flores Florais de Lara-Dharma. Autora dos livros Elixires de Cristais Novo Horizonte da Cura Interior e A Cozinha dos Alquimistas, Ed. Pensamento. Atendimento online pelo Skype e preparo de sua fórmula pessoal.
E-mail: floraisdelara@floraisdelara.com.br
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Publicado em 25/11/2013
 

Deixe sua opinião sobre este artigo



Acessar seu Clube STUM
Faça
seu login


© Copyright 2000-2018 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.