Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Como vou saber se estou no caminho certo?

por Graziella Marraccini
Como vou saber se estou no caminho certo?
Publicado dia 05/08/2020 00:01:39 em Astrologia

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Na semana passada, publiquei um artigo onde mencionei os efeitos do planeta Netuno (como o naufrágio do navio Costa Concordia e outros naufrágios recentes) que em fevereiro entra definitivamente e, nos próximos doze anos, no signo de Peixes. O mergulho de Netuno (Poseidon para os gregos) no reino onde ele é soberano não acontece neste momento por puro acaso. Como tudo no universo, aquilo que acontece em nosso planeta é causado por aquela sincronicidade fantástica que só é explicável quando a gente conhece o movimento do relógio cósmico. Por essa razão, a astrologia é chamada de "Relógio do Destino". No nosso universo, nada é devido ao acaso, pois tudo é regido pelas Leis Herméticas, ou Sete Leis da Sabedoria (link final do texto). Por mais que a gente não tenha pleno conhecimento dessas Leis que regem a manifestação da matéria, podemos reconhecer o fluxo das energias em manifestação num determinado momento e canalizá-las para usá-las a nosso favor. Apesar de nosso Livre-Arbítrio ser limitado, já que não modificamos o fluxo energético do Todo, podemos nos encaixar nesse fluxo em manifestação e, em nosso reduzido campo de atuação, aproveitar-nos dele positivamente. Não precisamos ser vítimas do destino.

No caso que analisamos atualmente, (o mergulho de Netuno em Peixes), devemos primeiramente compreender o arquétipo para depois colocá-lo no contexto do signo e, finalmente, na casa astrológica correspondente no nosso mapa. Netuno é o Senhor dos Mares. A ele foi atribuído o domínio das profundezas oceânicas onde ele permanecerá nos próximos doze anos aproximadamente. Mesmo quando parece tranqüilo na superfície, o mar é misterioso, insidioso, inquieto, e pode passar de calmo a agitado de um momento para o outro. O mar que ocupa dois terços da superfície do nosso planeta e que deu origem à vida, dá-nos o peixe que comemos, oferece-nos lazer e prazer, mas também engole navios e tesouros e se revolta em tsunamis furiosos tanto mais inexplicáveis que imprevisíveis!

A ação desse planeta ao qual se atribui a regência do signo de Peixes (último dos doze signos zodiacais) pode promover vícios e virtudes, sonhos e ilusões, criatividade e inspiração e até genialidade, mas como é difícil de dominar! Os piscianos que o digam! Regidos por esse planeta, podem passar do riso ao choro, da euforia à decepção, da generosidade ao egoísmo, da esperança ao desespero em poucas horas. Por essa razão, os piscianos são tão vulneráveis, inconstantes e sonhadores. Netuno, chamado de Solvente Universal, dissolve as fronteiras que separam as pessoas umas das outras e solta o controle rígido que sustenta nossas defesas. Netuno é a antítese de Saturno, pois derruba os muros que são as defesas que costumamos erguer para nos proteger e permite que aquelas partes da psique que mantemos sob controle, soltem-se e aflorem, chegando à superfície. Por essa razão, sua energia é tão criadora e é dela que se nutrem os artistas!

Então, caros leitores, já refletimos sobre como Netuno age na coletividade, não é mesmo? O recado é este: chegou o tempo da humanidade se preocupar com as águas, mares, oceanos, rios que são a fonte de nossa vida! Porém, como Netuno age sobre nós, como indivíduos? Como Netuno passa doze anos num signo, ele influencia toda uma geração, por isso, é considerado um planeta coletivo. No entanto, ele também age sobre cada um de nós, de forma positiva ou negativa. Tudo vai depender de nós, de como faremos o aprendizado "netuniano".
Sob sua ação, passamos o limite da realidade e entramos no reino espiritual, equilibramo-nos no abismo entre a matéria e o espírito, lá onde se divide a razão lógica da imaginação e da inspiração.

Netuno é um planeta 'invisível', pois está envolto numa nuvem de gás que impede que vejamos o seu solo. Por essa razão, ele influencia o 'invisível' de nossa mente, nossas faculdades psíquicas e com sua ação nos 'tira da real'! Isso me lembra o mito de Dionísio, o Deus grego do vinho e da poesia. Dionísio costumava reunir os seus devotos seguidores em orgias regadas a vinho e os deixava bêbados. Os efeitos intoxicantes e libertadores do vinho (o álcool relaxa as defesas) fazia com que eles se abandonassem, levados por sentimentos de enlevo, êxtase e euforia, e deixavam de lado aquelas regras e limitações (Saturno) que normalmente norteavam suas ações. É dessa forma que Netuno age sobre nós! Dionísio, sob os eflúvios do álcool (atualmente tem outras drogas igualmente poderosas) se fantasiava, vestindo-se com peles de animais, e promovia orgias com mulheres e vinho. Igualmente, sob o trânsito de Netuno e, especialmente, se ele está em aspecto de tensão com os luminares, podemos descobrir que nosso mundo está desmoronando, que as estruturas e apoios sobre os quais construímos nossa 'segurança' estão desaparecendo, e o controle de nossa vida nos escorrega das mãos. O efeito pode ser assustador! Pode ser também muito difícil aceitar que seu Eu Interior está precisando desse aprendizado, no entanto, tenham certeza que essa 'dissolução de fronteiras' é útil para o crescimento espiritual. Do mesmo modo que Dionísio, que teve seu corpo despedaçado pelos Titãs (Saturno era um Titã) e renasceu novamente graças à ajuda de Atena que deu o seu coração recuperado a Zeus (Júpiter) que lhe devolveu a vida, podemos renascer, mesmo se formos despedaçados. A esse propósito, lembremos que Júpiter era o antigo regente do signo de Peixes antes do descobrimento de Netuno.

Caros leitores, sob a ação de um trânsito de Netuno, morremos e renascemos várias vezes! Porém, mesmo se somos reduzidos em pedaços, encontraremos dentro de nós a essência que nos devolverá a vida! A centelha divina que reside em nosso coração nos fará renascer. Não é uma imagem maravilhosa essa que nos oferece a mitologia? O que nos salva e nos oferece a chance de renascimento é o coração, ou seja, nossa essência divina. Ou seja, é em nosso Chakra Cardíaco que reside nossa redenção! Os sentimentos de generosidade, compassividade, amor ao próximo, deverão ser as ferramentas para nosso renascimento e se as usarmos adequadamente saberemos, em nosso íntimo, que estamos no caminho certo para nossa evolução espiritual.

Continuarei as reflexões sobre os efeitos deste planeta em nossa vida, nos próximos artigos, mas aqueles que desejarem se aprofundar no autoconhecimento, oferecido pela astrologia, podem aproveitar a promoção especial (pacote Mapa Natal + Previsão Anual ou Previsão Anual + Revolução Solar) que permanecerá válida até final de fevereiro e pedir uma análise personalizada. Visitem meu site pessoal - link - e informem-se sobre as várias consultas.

Desejo que o Amor inunde o seu coração e acompanhe seus atos a todos os momentos do dia!
São Paulo, 24 de janeiro de 2012




Leia Também

As sete leis da sabedoria ou os Princípios Herméticos - Parte 1


Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp

Sobre o autor
graz
Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology. grabnn Atende em seu consultório em SP com hora marcada no horário comercial.
5 perguntas Frequentes, visite Canal do youtube e Facebook
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Transcomunicação Instrumental
artigo A liberdade de ser
artigo Você sabe quais os benefícios de um atendimento de radiônica?
artigo Do Oran Mor aos corações apaixonados pela Luz





horoscopo


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa