auravide auravide

Eclipses de 2011


Geralmente acontecem a cada ano 4 eclipses, porém, este ano, excepcionalmente teremos 4 eclipses solares parciais e dois lunares totais, num total de 6. Alguns eclipses são menores, ou parciais, outros são totais. Um eclipse do Sol é um fenômeno de rara beleza, privilégio dos seres que habitam o Planeta Terra. Trata-se do resultado de uma interessante coincidência entre as dimensões do nosso satélite natural, a Lua, e a distância à nossa estrela, o Sol. A Lua tem um diâmetro de aproximadamente 3.476 km e encontra-se a uma distância média de 384.400 km da Terra. O Sol, que tem um diâmetro de 1.392.000 km (cerca de 400 vezes maior do que a Lua), fica a uma distância de 150 milhões de km, ou seja, aproximadamente 400 vezes mais distante do que a Lua. Como conseqüência, os diâmetros aparentes do Sol e da Lua, vistos a partir da Terra são muito próximos. Um eclipse ocorre sempre que a Terra, a Lua e o Sol estão perfeitamente alinhados. Os eclipses solares podem ser totais, parciais ou anulares.

Os eclipses lunares sempre foram considerados maléficos, pois estimulam ao máximo o lado psíquico da mente humana. A Lua sempre foi relacionada com as cerimônias de magia especialmente em épocas antigas quando os homens viviam mais em comunhão com nosso planeta e buscavam despertar com as cerimônias lunares a fertilidade da terra que cultivavam e que lhes dava alimento. Para que o eclipse lunar ocorra, é necessário que a Terra projete sua sombra sobre a Lua que vai perdendo seu brilho aos poucos. Para que isso ocorra é necessário que o alinhamento entre a Terra, a Lua e o Sol sejam exatos. Torna-se igualmente necessário para este efeito que tanto a Terra como a Lua estejam posicionadas na linha dos nodos. Se assim acontecer temos reunidas as condições necessárias para a ocorrência de um eclipse. Se todo este alinhamento especial acontecer quando a Terra está entre o Sol e a Lua, observando-se a fase lunar de Lua cheia, acontece um eclipse lunar total que pode ser acompanhado por todos os observadores posicionados num mesmo hemisfério da Terra em que seja noite.

Se o posicionamento da Lua ou da Terra não estiver exatamente na linha dos Nodos, (nó lunar norte ou sul) desde que não haja um desvio muito significativo, deixaremos de ter a possibilidade de observar um eclipse lunar total, podendo observar um eclipse parcial ou penumbral. Temos então três tipos possíveis de eclipses lunares: totais, parciais e penumbrais.

Os eclipses lunares mexem como nossas emoções e recordações do passado e nos indicam que devemos abandonar antigas crenças, apagar mágoas, esquecer rancores do passado voltando nossos olhos para o futuro onde encontraremos a Luz solar a iluminar nosso caminho. Voltando nosso pensamento para o futuro encontraremos novos caminhos a percorrer, poderemos iniciar novos projetos de vida, muitas vezes 'empurrados' por algum acontecimento que o destino nos prepara. Este é um momento ideal para apagar o EGO e ativar o EU INTERIOR através de meditações. Em mundial, os eclipses lunares indicam um aumento dos atos de rebelião, como greves, invasões, fugas, e acontecimentos que envolvem uma grande quantidade de pessoas, incluindo desastres naturais.

Os eclipses solares também podem ser parciais, anulares ou totais, dependendo da posição da Terra e da Lua que, neste caso, se coloca 'no meio' do caminho entre a Terra e o Sol. Os eclipses solares podem marcar acontecimentos políticos importantes, já que 'eclipsam' de alguma forma as figuras importantes e de destaque desses países. Podem ocorrer mortes de chefes de estado, exílio de figuras de destaque e até revoltas e revoluções.

Seja os eclipses solares que lunares indicam uma confrontação entre passado e futuro, ou entre emocional e racional.

ECLIPSE SOLAR PARCIAL EM 4 DE JANEIRO DE 2011

O primeiro eclipse de 2011 acontecerá em 04 de janeiro quando o nó lunar ascendente se encontrará na constelação de Sagitário e o Sol e a Lua estarão alinhados a 14º de Capricórnio. Ela será visível na maior parte de Europa, África do Norte e Ásia central. A sombra penumbral da Lua, interposta entre a Terra e o Sol, atingirá a superfície da Terra no norte da Argélia às 06h40 da manhã, se deslocando para a Europa - Madrid, Paris, Londres e Copenhagen, já nas primeiras horas do dia. O eclipse atingirá seu auge na Suécia por volta das 08h50 (UT).

No Brasil, não veremos este eclipse podendo deduzir que os acontecimentos mais importantes acontecerão principalmente nos países acima indicados. A Lua estará formando uma quadratura com o planeta Saturno indicando um momento de grande importância para o estabelecimento de raízes novas e alicerces firmes para aquilo que queremos colher em 2011.

Logo após o eclipse, ocorrerá uma conjunção exata entre Júpiter e Urano em marcha direta no signo de Peixes que ambos deixarão nos próximos dias. Podemos então supor que este movimento direto servirá para infundir esperança e alivio para os nossos projetos futuros.ECLIPSE PARCIAL DO SOL EM 01º DE JUNHO DE 2011

Este eclipse solar acontece com o nó descendente lunar e o Sol e a Lua alinhados no signo de Gêmeos. Novamente, ele será visto somente no hemisfério Norte, começando na Sibéria e norte da China por volta das 19h25 (UT). O Eclipse será visível também no Alaska, Canadá e Nova Escócia poderá ser visto, assim como na Islândia, no máximo de magnitude. Depois irá se deslocando até a Finlândia, Noruega e Suécia.

ECLIPSE LUNAR TOTAL DE 15 DE JUNHO DE 2011

O primeiro eclipse lunar de 2011 ocorrerá com o nó lunar na constelação de Touro e com o nó norte da Lua adentrando a parte sul de Ofiocus a 7º graus a nordeste da mais brilhante nuvem de estrelas de Sagitário. Estando a Lua e o Sol alinhados com Aldebaran no signo de Gêmeos. A Lua passará na parte mais profunda da sombra da Terra durante um tempo muito longo, que durará até 100 minutos! Este eclipse não será visível no Brasil a não ser parcialmente conforme mostrado na figura. A Lua entra na sombra da terra às 17h25 (UT) e sai da sombra às 23h00 (UT). Muito provavelmente este eclipse, visível no hemisfério norte, deixará particularmente visível a Via Láctea e principalmente algumas estrelas importantes como Antares, Arturus e Altair.

ECLIPSE SOLAR PARCIAL DE 1º DE JULHO DE 2011

Uma lunação apenas após a anterior acontece o terceiro eclipse solar do ano. Com o nó descendente da Lua ao oeste da constelação de Gêmeos e a Lua e o Sol se alinhando a 9º do signo de Câncer. Este evento estará visível no Oceano Antártico ao sul da África. O apogeu do eclipse acontece às 08h38 (UT). É possível que este eclipse não seja visto por ninguém já que acontece em areas tão remotas e inóspitas de nosso planeta!

Outro eclipse solar parcial acontecerá em 25 de novembro de 2011. Este será o quarto eclipse solar de 2011 e ocorrerá com o nodo ascendente lunar ao oeste da constelação de Escorpião e com a Lua e o Sol em alinhamento no signo de Sagitário. O eclipse será visível no hemisfério sul incluindo parte da áfrica do Sul, a Antártica, a Tasmânia e parte da Nova Zelândia. O ápice do eclipse acontecerá às 06h20 (UT) e será o maior do ano.

ECLIPSE LUNAR TOTAL DE 10 DE DEZEMBRO DE 2011
O ULTIMO ECLIPSE DE 2011 SERÁ VISIVEL EM TODO O BRASIL.


A Lua e o Sol estarão alinhados a 2 º graus do signo de Sagitário e o nó lunar na constelação de Touro e a 14º do signo de Gêmeos. A trajetória orbital da Lua atravessa a metade inferior da sombra da terra. Apesar deste eclipse não ser central, ela levará até 51 minutos. O eclipse iniciará em penumbra às 11h30 UT e terminará às 17h30 e será visivel na Europa, Africa, Asia, Australia e ilhas do Pacífico. Outros países terão uma visão parcial. O Brasil não verá o eclipse. A estrela Antares estará em alinhamento com o Sol e com a Lua e as estrelas Algool, Aldebaran, Alcione, Beltegeuse, Pollux e Capella estarão particularmente visíveis.
Certamente que este eclipse estará influenciando com eventos climáticos e coletivos importantes nesta parte do mundo.

São Paulo, 3 de janeiro de 2011


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


graz
Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology. Conheça meus serviços on-line
5 perguntas Frequentes, visite Canal do youtube e Facebook
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Astrologia clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa