auravide auravide

Ano novo, Vida nova


Quantas vezes já vimos cenas terríveis, de catástrofes naturais, de acidentes mortais que envolvem famílias inteiras ou ainda de atos de violência tão gratuitos e sem sentido que nos deixam estarrecidos? Eu fico muito compadecida com a dor alheia, num sentimento chamado de compassividade. Meu coração chora com o sofrimento dos outros e confesso que às vezes deixo de assistir aos noticiários para não me entristecer em demasia. O que posso fazer quando ouço alguém dizer “Perdi tudo, preciso recomeçar tudo de novo”? Me pergunto como farão essas pessoas a encontrar a força de recomeçar. Onde encontrarão o ânimo para poder dar a volta por cima deixando para trás tudo aquilo que construíram? Neste caso, e em muitos outros, onde as desgraças improvisas se abatem sobre inteiras populações ou sobre famílias inteiras, vimos muitas pessoas de coragem que conseguem não somente dar a volta por cima, mas também ajudar os outros a se levantar e o fazem com um sentimento incrível de generosidade.

De onde vem essa capacidade de recomeçar? E essa vontade de ajudar o seu semelhante? Essa força? Eu acredito que essas pessoas envolvidas nesses eventos difíceis são pessoas especiais, ou seja, são pessoas escolhidas. Em minha opinião os escolhidos não são aqueles que parecem ser bem sucedidos, que estão sempre por cima, que tem poder e riqueza, coisas tão valorizadas em nossa sociedade materialista, mas são aqueles que conseguem demonstrar o calor humano, que são capazes de oferecer um ombro amigo, de estender a mão e arregaçar as mangas para ajudar um semelhante menos afortunado a se levantar num momento de crise. Esses são os escolhidos. Na realidade, trata-se de pessoas que escutam o seu Eu interior, pessoas que através das várias reencarnações adquiriram uma consciência humana tão desenvolvida que conseguem pensar no ‘outro’ antes de pensar em si próprios.

Há alguns anos, a humanidade está atravessando um período crucial onde a modificação dos paradigmas herdados do passado estão ruindo e é necessário ‘recomeçar de novo’. No entanto, será também necessária uma volta ao passado para buscar a sabedoria abandonada e depois, à luz destes conhecimentos antigos, será necessária ainda uma reformulação de conceitos e atitudes visando a sobrevivência e a evolução da humanidade. Se sentimos um sentimento de desespero diante de alguns noticiários mais pessimistas, não devemos esquecer que essas são provas e dificuldades naturais que servem para a evolução da espécie humana que está encarnada neste planeta para evoluir espiritualmente.

Em astrologia cabalística, consideramos Saturno como o Senhor da Consciência e eu costumo dizer aos meus clientes que quanto mais Saturno aparece em destaque no seu Mapa Natal quanto maior será a sua responsabilidade no cumprimento de sua missão de vida nessa encarnação. E mais ainda, se esse planeta estiver em retrogradação, devemos concluir que em encarnações passadas fomos irresponsáveis e pouco solidários com as outras pessoas, que fomos egoístas e não conseguimos pensar a não ser em nosso próprio umbigo. E se Saturno ainda por cima fizer um aspecto com nosso Sol, podemos ter certeza de que no passado agimos como pequenos egoístas nos importando somente em acumular bens materiais. Atualmente, Saturno transita no signo de Capricórnio (onde ele ficará ainda até o final de 2020) que ele rege astrologicamente e sobre esse trânsito já escrevi um artigo publicado no meu site link Esse trânsito de Saturno nos obriga a enfrentar essa questão da ‘responsabilidade’ o quanto antes, seja no âmbito individual que no coletivo. Eu costumo comparar Saturno ao grilo falante da fábula de Pinocchio (ou Pinóquio). O grilo falante da fábula representa a Consciência que lembra a Pinocchio suas obrigações, para com o pai Geppetto, ou seja com a família e também com a sociedade, e, por fim, consigo mesmo, procurando instrução e educação sem as quais não irá evoluir. Somente quando Pinocchio terá assumido inteiramente a responsabilidade de seus atos, escutando a voz de sua Consciência, se tornará ‘um menino de verdade’ deixando de ser uma marionete de madeira cujo destino é manipulado pelos outros. Pinocchio fará seu aprendizado através do castigo, através da dor, através do sofrimento. Assim acontece conosco!

Refletindo sobre as transformações profundas que devemos começar a fazer em nosso comportamento desde já, a fim de nos inserirmos como agentes nesta nova sociedade que a Era de Aquário está fazendo surgir, podemos nos perguntar se, nós também, estamos agindo como marionetes, manipulados pela mídia, pela sociedade de consumo, pelo apelo materialista do desejo egoísta, ou se, pelo contrário, estamos aos poucos nos inserindo neste Novo Mundo que surge sob nossos olhos de forma consciente. A meu ver ‘os castigos’ aos quais a humanidade está sendo submetida são advertências do Céu e, enquanto ainda é tempo, podemos mudar esse paradigma. Mas o tempo urge: Urano, que anuncia a Era de Aquário e avança em Touro, nos pressiona o tempo todo. Por essa razão temos a impressão que o tempo nos é roubado, que o tempo voa, e vivemos ansiosos e inquietos diante das transformações que o planeta Terra está apresentando. Precisamos nos unir para encontrar os caminhos da evolução, caso contrário, não sobreviveremos ao caos.

Caro leitor, mesmo se você está passando ou passou por momentos difíceis, comece desde já a agir diferente! Seja mais solidário, mais generoso, importe-se mais com o seu próximo se quiser sobreviver a esse período crucial. Você possui dentro de si uma força vital que se conecta diretamente com a Luz. E somente a Luz Infinita poderá guiar a humanidade para que encontre as respostas necessárias para a superação deste período de superposição de Eras Precessionais. A Era de Peixes termina e a Era de Aquário avança. Mas por enquanto estamos vivendo o caos, e em minha opinião temos pouco tempo para desenvolver a solidariedade, a fraternidade, a generosidade e a compaixão que serão nossos instrumentos de transformação. Elas podem parecer qualidades desprezadas, mas sem elas não haverá futuro.

Portanto, se você está passando por um momento de crise, se está perdido e sem esperança, lembre-se: conecte-se com a Luz que está dentro de você e ela guiará seus passos. Aproveite a renovação energética promovida pela virada do ano para se conectar com o seu Eu interior. Escreva num papel suas metas e desejos para o Ano que se inicia e tenha fé e o milagre acontecerá. Ele se materializa através ‘despertar a consciência’. O Zohar (livro sagrado da doutrina judaica) afirma que tudo o que existe é milagre. Ou seja, a manifestação da Luz do Criador é simplesmente ‘o milagre’. No entanto, o despertar da consciência é para poucos: muitos vivem adormecidos ou vivem como ‘Pinocchios’. Para criar milagres, precisamos nos conectar e assumir nossas próprias responsabilidades, reconhecê-las em cada ato, cada escolha, cada palavra que pronunciamos. Ano Novo, novos desejos, novas ações, novas atitudes!

São Paulo, 26 de dezembro de 2018


estamos online

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1




graz
Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology. grabnn Atende em seu consultório em SP com hora marcada no horário comercial.
5 perguntas Frequentes, visite Canal do youtube e Facebook
Visite o Site do Autor


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa