auravide auravide

Você é Bela ou Fera?


Completei 30 anos na última sexta-feira, 13! Dia de muita sorte!!! O meu melhor presente, dado pelo amor da minha vida, foi assistir ao musical “A Bela e a Fera”, em cartaz no Teatro Abril, em São Paulo. Realmente, um belo espetáculo. Além da produção maravilhosa, dos músicos, do talento dos atores, enfim, de todos os detalhes perfeitamente combinados, o conto de fadas me fez constatar, mais uma vez, a magia que o amor pode promover na vida das pessoas.

Apesar de ser uma história, devemos nos lembrar de que todo conto de fadas foi criado a partir do inconsciente coletivo e, por isso, traz a profundidade e a força das grandes verdades. Aliás, das maiores e mais importantes verdades! Aquelas que não podemos ver com os olhos, mas somente com o coração.

Então, foram inevitáveis para mim algumas reflexões sobre o amor que nasce entre a Bela e a Fera. Ela, uma linda garota que vive numa pequena aldeia com o pai.
Amante e devoradora de livros, sonha em encontrar um grande amor e viver em terras distantes, cheias de emoção e novidades.

Ele, a Fera, é um príncipe que, endurecido por sua vaidade excessiva, zomba da feiúra de uma feiticeira, disfarçada de uma velhinha que vai pedir ajuda no seu castelo. Para lhe dar uma chance de redescobrir a beleza que pode existir além das aparências, ela o transforma em um monstro horrível e abominável.
Além disso, todos os criados do castelo ganham formas de objetos e se tornam reféns do aprendizado de seu amo. Para quebrar o feitiço, a Fera precisa se apaixonar, ou seja, deixar-se tocar pela força do amor, e ser correspondido (o que parece ser o mais difícil).

Obviamente, os dois terminam se encontrando em circunstâncias nada favoráveis, mas a convivência permite que cada um comece a enxergar o outro além das aparências.
Exageros à parte, fico a me questionar quantas vezes perdemos a oportunidade de conhecer alguém profundamente porque nos deixamos levar pela primeira impressão, porque rotulamos as pessoas que fogem dos padrões de beleza preestabelecidos...
Ou, quantas vezes temos medo de nos aproximar de alguém que nos interessa porque nos julgamos feios ou desajeitados, não merecedores de sua atenção, que dirá de seu amor? Quantas vezes ficamos presos aos nossos defeitos, à nossa pouca coragem e ao nosso pavor de ser rejeitados e perdemos a chance de viver um grande amor?

Num determinado momento do espetáculo, quando a Fera já estava perdidamente apaixonado por Bela, ele fala de seu medo de se declarar com seus criados e um deles comenta: “Para viver o amor, você precisará correr o risco de ouvir ‘não’!”
É isso! A vida é um risco. Amar é um risco. Mas não poderemos vivê-lo se não arriscarmos, se não apostarmos todas as nossas fichas, se passarmos nossas vidas com ressalvas e meias-verdades. Precisamos assimilar e expressar o que sentimos em sua totalidade, com o melhor de nós!
E quando isso acontece, acreditem: por mais que possamos ser, podemos nos tornar ainda melhores. Também nos transformamos em princesas ou príncipes. Também descobrimos uma magia inexplicável, capaz de nos modificar, de nos tornar mais nós mesmos, mais brilhantes, belos e cheios de coragem...

Pode parecer poesia, mas eu garanto que não é! O amor tem esse poder, tem essa soberania, mas para vivê-lo, precisamos ser humildes e reconhecer nossas limitações, para então sermos tocados e transformados em nossa essência!

Eu sugiro que você arrisque, quantas vezes forem necessárias! Porque por amor, sempre vale uma nova tentativa...


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


foto
Rosana Braga é Especialista em Relacionamento e Autoestima, Autora de 9 livros sobre o tema. Psicóloga e Coach. Busca através de seus artigos, ajudar pessoas a se sentirem verdadeiramente mais seguras e atraentes, além de mostrar que é possível viver relacionamentos maduros, saudáveis e prazerosos.
Acesse rosanabraga.com.br para mais conteúdos exclusivos!
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Almas Gêmeas clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa