auravide auravide

Deixe Deus fora disso!

por Graziella Marraccini
Publicado dia 19/06/2008 13:37:14 em Astrologia

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Ouvi essa frase essa semana numa entrevista na Rádio. “Deixe Deus fora disso e resolva seus problemas sozinho”, dizia o entrevistado. Como deixar Deus fora da minha vida? Eu tenho fé, oro todos os dias, sinto-me conectado com Deus e quando tenho alguma dificuldade, peço ajuda a Deus. Como deixá-Lo de fora?

Essa frase ecoou em minha mente por alguns dias e me fez refletir muito. A fé, a meu ver, é uma coisa inexplicável! E como diz o ditado popular: a fé remove montanhas. Quem não crê em Deus, quem não tem fé, não pode explicar o que sente dentro de si. No entanto, vejo que muitas vezes as pessoas acham que a fé vai resolver todos os seus problemas e por essa razão ficam ali, inertes, sentadas no sofá da casa com o terço ou o santinho na mão esperando que o maná caia do céu! É Deus daqui, Deus dali e nada de levantar do sofá! Esperam que tudo se resolva num passe de mágica e que a grande virada aconteça sem sua participação, sem que façam o mínimo esforço! Vamos lá, minha gente, Deus não tem tempo de resolver nossos problemas! Se a noção que temos de Deus é aquela de um velho barbudo, sentado no seu trono no céu, à espera de receber nossos pedidos, como um Grande Pai capaz de nos tirar das enrascadas, então estamos muito errados. Deus não é nada disso. Deus é o Todo! (saibam mais sobre as Leis Herméticas no Site). Ele está dentro e fora de nós, pois tudo o que existe é Deus! Nós e Ele Somos UM. Portanto, procuremos dentro de nós a solução para nossos problemas.

As atitudes daqueles que baseiam a solução de seus problemas somente em sua fé demonstram, no mínimo, uma infantilidade. A criança, quando pequena, acredita que o pai seja a solução para tudo o que ele precisa na vida. É naquela mão grande do pai que a criança conta para guiá-lo e é naquele ombro largo que conta para ampará-lo. O Pai é sustento, esteio, é guia.
No entanto, a criança deveria aprender enquanto cresce que precisa ter responsabilidade e assumir a conseqüência de seus atos e deveria aprender os valores morais e aqueles outros tantos valores e costumes que sustentam nossa sociedade. Somente assim se tornará apta a enfrentar as dificuldades da vida e também poderá apreciar suas vitórias, suas conquistas.

O paternalismo só faz mal para as pessoas, pois as habitua a pedir esmolas e a não fazer nada para conquistar com esforço próprio. O paternalismo está muito presente em nossa sociedade nas atitudes de alguns políticos, mas, ao mesmo tempo em que serve para amparar os menos favorecidos nas carências mais urgentes, podemos concluir que produz inércia e acomodação. De nada adianta dar o peixe se não ensinamos a pescar! Logo o peixe acaba e a fome volta e, então, estende-se a mão novamente, esperando receber mais peixe. Por isso, não esperem o peixe de Deus, mas esperem o anzol que irá ajudá-los a pescar!

Muitas pessoas têm essa noção paternalista de Deus. Estendem a mão, enchem as igrejas e os templos prostrados em orações, mas não percebem que essa ajuda que esperam de Deus virá somente de seu interior. Eles não percebem que o peixe está à sua disposição, basta aprender a lançar o anzol.
Vejo constantemente no meu consultório pessoas que se queixam e se lamentam e têm dificuldade para perceber que é sua ótica paternalista que não as está ajudando.
É verdade que, às vezes, alguns mapas me mostram claramente que a pessoa tem uma encarnação difícil. Chego a ter pena de certos seres encarnados que vieram com missões especialmente difíceis e procuro orientá-los em sua tarefa dentro de minhas humildes possibilidades. Mas Deus manda o frio conforme o cobertor, não é mesmo? Portanto, temos o frio que merecemos ou que pedimos e é este ‘frio’ que nos fará evoluir espiritualmente, que nos ajudará em nossa caminhada neste corpo terreno.

Nascemos num determinado momento astral e, conseqüentemente, teremos um determinado caráter, que será como um DNA da alma, pré-determinando nossa forma de enxergar a vida. Devemos ter isso sempre em mente para nortear nossos pedidos a Deus. “Deus, mande o que é melhor para mim!”. Este deveria ser o pedido. Mesmo quando não entendemos a razão de uma dificuldade que enfrentamos, devemos ter certeza que ela nos foi enviada por uma razão bem precisa: nossa evolução espiritual. Em face de uma dificuldade qualquer, as pessoas reagem de forma diferente: o ariano terá uma atitude mais agressiva e ativa do que um pisciano que pode entrar em depressão, diante de um problema que não consegue resolver. Porém, isso não quer dizer que um é melhor do que o outro. Isso quer dizer somente que um é ‘diferente’ do outro e que ambos enxergarão o mesmo problema com óticas diferentes. Essa ótica é principalmente determinada pelo signo solar, pelo signo lunar, pelo ascendente, pelos planetas regentes, pelos planetas nas casa e seus aspectos, enfim, por tudo aquilo que está ali, retratado em seu mapa natal e que pode ser interpretado por um astrólogo competente.

Tenham certeza, caros leitores, que são nossas escolhas que determinam nosso destino. A astrologia, como uma verdadeira ciência milenar que é, nos ajuda a decifrar qual é este destino e nos indica quando os acontecimentos indicados no nosso mapa irão acontecer. Por isso podemos dizer que a astrologia é o relógio do destino.
Com isso, não quero dizer que a fé não promove milagres! Eu creio profundamente que a oração e a fé podem nos ajudar a superar nossas dificuldades, nos ajudam a superar uma dor, uma perda, nos ajudam a enfrentar um abandono, uma desgraça, pois a fé, com a força da oração, movimenta uma enorme quantidade de energia que pelo poder da atração irá atrair para nós coisas positivas.

Quem é otimista e encara as dificuldades com coragem e bom humor tem mais chances de superá-las. Quem, perante um altar, uma imagem de santo, ou em íntimos momentos de meditação, consegue afastar a negatividade de seu cérebro, tem mais chances de sair vitorioso da batalha.
Por essa razão, não devemos nos deixar abater por pensamentos negativos que normalmente são fruto de condicionamentos recebidos na primeira infância. A atitude positiva dos pais (não a atitude paternalista) ajuda a criança a ter confiança em si e a ter atitudes positivas perante a vida.
Lembremos que o Amor é o grande ‘ímã’ capaz de atrair para nós todas as bênçãos que merecemos. O universo é um grande ato de AMOR.
E se o Amor é algo recíproco, devemos também sentir esse enorme amor dentro de nós para atrair o amor que vem do universo. Precisamos fazer um esforço diário, insistir, não desistir nunca, não esmorecer, pedir, pedir, pedir, sim, mas também, arregaçar as mangas e ir à luta! E, por último, devemos agradecer, agradecer, agradecer pelo Amor que recebemos de Deus todos os dias. Essa semana, vamos nos conectar com essa Luz divina expandindo nosso Amor por Deus e por sua Criação em todas as formas e pedir a iluminação para conseguir enxergar a solução para nossas dificuldades. Sejamos gratos a Deus por tudo o que nós já possuímos. Agradeçamos o dom da vida como sendo o bem mais precioso de todos, pois ele nos oferece a possibilidade de evoluir espiritualmente.



O Gênio Cabalístico que irá nos ajudar nesta tarefa é a 63ª manifestação de Deus: ANUHEL cujo nome significa “Deus Infinitamente Bom”. O salmo de oração é o nº 2. Façam sua oração com fé e com amor, mas, não se esqueçam de fazer a sua parte!

Uma semana cheia de Luz Divina!
São Paulo, 17 de junho de 2008



estamos online

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  



Sobre o autor
graz
Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology. grabnn Atende em seu consultório em SP com hora marcada no horário comercial.
5 perguntas Frequentes, visite Canal do youtube e Facebook
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa