auravide auravide

Cala a boca e beija logo...


do “sou contra” ao “sou favorável”!

Quem me conhece sabe que estou há um tempão dizendo que vou escrever um artigo para mostrar minha imensa indignação com esta comunidade. Ah! Antes creio que devo explicar o que é a comunidade do “Cala a boca e beija logo”.

Para quem não sabe, o site do Orkut (www.orkut.com) é uma espécie de ponto de encontro virtual, onde você é convidado por alguém que já está cadastrado para também se cadastrar e encontrar vários amigos, sejam atuais, de longa data ou até quem você nunca viu, mas quer conhecer... Pois então, no Orkut você também pode criar comunidades, sobre qualquer tema, e convidar pessoas afins para fazer parte dela! Existem várias, muitas... com os mais diversos e bizarros temas. Uma delas me chamou a atenção, porque grande parte dos meus amigos e, em geral, um grande número de pessoas está nela. É a comunidade chamada “Cala a boca e beija logo!”
Quando vi, fiquei abismada! Achei muito estúpida a colocação e de uma grosseria sem tamanho. Mas como sempre, resolvi investigar com os próprios participantes da tal comunidade; mais especificamente com meus amigos.

Mostrando-me contra desde o princípio, colocava o meu ponto de vista, dizendo que o beijo é algo tão importante e tão gostoso numa relação... como é que alguém poderia ser a favor de uma frase como esta! Mandar o outro calar a boca e beijar logo era, a meu ver, brochante!

Levei um longo tempo para entender qual é o verdadeiro fundamento desta ordem. Mas hoje, conversando com uma pessoa, me dei conta de um comportamento que costumamos ter e, de repente, me veio o significado da comunidade. Eureca!
Geralmente, quando percebemos que estamos sentindo algo que foge ao nosso controle, tentamos desesperadamente nos controlar de alguma forma. Fazemos isso sem perceber, mas na maioria das vezes, fazemos.

A maneira mais comum que encontramos de tentar controlar um sentimento é nos agarrando às palavras. Começamos a falar para tentar disfarçar o “descontrole”. Desejo, raiva, paixão, vergonha, insegurança, enfim, seja qual for o sentimento que está nos escapando ao controle para atuar na situação em questão, imediatamente tentamos transformá-lo em palavras, para termos a sensação de que o estamos controlando.
Não aprendemos a simplesmente sentir, em silêncio, deixando o sentimento tomar conta da gente, mesmo sem tomar nenhuma atitude no momento... Não aprendemos a sentir deliberadamente, absolutamente, completamente entregues, sem nos criticar, sem nos julgar, sem tentar medir, dosar...

E, assim, começamos a falar, a transformar o descontrole num discurso de “pessoa controlada e segura, que tem um motivo muito justo e claro para estar naquela situação, naquele momento”. Defesas... nada mais que defesas... contra o medo de se sentir inundado por um sentimento, sem saber o que acontecerá em seguida.
Até certo ponto, este autocontrole pode ser muito saudável, pois realmente nos protege de mágoas e dores que poderiam ser insuportáveis. Entretanto, neste caso, estou me referindo especificamente ao desejo de estar com alguém.
Claro que não estou me referindo ao ato desenfreado de sair beijando todo mundo ou todas as pessoas que nos despertem algum tipo de atração. Isso seria tão sem nexo quanto não beijar – no sentido de não se permitir gostar de – quem realmente desejamos, por estar “sob controle” o tempo todo.

Mas estou me referindo, sim, à permissão que precisamos nos dar de não teorizar, não conceituar, não tentar controlar um sentimento bom. A idéia é parar de falar sobre os sentimentos e senti-los mais...

Diálogo é fundamental, vocês sabem o quanto acredito nisso. No entanto, abro parênteses para levantar a bandeira do silêncio, neste momento, e deixar que apenas o sentimento conduza a situação. Portanto, “cala a boca e beija logo!”...

O STUM também tem uma comunidade no Orkut, organizado pela amiga Luciana Pandolfe. Quem quiser conferir acessando esse link, porém V. tem de ser cadastrado no Orkut.


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


foto
Rosana Braga é Especialista em Relacionamento e Autoestima, Autora de 9 livros sobre o tema. Psicóloga e Coach. Busca através de seus artigos, ajudar pessoas a se sentirem verdadeiramente mais seguras e atraentes, além de mostrar que é possível viver relacionamentos maduros, saudáveis e prazerosos.
Acesse rosanabraga.com.br para mais conteúdos exclusivos!
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Almas Gêmeas clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa