auravide auravide

Tarô, Astrologia e Cabala, o que eles têm em comum?

por Graziella Marraccini
Tarô, Astrologia e Cabala, o que eles têm em comum? Publicado dia 03/08/2020 15:43:08 em Tarot

Nem todas as pessoas que estudam ocultismo ou outras ciências herméticas conseguem entender a conexão que existe entre essas disciplinas do hermetismo. Porém, é bem verdade que todas elas são 'uma só', ou seja, todas elas procuram explicar, cada uma a seu modo, como é feita a Criação. Com esta premissa, gostaria de acrescentar que foi a minha curiosidade natural que me levou a estudar e a fazer este tipo de paralelo, já que essas disciplinas podem ser aplicadas de forma separada e com muito aproveitamento. Não é necessário ser tarólogo para estudar astrologia, tampouco ser cabalista para ser tarólogo ou astrólogo. No entanto, a abrangência do estudo conjunto das três disciplinas possibilita uma abertura de nossa consciência para um novo patamar, mais amplo e rico.

A Cabala estuda essencialmente o conteúdo da Árvore da Vida. No meu site pessoal, podem ser encontrados inúmeros artigos sobre este conhecimento hermético que é tradicional da cultura judaica. Na realidade, parece que o conhecimento vem do antigo Egito, onde Moisés o aprendeu com os sumos sacerdotes. A Árvore na realidade não é uma árvore no sentido próprio, mas é um conjunto de dez círculos (chamados Sefirah) ou esferas que são conectadas entre si por linhas, chamadas de 'caminhos'. As dez esferas, numeradas de 1 a 10, indicam as etapas necessárias para a materialização do espírito que encarna na Terra e também indicam o caminho de evolução que o espírito precisará fazer para o retorno ao estado inicial, na união com o Uno. Ao representar o Homem primordial, chamado de Adão Kadmon, a Árvore mostra essencialmente quais são os componentes energéticos indispensáveis para que o Homem seja perfeito, já que assim ele foi criado no início. Essas 10 esferas representam, portanto, modelos de organização biológica e energética e correspondem, na Astrologia, com os planetas que compõem o nosso sistema solar, além do Sol e a Lua. A Astrologia cabalística, ao estudar o mapa pessoal sobre a Árvore, tem como intuito mostrar ao consulente quais são os bloqueios que ele irá encontrar nesta encarnação e qual será seu tikun, ou seja, sua missão.

Cada planeta terá, então, um 'papel a cumprir', dentro da organização do todo e agirá conforme suas qualidades próprias. Por exemplo, o Sol representa o Eu Interior Espiritual, a Lua representa o Ego emocional e a auto-imagem, Mercúrio representa o raciocínio, etc. etc.. O Sol terá, então, como papel principal aquele de distribuir energia para o restante da Árvore para que ela (ou seja, o Adão Kadmon) se mantenha viva. A Lua conectará o Espírito/Sol com a Alma condicionada pelo ambiente de nascimento, e responderá pelas reações emocionais. Mercúrio ajudará a pessoa a compreender e raciocinar, etc. Fazendo um paralelo com o Tarô, indicaremos que estas Sefirot (Sefirah no singular) têm o mesma simbologia dos Arcanos Menores do Tarô que possuem 10 cartas em 4 naipes. Os 4 naipes correspondem, na Cabala, aos 'quatro mundos de manifestação', ou seja, quatro camadas superpostas de manifestação energética. Para interligar e fazer as conexões entre as esferas/planetas são usados os caminhos, que ao todos somam 22, numero igual aos 22 Arcanos maiores do Tarô.

Esses caminhos são como rotas (canais) pelas quais as Sefirot transmitem umas às outras as qualidades energéticas que possuem, sendo sempre negativas na recepção e positivas na ação, ou seja, receptivas para a esfera anterior e positivas para a esfera posterior. Ao longo das inúmeras encarnações o espírito poderá encontrar obstruções e obstáculos nesses caminhos, mas serão obstáculos necessários para sua evolução e que ele poderá 'desobstruir' com o auxilio, por exemplo, das meditações nos Arcanos Maiores do Tarô. Os Arcanos Maiores do Tarô representam, portanto, a caminhada do 'Louco' (homem no início das encarnações) até a materialização na Terra 'O Mundo" , e seu caminho de retorno para a União com a Luz primordial.

A compreensão e aceitação do processo podem nos fazer compreender 'o que viemos fazer aqui' e nos ajudarão certamente a nos tornarmos autores de nossa própria vida, exercendo o livre-arbítrio em nossas escolhas. A conscientização do processo pode ser difícil e longa, mas será certamente compensadora. Não podemos andar às cegas pela vida e certamente os leitores do STUM já estão no processo de busca da Luz, não é mesmo?

Pretendo ministrar dois workshops sucessivos de Tarô, Astrologia e Cabala no Espaço Kallipolis, em Junho. Serão necessários dois sábados, com carga horária de 3 horas cada um. Os interessados podem me enviar um email com seu nome, endereço e telefone de contato para que possamos formar um grupo de estudos e eu possa me organizar e reservar uma sala para os eventos. São necessárias noções básicas de Tarô e Astrologia para a completa assimilação do curso. Noções sobre a Cabala podem ser obtidas no meu site na seção do mesmo nome.
A leitura do Mapa Natal Cabalístico pode ser agendada no meu consultório, pelo email abaixo indicado. O Conhecimento liberta e nos oferece a possibilidade de efetuar nossas escolhas.

São Paulo, 26 de maio de 2011



Você já fez um atendimento ao vivo com um especialista em Tarot? No link abaixo o Somos Todos UM pode te indicar uma ótima plataforma, segura e barata de atendimentos online: O Auravide
tarot


Sobre o autor
graz
Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology. Conheça meus serviços on-line
5 perguntas Frequentes, visite Canal do youtube e Facebook
Email: contato@astrosirius.com.br

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa