auravide auravide

Júpiter em Escorpião - Não cometerá excessos!


Recebi alguns e-mails de leitores ansiosos para que eu escrevesse um artigo sobre o trânsito de Júpiter no signo de Escorpião. Júpiter ingressou no signo de Escorpião em 31 de outubro de 2005 e ficará neste signo até 25 de novembro de 2006. Ele estará em (Os planetas podem, em determinadas posições da órbita terrestre, de onde observamos, movimentar-se aparentemente para trás na volta celeste, mas na realidade um planeta nunca move-se para trás. Astrologicamente as questões regidas pelo planeta em questão manifestam contrações ou atrasos em seu desenvolvimento ) retrogradação(*) de 05 de março (em 18°) a 06 de julho, (em 8°59’) e retornará então em marcha direta. Quando em retrogradação, sua ação será mais lenta e mais difícil de ser controlada. Vamos primeiro falar da energia gerada por esse planeta que, para muitos astrólogos, é considerado benéfico. Na realidade, a energia jupiteriana é uma energia de expansão. Ela nos ajuda a superar os limites, a ir além. Bem ao contrário da energia gerada por Saturno, regente de 2006, e do qual falaremos em breve. Júpiter também simboliza nossos relacionamentos. Sim, porque quando nos abrimos para o mundo ‘lá fora’, estamos ampliando nossos horizontes além das nossas fronteiras e podemos desta forma conhecer muitas coisas que estariam limitadas ao nosso pequeno mundo, se não ousássemos derrubar os muros que nos limitam.

Júpiter é regente de Sagitário, Casa IX do Zodíaco, assim como é co-regente de Peixes (Casa XII). Ele tem como princípios energéticos o desenvolvimento da sabedoria, o princípio da expansão, da generosidade, da capacidade de julgar de forma justa e coesa. Ele empurra as pessoas para o alto, para fora. Na mitologia ele é representado por um centauro, meio homem e meio cavalo. Esse arquétipo simboliza que o homem, em sua busca para o desenvolvimento espiritual, precisa controlar o seu lado animal (inferior) onde a matéria com seus quatro elementos o mantém subjugado. O arqueiro tem em suas mãos um arco e uma flecha que aponta para o alto, para onde sua mente deseja ir. Simboliza os alvos a serem conquistados e representa aquela necessidade interior que nos leva a superar nossos limites em muitas áreas da nossa vida. Por essa razão esse planeta rege as carreiras liberais, como a advocacia e as religiosas, e ainda aquelas que elevam aos altos cargos administrativos e jurídicos, tendo analogia com a filosofia de maneira geral. Ele também rege os esportes coletivos, os jogos de azar, os esportes radicais. (Esse ano será ano de Copa do mundo e tomara que nenhum atentado venha a atrapalhar essa grande festa do esporte)!

As qualidades próprias desse planeta são: a generosidade, a liberalidade, a tolerância, a sabedoria, a filantropia, a franqueza de caráter, a grandeza de alma, a jovialidade e a alegria, assim como a religiosidade e o respeito pela ordem estabelecida.
Os defeitos que lhe são atribuídos são: a ostentação, as ações ilegais, o contrabando, o orgulho, a hipocrisia, a arrogância, a dificuldade de aceitar limites e leis. No nosso corpo, ele rege a circulação arterial do sangue, o fígado, o pâncreas e o sentido do olfato.
È claro que essas são atribuições gerais e não devem ser tomadas ao pé da letra, já que muitos são os fatores em jogo quando se trata de julgar a ação energética de um determinado planeta sobre nosso mapa natal. De qualquer maneira, ele sempre trará consigo esse princípio de expansão que lhe é próprio.

Sendo ele considerado um planeta de sorte, é muitas vezes mal interpretado. De fato, Júpiter ‘expande tudo o que toca’, e desta maneira, se ele formará aspectos com outros planetas do seu mapa e estes forem aspectos ruins ou os planetas forem planetas difíceis, ele poderá até mesmo provocar muita desgraça. Mas no todo, ele sempre nos oferecerá, no final, uma grande oportunidade para superar nossos limites, para abrirmos um pouco mais nossa consciência em relação ao mundo exterior.

Bem, mas qual será sua ação no signo de Escorpião?
Júpiter é o ator, Escorpião será a cena da ação. Então, qual peça ele irá nos apresentar? É difícil considerar esse trânsito de forma otimista, já que o signo em questão não é dos mais fáceis. Além de tudo, devemos considerar que já em novembro - e até fevereiro de 2006 - este planeta formará uma oposição com o planeta Marte que transita no signo oposto, de Touro. Não, não dá para sermos otimistas, me desculpem. Tudo o que veremos serão excessos para todos os lados! A energia tornará as pessoas arrogantes, cheias de si, aumentará o risco de brigas, acidentes, demonstrações de raiva e ciúme. As pessoas mais raivosas devem também tomar cuidado com a hipertensão (pressão alta), pois esse aspecto causa muitos problemas no sangue, com risco de AVC (Acidentes vasculares). Então, mantenha seu humor sob controle e procure atividades que o ajudem a relaxar.

No âmbito mundial não faltarão os atos radicais, os atentados, haverá um aumento do terrorismo com atos muito violentos. Devemos esperar atentados a templos religiosos e aos símbolos e expoentes da religião, como o Papa. Todos nós estaremos sujeitos a esse tipo de energia e, portanto, vamos usá-la de maneira adequada. Devemos ser cuidadosos ao expressar nossas opiniões que serão certamente em sua maioria radicais. A dificuldade de enxergar o outro lado das questões nos tornará surdos aos apelos de nossos parceiros e isso acabará provocando rupturas nos relacionamentos.
Bem, mas existirá um lado positivo nisso tudo? À medida que Júpiter sair desse aspecto mais tenso com Marte, especialmente, poderemos respirar mais aliviados. Em junho a conjunção entre esses dois planetas, Marte e Júpiter, pode indicar movimentos de tropas, guerras, ações de repressão. Os bons aspectos, em maio e julho, serão adequados para nos incitar a cumprir nossas tarefas diárias, dar andamento a nossos planos, pois aumentarão nossa energia pessoal que será ideal para nos ajudar a realizar nossos planos profissionais.

Como pessoas evoluídas que somos, já que estamos todos em busca de uma evolução espiritual, devemos deixar de lado o fanatismo, especialmente aquele religioso, que nos impele a matar o nosso inimigo em nome de um Deus único e verdadeiro que consideramos como sendo de nossa exclusiva propriedade. É esse fanatismo religioso que provoca as maiores tragédias. Sob a ação jupiteriana, teremos ocasião de expandir nosso conhecimento e o nosso grau de consciência, subindo na senda da evolução espiritual. Perceberemos certamente nossa vocação a efetuar estudos filosóficos, que nos levarão a efetuar descobertas incríveis especialmente no campo da pesquisa do subconsciente. Nunca como agora a ‘morte’ será investigada! Os assuntos relativos à vida, à morte e conseqüentemente ao sexo, serão amplamente debatidos e objeto das pesquisas mundiais. As tendências filosóficas, humanitárias e religiosas que existem dentro de cada um de nós deverão ser cultivadas para nos ajudar a subir na Arvore da Vida. A sefiroth de Chesed é regida pela energia de Júpiter. É a Sefiroth de n° 04. Ela pertence ao triângulo central da Árvore, que inclui Tipheret (o Sol) e Geburah (Marte). Este triângulo é chamado de Triângulo Ético, pois desenvolve no ser humano tudo o que de ético e moral ele possui. A leitura dos artigos sobre a Cabala poderá ajudá-los a compreender melhor os conceitos acima.

Bem, espero ter ajudado os leitores a compreender melhor essa energia. Se tiverem dúvidas, escrevam que tentarei responder na medida do possível. Analisem a Casa em que Júpiter estará transitando em seu mapa e pensem assim: “Que tipo de expansão ele me proporcionará”? “Quais as experiências que terei para ampliar meus horizontes pessoais”?

Uma boa semana a todos.


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


graz
Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology. Conheça meus serviços on-line
5 perguntas Frequentes, visite Canal do youtube e Facebook
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Astrologia clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa