Home > Astrologia

Ano novo regido por Marte: O que esperar de 2019?

por Graziella Marraccini

Ano novo regido por Marte: O que esperar de 2019?

Cada vez que se aproxima um novo ano novo surge o questionamento sobre o Regente do Ano, e os esotéricos procuram oferecer orientações a fim de ajudar as pessoas a entrarem em sintonia com as energias cósmicas que irão prevalecer no ano que se inicia. Muitos são os métodos usados e todos eles são válidos, por essa razão existe uma grande liberdade de escolha e cada um irá escolher aquele que mais lhe agradar intuitivamente. Apesar do Ano Novo Astrológico não iniciar no dia 1º de janeiro, não devemos esquecer que existe uma energia coletiva que permeia todo o planeta na medida em que os festejos contaminam as pessoas que com seus brindes e cerimonias criam uma egrégora que influencia toda a humanidade.

De fato, a Astrologia, assim como muitas outras ciências esotéricas, permite várias interpretações que dependem de tradições diferentes que transmitem conhecimentos milenares de sabedoria e tradição e por essa razão todas podem servir de orientação. Com a visão da astrologia ocidental e com base cabalística, tentarei esclarecer algumas das formas usadas para escolher o Regente do Ano.

Alguns astrólogos esotéricos buscam nos antigos Caldeus este conhecimento. Eles se baseiam na chamada "Estrela dos Magos", uma estrela de sete pontas onde são colocados o Sol, a Lua e mais cinco planetas que seguem a ordem dos dias da semana. A sequência em que são colocados os planetas segue uma ordem antiga, como segue:


Os Caldeus utilizavam as regências contando o Ano Zero (ou 1) sempre como sendo o Ano regido pelo Sol. E como encontrar o Ano Zero? Simplesmente dividindo um ano determinado pelo número 7 e obtendo um número de "sobra". Esta sobra é o número correspondente ao planeta regente do Ano. Quando a sobra for "zero" teremos então um ano Solar que iniciará novamente um ciclo. O último ano zero foi 2016, portanto temos Sol, Lua, Marte nessa ordem.

Marte era o deus romano da guerra, equivalente ao deus grego Ares. Filho de Juno e de Júpiter, era considerado o deus da guerra sangrenta, ao contrário de sua irmã Minerva, que representava a guerra justa e diplomática, mais intelectual do que manual. Minerva havia nascido da cabeça de Júpiter. Os dois irmãos viviam às turras e tiveram uma rixa, que acabou culminando numa batalha perto das muralhas da cidade de Tróia. Cada um dos irmãos se defendeu com seu exército e Marte, protetor dos troianos, acabou derrotado. Talvez isso nos indique que a guerra baseada somente na ação sem a razão é fadada ao insucesso. Porém Marte, apesar de bárbaro e cruel, impetuoso e agressivo em suas batalhas, se apaixonou por Vênus com a qual formou um par romântico. Com ela teve um filho, Cupido e teve uma filha mortal, Harmonia, numa reação adúltera com a esposa do deus Vulcano (Deus do ferro e dos vulcões).

O planeta Marte tem o brilho de uma estrela de primeira grandeza, mas sua luz é um tanto avermelhada e em certos períodos pode ser até mais brilhante que o próprio Vênus. Marte encontra-se a uma distância de 228 milhões de quilômetros do Sol e possui um diâmetro de 6.794 km, com um volume 6 vezes menor que o da Terra. O ano em Marte é aproximadamente o dobro do que o terrestre, ou seja, de 687 dias aproximadamente, e seu período de rotação é de 24hs37min. Marte possui dois satélites: Deimos e Phobos e leva 1 ano e 322 dias para fazer uma revolução completa ao redor do Sol sendo o quarto planeta em distância do Sol, entre a Terra e o cinturão de asteroides. Ele aparece como uma estrela vermelha no céu e por essa razão os romanos lhe atribuíram o nome do Deus da Guerra, Marte e isso não é por acaso: em astrologia ele tem analogia com o fogo, com o ferro (que quando enferruja se torna vermelho e que é responsável pelos glóbulos vermelhos do sangue). Seus princípios são a atividade, a energia, a força e o movimento. Ele representa o homem guerreiro, o conquistador, o desbravador, o pioneiro, o homem de ação e de guerra. Marte trará para nós uma energia muito poderosa, que poderá ser usada tanto para o bem quanto para o mal. De fato, foi a descoberta do fogo que permitiu que a humanidade evoluísse acima dos animais. Usando positivamente a energia do fogo nos tornamos criadores, pequenos deuses. Recriamos nosso mundo por meio da ação e podemos tomar as rédeas de nosso destino, especialmente se usarmos essa energia à maneira de Minerva, ou seja, de forma racional! O fogo é fascinante, tanto em seu sentido material quanto no sentido emocional. Ao observar a beleza das instáveis e fascinantes labaredas que ardem podemos compreender essa maravilhosa energia criadora que nos dá a vida. Afinal, nossa estrela maior, o Sol é também uma bola de fogo! Mas se podemos aproveitar a energia e o calor do fogo numa lareira para nos aquecermos ou num fogão para prepararmos nossa comida, também podemos perder o controle deste fogo e então a destruição será inevitável. Nos meses de seca, sabemos quanto é difícil apagar os incêndios que destroem as nossas florestas, muitas vezes iniciados pelas mãos incautas e criminosas de seres humanos! Em 2019 o assunto 'aquecimento global' estará sendo discutido com maior intensidade, mesmo porque o calor e o risco de incêndios devastadores aumentará muito. Aumenta também o perigo de guerras e conflitos mundiais.

E quem nunca queimou sob o fogo de uma paixão? É esse fogo que provoca a libido e o impulso sexual necessário para a geração da vida. Porém, por paixão se mata, por paixão podem ser tomadas atitudes violentas e destruidoras. A energia de Marte ao afetar nosso corpo estimula as glândulas suprarrenais e essas produzem adrenalina, que exacerbam nossos instintos de defesa, tornando-nos agressivos. Se nos tornarmos irados, raivosos e violentos podemos provocar muitos danos seja contra os outros seja contra nós mesmos. Portanto devemos canalizar a adrenalina de forma positiva, seja nos esportes, seja no sexo, seja em qualquer outra atividade física, pois ela pode ser estimulante e benéfica!

Podemos deduzir então que 2019 será um ano de lutas e de guerras, e será também um ano quente que irá evidenciar ainda mais o problema do aquecimento global. O risco de incêndios devastadores nas florestas e o das secas (e consequente falta de água) aumentará no mundo todo, assim como os acidentes de carro, a mortandade por desastres e a violência seja por parte da polícia que por parte dos malfeitores. Não devemos esquecer do sub-regente do ciclo maior de 36 anos, Saturno, que está transitando em seu próprio signo, Capricórnio e que imprime um sub-texto de ordem e contenção com consequente movimentos de tropas e ações militares no mundo inteiro na contenção do violento Marte!
Em nível individual podemos canalizar positivamente essa energia marciana tomando iniciativas que nos ajudem a superar esse período crítico de nossa humanidade. Podemos nos engajar em lutas pela melhoria da qualidade de vida e podemos deixar de ser passivos para nos tornarmos mais participes dos movimentos sociais. Se cada um fizer a sua parte, o Todo se beneficiará, não é mesmo? A atividade física ajuda a canalizar de forma salutar a energia marciana, revigora o corpo, alivia o estresse: então vamos malhar, vamos caminhar, vamos dançar, mexer o corpo! Se soubermos usar toda essa energia de forma positiva, não ficaremos descontrolados e não reagiremos com violência e agressividade às contrariedades e frustrações. Podemos direcionar nossas ações positivamente iniciando os projetos que ficaram engavetados ou aqueles que foram idealizados e não concretizados em 2018. Ao canalizar o excesso de energia marciana de forma positiva, aprenderemos a utilizar nossa força interior, revigorando corpo e mente.

Marte rege a cabeça e a testa, o sistema muscular e viril, os órgãos sexuais externos masculinos, e o impulso sexual - a libido - em ambos os sexos. Governa a biles, o sangue arterial, o sistema de pêlos, a força física, o nariz; sua ação nefasta inicia os processos inflamatórios, causa ferimentos, queimaduras, acidentes, operações cirúrgicas e febres. Sua ação positiva ajuda na regeneração do organismo, dá vitalidade e força física, e regenera os glóbulos vermelhos.

Portanto, concluímos que essa pode ser uma energia saudável se ela for bem canalizada e bem compreendida também em nível psicológico, pois nos incita a romper com velhos padrões, nos liberta de grilhões e amarras, nos empurra à conquista de novos objetivos de vida, novas terras, novas metas, nos leva a desbravar novos horizontes, nos torna ativos e participes. Tomemos cuidado, porém, para não exagerar no impulso, pois toda a ação gera uma reação de igual intensidade e o fogo que geramos, descontrolado, poderá nos destruir.

No reino mineral Marte rege o ferro e o aço e os glóbulos vermelhos de nosso sangue arterial. Suas pedras preciosas são o rubi e a hematita e a sua cor é o vermelho. O cravo vermelho é sua flor principal, mas outras flores vermelhas podem ser usadas nos rituais esotéricos. Na Cabalah lhe é atribuído o número 5 e o seu dia da semana é a 3ª feira. Para atrair sua energia podemos usar vermelho no Reveillon! E quem quiser arder sob o fogo da paixão em 2019, não deixe de usar roupa íntima vermelha e o amor não faltará!

OBS: Atendimento de Tarô pelo telefone ou whatsapp: meia hora para uma visão rápida ou pergunta pontual; uma hora para uma visão mais ampla em todas as áreas de sua vida! Verifique no item VALORES do meu site pessoal para agendamento! Atendimentos personalizados, presenciais ou via internet, de Astrologia, Tarô, EFT*, Mesa radiônica. Site link Email: contato@astrosirius.com.br ou whatsapp 11-96205-1010 para obter mais informações. Pode me seguir também no FaceBook em Graziella Somaschini Marraccini ou em AstroSirius! Assista aos meus vídeos no YouTube. Informe-se também sobre Cursos de Astrologia, Astrologia Mundial, Tarô e Ciências Herméticas, presenciais ou online.

São Paulo, 17 de dezembro de 2018


Consulte grátis
     
 
Compartilhe
   



Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology. faça seu mapa astral Atende em seu consultório em São Paulo com hora marcada no horário comercial.
5 perguntas Frequentes, visite Canal do youtube e Facebook
Para atendimentos e consultas, visite o site pessoal.
Email: contato@astrosirius.com.br
Visite o Site do Autor
Publicado em: 20/12/2018 10:22:16

Veja também
O Patinho Feio
A canção de adeus da alma
Viver o presente ajuda a controlar a ansiedade
Em busca da libertação
Experiência espiritual na plenitude de mente
Apatia coletiva!


Deixe sua opinião sobre este artigo


© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.
As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo do Site.


Energias para Hoje
quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

energia
I-Ching: 58 – TUI – ALEGRIA
É tempo de muita harmonia. O segredo do sucesso é ser alegre e sereno.


energia
Runas: Urus
Creia! As transformações trazem amadurecimento.


16
Numerologia: Interiorização
O dia pede calma e serenidade, leia um livro, ouça uma musica relaxante. Detenha-se nos planos pessoais e no caráter não-material de suas expectativas de vida. Siga o fluxo e faça uma profunda introspecção para descobrir aspectos do seu verdadeiro EU.




Horóscopo

Áries   Touro   Gêmeos   Câncer
 
Leão   Vírgem   Libra   Escorpião
 
Sagitário   Capricórnio   Aquário   Peixes




+ Lidos da Semana anterior
1. Ano novo regido por Marte: O que esperar de 2019?
2. 2019: O ano da Abundância Espiritual
3. O Arcanjo regente de 2019
4. Visualização criativa para experiências fora do corpo
5. Você merece alguém melhor do que eu!
6. O Ano Novo está chegando: o que lhe reserva o futuro?
7. As 5 razões pelas quais você é insegura (e como eliminá-las)!
8. Falando de posturas conscienciais




 
© Copyright 2000 - 2019 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa