auravide auravide

Como parar de sofrer por amor?


Você tem a sensação de que essa tristeza é a maior e a mais profunda que já sentiu em toda a sua vida? De que ela nunca vai passar ou diminuir? Não tem ideia de como vai conseguir viver sem essa pessoa, esse relacionamento? De como vai superar essa dor e voltar a acreditar que pode ser feliz no amor?

Sente como se seu mundo estivesse desmoronando? Como se nada mais fizesse sentido e tudo ao seu redor tivesse perdido a cor e a graça? Adoraria que existisse um remedinho, qualquer coisa que arrancasse todos esses sentimentos e pensamentos que não param de atormentar e machucar você mais e mais?

Pois muito bem! Escute bem o que vou dizer! Ou melhor, leia cuidadosamente o que vou escrever! Você, eu e mais alguns bilhões de pessoas em todo o mundo já passamos por situações muito, muito parecidas com a sua!

Sendo mais específica, 86% das pessoas em todo o mundo já sofreram por amor de forma tão intensa que tiveram exatamente essa sensação: a de que nunca mais iriam se recuperar e, pior, de que essa dor demoraria mais tempo para passar do que elas poderiam suportar!

Ok, eu sei que saber disso não adianta muita coisa. Que a sua dor continua a doer. Mas se você considerar verdadeiramente que ela vai passar (por mais difícil que seja acreditar nisso neste momento), ela vai passar bem mais rapidamente.

E, mais do que isso: vai se tornar muito mais fácil lidar com ela de uma forma menos pessimista. Porque quando a gente fica pessimista, enxerga o que está ruim como definitivo, generalizado e insuportável.

Mas quando você abre espaço ao seu otimismo, essa fase começa a servir para tornar você mais madura, mais experiente e com muito mais clareza do que quer e do que não quer.

A dor ensina. Precisa ensinar. Observe: talvez a sua dor seja decorrente de sentimentos como abandono, traição ou sentimento não correspondido. Ou talvez seja decorrente de arrependimento, de não ser perdoada ou de não saber mostrar o que sente.

Mas seja qual for a fonte, sua dor está tentando lhe mostrar algo extremamente valioso. O que é? A resposta é óbvia! É fato que todos nós sofremos, porque sofrer faz parte da vida e tem sua função.

Porém. se você sofre sem aprender e por mais tempo do que deveria, se você sofre se perdendo e se machucando ainda mais, em vez de procurar meios de se curar e crescer, a razão é uma só: falta de amor próprio. Autoestima debilitada!

E enquanto você não se valorizar e não se reconhecer, vai continuar aí chorando, se lamentando, reclamando, alimentando mágoa, raiva ou qualquer tipo de pensamento repetitivo e negativo. E só vai conseguir um resultado: mais dor!

Então, vamos fazer um trato? Você pode chorar, xingar, esmurrar o travesseiro, gritar e se sentir a pessoa mais sofredora do universo durante, no máximo, 13 dias. Depois disso (ou até antes), você vai começar a entender que essa situação precisa mudar e que, seja lá o que for que tenha acontecido, você merece e vai ser feliz!

Porque, acima de tudo, não é o fato em si que está fazendo você doer, mas a sua interpretação sobre ele! É o significado que você dá aos fatos que transforma você numa pessoa sem sorte ou afortunada. Numa fracassada ou numa aprendiz. Fadada à solidão ou diante de todas as mais incríveis e inimagináveis possibilidades.

Sendo assim, comece a contar: 1, 2, 3. 13 dias! Depois, mergulhe dentro de você e traga à tona sua mais intensa sabedoria! Agradeça mentalmente à pessoa por quem esteve sofrendo. Honre o que viveram ou o que não viveram. E, por fim, confie nos motivos pelos quais isso aconteceu, mesmo que você ainda não consiga compreender.

E agora respire fundo, enxugue as lágrimas, tome um banho morninho e demorado, vista aquela roupa que lhe cai tão bem, passe um perfume gostoso e vá para a vida munida das suas melhores qualidades!

E se ainda não descobriu quais são, aí vai minha sugestão:

Vá com o olhar adiante, o peito aberto, sorriso no rosto e a certeza de que você pode até doer de novo algum dia, mas nunca mais vai se destruir e perder toda a sua fé no amor só porque, em algum momento, você foi tola o bastante para abrir mão de uma pessoa tão maravilhosa quanto você mesma! E, no mais, azar de quem lhe perdeu!


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


foto
Rosana Braga é Especialista em Relacionamento e Autoestima, Autora de 9 livros sobre o tema. Psicóloga e Coach. Busca através de seus artigos, ajudar pessoas a se sentirem verdadeiramente mais seguras e atraentes, além de mostrar que é possível viver relacionamentos maduros, saudáveis e prazerosos.
Acesse rosanabraga.com.br para mais conteúdos exclusivos!
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Almas Gêmeas clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa