auravide auravide

Os homens também amam...


E muito! Tenho certeza disso, cada vez mais!
Senti-me inspirada a escrever sobre a capacidade masculina de amar porque, surpreendentemente, descobri o quanto a maioria das mulheres não acredita no coração dos homens...

Em meu site tenho depoimentos de alguns leitores. Seria impossível colocar todos, mas selecionei alguns para ilustrar essa troca de energias que serve para me deixar ainda mais crente no amor.
E qual não foi a minha ‘indignação’ quando recebi mensagens de algumas leitoras se dizendo surpresas com os depoimentos masculinos... Devo confessar, antes de mais nada, que as mulheres realmente me escrevem com maior incidência, mas também recebo muitas manifestações de interesse pelo tema “amor e relacionamentos” por parte dos homens.
Sinto que eles estão, cada dia mais, voltados para o desejo de se sentirem felizes nas suas relações. Sinto o quanto eles estão empenhados em compreender as mudanças, em compartilhar suas vidas com suas amadas, enfim, em encontrar e viver um grande amor.
Sei que muito tem se deposto contra o universo masculino e as suas atitudes aparentemente distantes, desinteressadas e frias. No entanto, preciso defendê-los, preciso expor o que sinto em relação ao comportamento deles...

Talvez fosse mais justo começar essa defesa esclarecendo que não acredito em nenhuma forma de generalização, do tipo “homens são todos assim” ou “mulheres não mudam”... Abaixo às generalizações para que possamos enxergar a individualidade suprema de cada um.
Depois, preciso dizer também que acredito totalmente na complementaridade divina entre feminino e masculino. Não estou aqui para abordar adjetivos como “pior” ou “melhor”, porque somos, indiscutivelmente, essenciais um ao outro. Simplesmente não existiríamos se entre nós imperasse disputa ao invés de amor, entrega, aprendizado e crescimento.
Sendo assim, meu depoimento tem a intenção de “absolver” esse estereótipo equivocado que foi se constelando ao redor dos homens. Obviamente, existem aqueles que ainda não se reconheceram dentro das relações amorosas, mas justiça seja feita: muitas mulheres também ainda não conseguiram... Então, que respeitemos o ritmo de cada um.

No final das contas, creio que devamos considerar que todos nós estamos em processo de evolução e - vocês sabem - vejo o amor como melhor caminho para vivenciarmos esse desafio humano. Além disso, convenhamos, amor a gente exercita com muito mais prazer ao lado do outro...
Portanto, sugiro que reconheçamos a amorosidade contida no masculino. Que paremos de julgá-los e condená-los com base numa crença limitante, ultrapassada e que não nos ajuda em nada. Que possamos dar crédito ao homem que amamos, para que ele se sinta, definitivamente, parte igual e indispensável na experiência do afeto.
Já se foi o tempo em que a sociedade precisava se definir como matriarcal ou patriarcal. Agora, mais do que nunca, estamos numa era em que a necessidade recai sobre o amor, a troca, a expansão...

Nada de clubes da Luluzinha ou do Bolinha! Que aproveitemos o melhor desta festa reconhecendo a absoluta necessidade de integração, para que o amor se sobreponha aos preconceitos (venenos) que matam, muitas vezes, o que poderia ser um mágico encontro entre homens e mulheres.

Participe do grupo de discussão sobre este artigo


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


foto
Rosana Braga é Especialista em Relacionamento e Autoestima, Autora de 9 livros sobre o tema. Psicóloga e Coach. Busca através de seus artigos, ajudar pessoas a se sentirem verdadeiramente mais seguras e atraentes, além de mostrar que é possível viver relacionamentos maduros, saudáveis e prazerosos.
Acesse rosanabraga.com.br para mais conteúdos exclusivos!
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Almas Gêmeas clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa