Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Ano novo. Vida nova. Amor novo!

por Rosana Braga
Ano novo. Vida nova. Amor novo!
Publicado dia 02/01/2004 18:00:21 em Almas Gêmeas

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Felizmente, a cada novo início de ano também se renovam todas as nossas esperanças. De repente, desejamos que tudo seja melhor e nos faça mais felizes. Fazemos planos, imaginamos acontecimentos e investimos nesses desejos todas as nossas energias...
Obviamente isso é muito bom, mas precisamos também nos lembrar do que já temos de positivo, do que queremos que se prorrogue por muito e muito tempo. E, mais do que isso, precisamos fazer uma retrospectiva pessoal para descobrirmos qual foi a moral da história de nossa vida nesse ano que acaba de acabar.

Sabemos que este ano não foi nada fácil para a grande maioria das pessoas. Sabemos que o mundo inteiro atravessou uma crise que atingiu todas as áreas: desde a financeira e material até a afetiva e emocional. Sabemos que este foi um ano doloroso, cheio de desafios e tristezas.
Porém, por mais difícil que seja admitir, temos de considerar que nada acontece por acaso ou em vão. Ou seja, não sofremos à toa, por nada. Algo de muito importante temos que ter aprendido com toda essa dificuldade, com a lentidão dos acontecimentos.

Realmente é bem mais fácil acreditar que o mundo como um todo é o responsável pelo que aconteceu de ruim em nossas vidinhas individuais, mas isso não é, de forma alguma, verdade... Somos todos um! Somos parte indispensável e importantíssima do todo e absolutamente todos os nossos pensamentos, sentimentos e atitudes influenciaram significativamente para que se impusesse tal ritmo no Universo.
Agora, diante de uma nova possibilidade, preenchidos de uma motivação que se sobrepõe ao cansaço que sentíamos há poucos dias, de nada adiantará começar tudo de novo com toda a garra, se não compreendermos o valor do que se passou.

Faça a sua auto-avaliação, faça a sua reflexão. Pergunte-se, questione-se! Qual foi a sua participação na dor e na dificuldade? De que forma você poderia ter contribuído para amenizar o sofrimento, mas não conseguiu, não percebeu? O que você poderia ter feito para si mesmo ou para os outros, mas não encontrou forças, deixou-se dominar pela raiva, pelo medo, pela necessidade de se defender?!?

Quanto esforço você empregou para evitar a dor ao invés de empregá-lo na tentativa de aprender com ela? Suas respostas não devem, de forma alguma, levar você a uma autopunição ou a um arrependimento vazio. É um processo de compreensão, de validação e aceitação. É um processo de crescimento, evolução, aprendizado.
Todo tempo difícil é uma oportunidade que o Universo nos dá de percebermos o que não estávamos conseguindo no amor. Porque existem somente duas maneiras de aprendermos o que realmente temos a aprender: através do amor ou através da dor. Se não conseguimos pela primeira maneira, a vida nos coloca para aprendermos através da segunda.

Portanto, convido você a se reciclar, a não apenas entrar num novo ano, com tantas expectativas e sonhos... a não apenas depositar toda a possibilidade de ser feliz na vida ou nas pessoas. Convido você a compreender que essa possibilidade existe e que só depende de você torná-la real...

Convido você a abrir espaço na sua vida e no seu coração para que possa atrair aquilo que mais deseja: um novo amor, um amor antigo, mais saúde, um novo trabalho, dinheiro, enfim, seja lá qual for o seu maior desejo, abra espaço, porque, enquanto você estiver lotado de pensamentos negativos, de medos, de raiva, de rancor, de mágoas e de preconceitos... enquanto você estiver defendido, não disposto a arriscar, a correr os riscos, a apostar todas as suas fichas... será impossível atrair o que você deseja de bom. É óbvio, é matemático: não dá para entrar algo novo, se todo o seu espaço já está preenchido por velhas quinquilharias.

Tem uma frase que adoro e que repito para mim mesma quando não estou conseguindo aquilo que desejo. É uma frase bastante conhecida e repetida, mas vou me dar o direito de não ser original e simplesmente reforçá-la, porque não me vem nenhuma outra mais apropriada para este momento.

Digo isso para mim, para você e para todos os que sabem que o Universo é justo:
"Faça por merecer!"
FELIZ ANO NOVO!!!


estamos online

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  



Sobre o autor
foto
Rosana Braga é Especialista em Relacionamento e Autoestima, Autora de 9 livros sobre o tema. Psicóloga e Coach. Busca através de seus artigos, ajudar pessoas a se sentirem verdadeiramente mais seguras e atraentes, além de mostrar que é possível viver relacionamentos maduros, saudáveis e prazerosos.
Acesse rosanabraga.com.br para mais conteúdos exclusivos!
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Transcomunicação Instrumental
artigo A liberdade de ser
artigo Você sabe quais os benefícios de um atendimento de radiônica?
artigo Do Oran Mor aos corações apaixonados pela Luz





horoscopo


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa