Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade

Você faz de tudo pelo outro e não é valorizada nem desejada como gostaria?

Você faz de tudo pelo outro e não é valorizada nem desejada como gostaria? Publicado dia 3/29/2019 8:42:14 PM em Almas Gêmeas

Compartilhe

   

Você quer amar e ser amada e não mede esforços para isso. Quando entra numa relação, está disposta a fazer valer a pena. O problema é que, muitas vezes, você se dá demais e não deixa espaço para que o outro se sinta motivado a te conquistar também.

Embora comece a pedir retribuição e cuidado do outro, suas ações terminam passando a impressão de que você não precisa de nada, de que por mais que reclame, já está conquistada e vai fazer qualquer coisa para essa relação dar certo, independente do que o outro faça ou deixe de fazer.

Assim, em geral o outro vai se acomodando e até desvalorizando a sua dedicação. Porque tudo vem muito fácil. Você dá sem que o outro peça. Você não deixa que o outro precise de você e solicite sua participação.

É provável que você se sinta, a maior parte do tempo, pouco retribuída. Como se o que faz ao outro nunca fosse suficiente para ser reconhecida e valorizada. E assim, muitas vezes, você tende a fazer mais e mais e, na mesma medida, reclamar mais e mais, na esperança de que o outro te veja e perceba o quanto você é dedicada, fiel e parceira

Acontece que tudo o que você espera do outro é exatamente o que você mesma não se dá. Seu sentimento de não valorização começa em você mesma. É você quem, acima de tudo, ainda não consegue se reconhecer e se respeitar.

E quanto mais pede do outro sem obter os resultados que deseja, mais reforça sua tão pouca noção de merecimento. Quanto mais o outro trata você exatamente como você se trata, mais você se perde em cobranças, lamentações e tristeza.

Enquanto você mesma não começar a se olhar mais, a fazer escolhas que agradem a você também, ou a você em primeiro lugar, nada vai mudar. É essencial que você comece a se valorizar mais e que espere o outro manifestar o desejo da sua presença, da sua ajuda, da expressão de seus sentimentos.

Senão, a tendência é que em vez de ser vista como alguém muito prestativa e carinhosa, você seja vista como chata e exagerada. Ou até como pegajosa e cansativa. E isso só vai servir para reforçar sua dinâmica e piorar sua sensação de desconsideração.

Comece a ouvir seus desejos. Aprenda a dizer 'não' e descobrirá, bem mais rápido do que imagina, que impor limites e valorizar seu tempo e sua presença é uma maneira muito eficiente de ser respeitada e amada.

E, no final das contas, saiba que aqueles que amam você de verdade vão passar a amar ainda mais e a desejar ainda mais a sua presença, porque você vai se tornar uma pessoa mais leve, mais espontânea e que sabe reconhecer seu próprio valor.

Isso tira você do lugar de quem mendiga amor e aceita migalhas para alguém que sabe muito o quanto merece e só aceita ficar num relacionamento e num ambiente onde exista espaço para você e onde você é realmente querida!

Aprenda a viver e agir como quem sabe muito bem o quanto merece da vida e do amor! Invista em você e seja a primeira a se valorizar! Clique aqui e descubra exercícios simples e eficazes para elevar sua autoestima, sua autoconfiança e sua noção de merecimento!

por Rosana Braga

Consulte agora
Mapa Astral   Tarot   Numerologia  


Obrigado por votar

O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe

         

Sobre o autor
foto
Rosana Braga é Especialista em Relacionamento e Autoestima, Autora de 9 livros sobre o tema. Psicóloga e Coach. Busca através de seus artigos, ajudar pessoas a se sentirem verdadeiramente mais seguras e atraentes, além de mostrar que é possível viver relacionamentos maduros, saudáveis e prazerosos.
Acesse www.rosanabraga.com.br para mais conteúdos exclusivos!
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor







Energia do Dia
52 - KEN - A QUIETUDE
A parada faz parte do caminho. Afaste-se da tensão e acalme-se. Só então será possível retomar a ação.
Consulte o I-ching

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa