Home > Astrologia
Astro medicina: A Asma

Astro medicina: A Asma

por Graziella Marraccini

'Tudo tem fluxo e refluxo; tudo tem suas marés; tudo sobe e desce; tudo se manifesta por oscilações compensadas; a medida do movimento à direita é a medida do movimento à esquerda; o ritmo é a compensação' O CAIBALION

O ato de respirar não é um movimento voluntário, e portanto não pode ser controlado, pelo menos não inteiramente. Neste ritmo de 'tensão e distensão', de tomar e dar, é que acontece a troca necessária para que o oxigênio entre em nossa corrente sangüínea, permitindo a nossa própria existência.

Entre as doenças respiratórias, aquela que mais apresenta sintomas psicossomáticos é a asma. Ela se manifesta com uma falta de ar repentina e com uma respiração típica que se parece com um assobio. Ela pode ser provocada seja por uma inflamação das vias respiratórias, que por uma espécie de inchaço alérgico dos pulmões, com secreção ou não de mucosa.

Para a pessoa que sofre de asma bronquica, alérgica ou não, o ataque de asma se parece muito com uma espécie de sufocação, e que provoca uma luta desesperada para conseguir respirar e, especialmente, expirar.

O asmático porém, tem para si vários problemas como:

Tomar e dar. Muitas vezes o asmático respira muito profundamente, guardando o ar, que sobrecarregam os pulmões, causando assim uma cãibra respiratória. O paciente deve aprender a lei da polaridade de forma a equilibrar a entrada e a saída do ar. Querendo tomar muito, acaba sobrecarregando os pulmões que não conseguem mais receber o ar puro de que ele tanto necessita. Desta forma ele retém o gás carbônico que deveria expirar e acaba se envenenando sozinho. O tomar sem dar leva a uma sensação de sufoco. O equilíbrio entre o tomar e o dar, deve ser buscado em todos os sentidos, seja de dinheiro, que de sabedoria, conhecimento, fama, etc. Não esqueçam que recebemos na medida em que damos, se paramos de dar, tampouco poderemos receber.
Desejo de domínio. O asmático tem uma necessidade muito grande de exercer o seu domínio, que porém não quer confessar nem a si próprio. O inchaço dos pulmões é devido a esta pretensão de domínio e esta arrogância interior que ele tenta retirar de sua consciência. Quando ele enfrenta uma pessoa que, como ele, quer dominar o outro ou quer exercer o seu poder sobre um inferior, ele fica como que bloqueado pela confrontação, e não consegue mais expirar, sentido 'falta de ar'. Na realidade, o asmático danifica a si próprio somente para exercer o domínio sobre os outros, é claro de forma inconsciente. Este domínio começa com os animais domésticos (que são culpados pela sua falta de ar e portanto devem ser eliminados) e chega aos grãos de poeira, às alergias ao fumo, ar condicionado, etc. O ataque asmático é somente uma demonstração do desejo de domínio e da arrogância do doente. Na realidade, ele deveria aprender a aceitar conscientemente a sua inferioridade, ou sensação de inferioridade, em relação aos outros. Enchergar a sua própria limitação e aceitá-la já é o caminho para a cura. Se ele está com raiva do mundo ou de alguém, deve aprender a manifestar verbalmente a sua agressividade. O componente alérgico ligado à asma demostra claramente esta agressividade não manifestada.
Desejo de isolamento. Podemos provocar a asma numa pessoa fazendo-a inalar amoníaco. Num determinado momento, a pessoa irá bloquear o diafragma, ocasionando uma bronco-constrição e uma secreção das mucosas. Este é um reflexo involuntário, que deseja impedir a entrada de algo nocivo, vindo de fora. No caso do amoníaco, o reflexo é no sentido de conservar a vida. Da mesma forma, o asmático percebe como perigosas algumas substâncias mais simples e inócuas, que existem no ambiente onde vive. Daí o componente alérgico da manifestação asmática. A impressão de sufoco, que impede ao doente de dilatar os pulmões e de expirar, é devido ao medo de querer deixar entrar em nós algo indesejado. Daí a necessidade de isolamento, que pode levar o asmático até a morte. Este perigo de morte, também é importante para o asmático, que a utiliza para chantagear os outros, já que dificilmente a asma é uma doença mortal.
Recusa de encarar os lados obscuros da vida. O paciente asmático gosta daquilo que é limpo, claro, estéril, e tem medo portanto do escuro, do sujo, e do desconhecido. Ele é normalmente um paciente do signo de Ar, e de qualquer modo, como já falamos, ligado aos signos governados por Mercúrio. É um ser racional, e não aceita nada que não seja claramente analisado pelo seu intelecto. Até a sexualidade, que pertence a um polo oposto que ele não quer assimilar, é levada para o peito, que desta forma produz uma grande quantidade de mucosa, mais relacionada aos órgãos sexuais em estado de excitação. A secreção é expelida pela boca, e devemos lembrar-nos aqui da relação (o que está embaixo é como o que está em cima) entre a boca e os órgãos sexuais. A necessidade de ir para os lugares elevados, como as montanhas, é uma necessidade de busca de um ar 'mais puro', longe dos vales férteis onde a vida se reproduz. Nos cumes mais altos existe somente a vida mineral. As vezes até o mar é salutar ao asmático, porque nele a vida mineral é mais evidente que a vida animal, escondida em suas profundezas.
Na realidade devemos concluir que o asmático tem uma grande necessidade de amor, mas não aprendeu a dar e receber. De que forma ele pode se ajudar?

Sendo honesto consigo mesmo e se perguntando: Onde quero 'tomar sem dar'? Será que posso encarar honestamente minha agressividade? Em que campo me sinto inferiorizado? O que eu considero sujo e pouco nobre e o que quero evitar?

O único remédio contra o medo (que restringe) é a abertura, vinda da honestidade consigo mesmo.




Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   Numerologia  
 
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp


Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação: 5 | Votos: 2
Atualizado em 03/09/2011 06:52:32

Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology. faça seu mapa astral Atende em seu consultório em SP com hora marcada no horário comercial.
5 perguntas Frequentes, visite Canal do youtube e Facebook
Para atendimentos e consultas.
Email: contato@astrosirius.com.br
Visite o Site do Autor

Veja também
4 segredos sobre uma DR de sucesso!
Permita-se ficar vulnerável
CRISPR: Evolução artificial
Não conheço o horário de meu nascimento...
Umbanda - A alegria dos filhos de fé
Adeus aos preconceitos!


Deixe sua opinião sobre este artigo


© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.
As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo do Site.


Energias para Hoje
domingo, 17 de novembro de 2019

energia
I-Ching: 18 – KU – A REAÇÃO
Agora é o momento certo para deixar de hesitar e agir. Energia e boa vontade são indispensáveis.


energia
Runas: Raidho
Analise novas oportunidades, mudanças para melhor.


17
Numerologia: Finanças
Dia de disciplinar, organizar, estabelecer planos, ser prudente e enxergar longe. Procure progresso e o atrairá, esteja alerta para possibilidades de ganhos, pois as oportunidades surgirão.




Horóscopo

Áries   Touro   Gêmeos   Câncer
 
Leão   Vírgem   Libra   Escorpião
 
Sagitário   Capricórnio   Aquário   Peixes





 
© Copyright 2000 - 2019 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa