Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

A meditação da lua cheia

por Graziella Marraccini
A meditação da lua cheia
Publicado dia 08/07/2002 11:40:50 em Astrologia

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Desde a antiguidade a Lua exerceu um fascínio especial sobre o ser humano. Pudera! Aquele corpo celeste ‘pendurado’ sobre a cabeça dos seres humanos, mudava de tamanho a cada dia, crescia e decrescia, desaparecia por completo, e voltava, belo e brilhante até se tornar cheio e luminoso, em seu ciclo de 28 dias. À medida que o homem começou observar a regularidade deste ciclo, começou a perceber também a grande influência (ou, se preferirem, sincronicidade) entre ele e os ciclos naturais femininos, o fluxo e refluxo das marés e também com vários outros acontecimentos na Terra. Devemos lembrar que, na antiguidade, o homem era muito mais integrado com a natureza e que muitos dos antigos calendários (como aquele dos Maia por exemplo) eram lunares e não solares. Na época em que a humanidade deu ênfase à agricultura, os homens observavam mais os ciclos lunares do que os solares. E as principais religiões antigas desenvolveram cerimônias especiais ligadas ao ciclo lunar. Festividades e rituais eram assim ligados aos ciclos da natureza. A religião da Grande Mãe, a Wicca (que ressurge com força em vários países do mundo) liga seus ritos à Lua, cheia ou nova. É a Alma da Natureza que é celebrada a cada rito. Hécate, Diana, Hathor, Ganesha, eram algumas das divindades lunares reverenciadas pelos povos antigos, algumas das quais persistem até a atualidade. Infelizmente, a ligação do Homem com a Mãe Terra, e conseqüentemente com seus ciclos, está sendo alterada por séculos de comportamento agressivo, ativo, ‘racional’, masculino, que despreza o lado passivo, interior, intuitivo, sensível e ‘feminino' da natureza humana. No entanto, existe um movimento no mundo todo, que busca restabelecer o equilíbrio entre esses dois pólos da natureza humana, através de vários processos que levam as pessoas a obterem uma maior harmonia interior. O esquecimento destes ciclos naturais leva o homem ao desequilíbrio, à doença.

Na astrologia considera-se o Sol como sendo o princípio masculino, ou ÂNIMUS, e a Lua como sendo o princípio feminino ou ANIMA. A LUA, reflexo da luz solar, representa dentro de nossa personalidade a nossa infância, nosso lar materno e nossa mãe. É na infância que se forma e estrutura nossa auto-imagem. O bebê se aconchega no útero materno, dentro de uma bolsa e flutuando no líquido amniótico, útero este que é representado astrologicamente pela Lua. É o elemento água, leite, alimento que está representado na Lua, e a Lua/Mar/Mater é indicativa da fertilidade na mulher. Da Lua o bebê depende para o seu desenvolvimento emocional e sentimental. Assim que o bebê nasce, vai para o colo da mãe para receber calor, alimento e amparo. Se esta mãe o rejeitar, se ela lhe faltar, se ela não o alimentar, ou pior, se ela o agredir e maltratar, o bebê terá sérios problemas psicológicos na fase adulta, mesmo sem ter consciência disso. O subconsciente guardará os fatos na memória psíquica. De fato, a Lua representa o lado psíquico inferior, o EGO e se integra à personalidade da pessoa. Os psicólogos sabem muito bem que os traumas da infâncias ficam escondidos no nosso subconsciente para sempre! Na estrutura da Cabala, a Arvore da Vida, a Lua corresponde à Sefira de Yesod, o Fundamento. É a 9ª Sefira, Depósito de Imagens, Esfera da Ilusão. É nela que se plasma a alma do ser humano antes da materialização.

A Lua é também responsável pela nossa receptividade, pela nossa imaginação, por nossa sensibilidade, pelas nossas reações, hábitos e memórias, pela forma como nos adaptamos ao meio-ambiente e expressamos nossas emoções. O signo ligado à Lua é o signo de Câncer, que indica o sentimento de proteção e nutrição, o lar, a infância. Este signo que marca o Solstício de Verão (Inverno do Hemisfério Sul) foi focalizado na meditação do mês de Junho. O eixo Câncer/Capricórnio representa de um lado a Mãe e do outro o Pai.

Uma outra influência do efeito lunar, e que foi comprovado pela medicina, é aquele que produz especialmente nos hospitais psiquiátricos os surtos das doenças. Na Lua Cheia aumentam os crimes, as crises, os surtos psicóticos. E o que dizer do ciclo menstrual e da duração da gravidez, do parto e do nascimento dos bebês, todos ligados naturalmente ao ciclo lunar? E as marés? Você já notaram que o desenho que o mar forma na praia, com seu fluxo e refluxo, muda conforme o signo em que a Lua se encontra? (Isto foi comprovado por um estudo na Alemanha).

Enfim, todos nós, em maior ou menor grau, ficamos fascinados com a visão da Lua Cheia. Nos tornamos românticos, ou tristes, ou melancólicos, ou saudosos. A Lua estimula enfim, nosso lado mais íntimo, secreto, nossas lembranças e nossa memória. Todos os meses a Lua se opõe ao Sol, no momento em que recebe do Astro Rei o máximo de exposição à Luz, e reflete esta Luz sobre nós. Ela funciona como um holofote, iluminando uma área específica de nossa vida. Atuando à noite, ela focaliza as áreas secretas e escondidas de nossa psique. Do ponto de vista astrológico, o signo onde a Lua se encontra quando ela está Cheia ou quando ela está Nova (lunação), acaba tendo uma importância maior naquele mês específico e nos assuntos representados pelo signo onde se encontra. É como se a Lua focalizasse uma área de nossa vida. Daí, a importância que possuem as Lunações quando são feitas as previsões astrológicas.

Como a Lua é considerada, em astrologia mundial, como sendo representativa do povo, das massas, ela acaba influenciando uma grande quantidade de pessoas (sempre dependendo do signo e dos aspectos que ela forma naquele mês específico). Esta análise é mais usada em astrologia mundial para fazer previsões de eventos que atingem um país específico ou a humanidade como um todo.

A idéia de fazermos as meditações sobre a Lua Cheia, (veja abaixo onde elas acontecem) surgiu ao conversar com minha querida amiga Izabel Telles e com o incentivo do psicólogo Francisco Coelho Filho, que dirigem o Portão Azul, Escola da Sabedoria. As meditações acontecem todos os meses, por ocasião da Lua Cheia (na data mais próxima dentro das 24 horas – raio de influência da Lua). Para a ocasião, preparamos um mapa do céu do momento da Lua Cheia, e explicamos qual é o foco do mês, a partir do signo onde a Lua se encontra, dos aspectos que ela forma, das influências que ela pode exercer no nosso dia a dia. Os presentes fazem perguntas, e levantam questionamentos a partir do assunto (ou dos assuntos) que está sendo focalizado. No final do debate, dirigimos uma pequena meditação, onde os assuntos levantados serão então interiorizados, servindo-nos de ponto de meditação para o mês todo. Nossos encontros duram aproximadamente 1,30 hs, portanto, não ‘roubam’ muito de nosso precioso tempo. Mas o bem estar que os presentes sentem e a tranqüilidade que a meditação propicia, são prolongados durante todo o mês. Assim, nos encontramos em sintonia com o Universo, com nosso sistema Solar e com a Terra e seus ciclos naturais, e nos submetemos à proteção energética da Grande Mãe. Estando em sintonia com ela, podemos encontrar a harmonia e o equilíbrio, tão ameaçados por nossa civilização ‘moderna’. Deste equilíbrio depende a nossa saúde física e emocional.

Esperamos você! Participe!

Datas:
24/07 = Leão (Criação – filhos)
21/08 = Virgem (trabalho - saúde)
21/09 = Balança (Solstício da Primavera = Casamento – Equilíbrio )
21/10 = Escorpião (Sexo – Controle – Morte)
19/11 = Sagitário (ética – moral – justiça)
19/12 = Capricórnio (Solstício de Verão = Carreira = sucesso)

Horário: das 20hs30 às 21hs30

Local: Portão Azul da Sabedoria
Rua Arapiraca 360 – Vila Madalena (Travessa da Rua Natingui)
São Paulo – Tel/Fax: 3034-5469
Email: [email protected]

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo


starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp

Sobre o autor
graz
Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology. grabnn Atende em seu consultório em SP com hora marcada no horário comercial.
5 perguntas Frequentes, visite Canal do youtube e Facebook
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Sabedoria
artigo Quais as deusas que habitam dentro em mim?
artigo Felicidade em suas asas
artigo Coração Ardente II




horoscopo

auravide auravide

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa