auravide auravide

Não duvide, afirme!


Como nos mais recentes artigos conversei muito em 'astrologês', quero hoje fazer uma reflexão sobre as razões que nos impedem de seguir adiante rumo às metas escolhidas. Todos nós nascemos com uma missão a ser cumprida e nosso espírito encarnado conhece o caminho que precisará escolher para alcançar esse objetivo. No entanto, ao longo do caminho podemos perder o rumo por causa dos inúmeros obstáculos que atravancam nossa caminhada. Os consultórios dos psicólogos estão cheios de pacientes que reclamam que algum familiar, cônjuge, vizinho, chefe ou colega, impede que eles alcancem o sucesso ou que se sintam plenamente realizados. Costumamos buscar os culpados de nossos tropeços ou fracassos fora de nós e não dentro de nós. Fica mais fácil justificar nossos erros se considerarmos que somos vitimas, não é mesmo? Deste modo buscamos a compreensão, se não a piedade, daqueles que nos cercam e podemos continuar com auto-indulgência, errando e tropeçando.

Eu costumo lembrar aos meus clientes que, ao encarnar, o Espírito -Eu Interior-, traz consigo um 'roteiro de vida' que ele mesmo escolheu antes de buscar o corpo elemental. Para percorrer esse roteiro ele obterá a ajuda dos guias do plano superior, mas ele terá que ouvi-los, e precisará estar atento também aos sinais que encontrará ao longo do seu percurso. O Eu Interior -que em astrologia cabalística é representado pelo Sol-, entrega o roteiro para o cocheiro (ou motorista) do carro (corpo físico) no momento do encarne, e este procurará conduzir o Eu Interior para seu destino. O cocheiro é o nosso EGO, (a Lua do seu mapa natal) que representa primeiramente a hereditariedade familiar e também os condicionamentos do ambiente familiar, econômico e social e que serão fonte de limitações e restrições capazes de atrapalhar -se não desviar-, o Eu de seu destino maior.

O Ego, representado pela Lua no nosso mapa, se expressa através de nossas reações emocionais e pela forma como reagimos aos estímulos externos. É ele -EGO- que nos faz sofrer! Porém, os grandes Mestres afirmam que não é preciso sofrer para percorrer o caminho da vida. Nascemos com as ferramentas necessárias para superar todos os obstáculos! No entanto, algumas religiões bombardeiam nossos ouvidos com a maldição que Deus fez a Adão e Eva ao expulsá-los do Paraíso: "Agora que vocês comeram da maçã da Arvore do Bem e do Mal precisarão sofrer, Adão trabalhando e Eva ao dar a Luz"! Eu me recuso a pensar que o Criador tenha-nos criado para nos punir. Principalmente porque cabalisticamente a 'maçã' é a representação do Conhecimento e este nos impõe a responsabilidade sobre nossos próprios atos, mas não é uma punição! Quanto mais enveredamos no caminho do Conhecimento, mais teremos responsabilidades conosco e com os nossos semelhantes. Talvez seja esse o sofrimento ao qual somos condenados se alcançarmos o Conhecimento: o sofrimento de saber que, apesar de nossos esforços, não podemos aliviar o sofrimento alheio. Não podemos eliminar a violência, a guerra, a destruição, o ódio! Nosso coração sofre.

Mas não é desse sofrimento que estou falando, pois este não depende somente de nós, infelizmente. Falo do sofrimento causado pelo Ego ferido e insatisfeito que nos faz sofrer desnecessariamente e nos impede de percorrer nosso caminho e cumprir nossa missão. Por que sofremos? Vocês já perceberam o semblante sereno que demonstram os mestres como o Dalai Lama? A razão dessa serenidade está num segredo: ele não possui EGO! Ou melhor, ele mandou o Ego 'calar a boca'. Ele desconectou as reações emocionais do Ego e aprendeu a ouvir somente a sua voz interior, a voz do Eu. Os cabalistas dizem que o EGO é condicionado por Lúcifer, que fala aos ouvidos físicos e enche a nossa cabeça de bobagens! Lúcifer, o Anjo Caído, não deseja que possamos ouvir nosso Eu interior. Então estimula nosso Ego de forma a que ele reaja às tentações do mundo exterior. Sofremos se não somos amados... mas Deus nos ama! Sofremos se não temos um teto... mas Deus nos deu um céu estrelado! Sofremos se nosso talento não for reconhecido? Mas Deus sabe que nós o possuímos, pois foi Ele que nos deu! Sofremos porque não possuímos um carro novo, uma roupa desejada, um televisor mais atual ou o ultimo modelo de celular? Condicionamentos do EGO! Sofremos porque não conseguimos ser reconhecidos por nosso chefe? Condicionamento do EGO! Sofremos porque não nos sentimos suficientemente amados por nosso parceiro? Condicionamento do EGO. Bem, dirão vocês, mas este EGO-cocheiro pode ser controlado para que ele não nos faça sofrer? Afinal, ele representa os desejos de nossa alma que, ao longo das inúmeras encarnações, precisará dessa depuração para evoluir. Então, como calar esse opositor que fica martelando nossa cabeça com palavras de dúvidas cujo burburinho continuo nos impede de ouvir a voz do nosso Eu interior?

Existe um método simples, mas não fácil: a meditação diária. Métodos variados são ensinados na Yoga, na Meditação Transcendental, etc., e todos eles possuem o mesmo objetivo: procurar acalmar a voz do EGO para que se possa ouvir a voz do EU. Reconheço que não é fácil conseguir essa calma interior que nos traz paz e serenidade, mas podemos começar com alguns minutos diários para chegar a pelo menos quinze minutos todo dia.

Existe também uma outra maneira de calar o Ego e recobrar o dialogo com nosso Eu Interior. A Técnica de Libertação Emocional, chamada de EFT*. Já falei inúmeras vezes sobre essa técnica maravilhosa que revolucionou minha vida! Quando entrei em contato com ela através de um querido amigo do Rio de Janeiro, me apaixonei perdidamente! Não existe outra forma de me expressar: foi amor à primeira vista! A técnica é tão maravilhosamente simples e ao alcance de qualquer pessoa, que é realmente um pecado não conseguir que ela seja cada vez mais divulgada. Apesar dos dois vídeos que já estão no You Tube (filmados pelo pessoal do STUM) e dos inúmeros artigos publicados no meu site pessoal (www.astrosirius.com.br) não creio que ela tenha alcançado todo seu potencial!A EFT* pode ser usada não somente para eliminar definitivamente dores, fobias e doenças que atormentam nosso corpo físico, mas também complexos sentimentos negativos e limitações provocadas pela baixa auto-estima, e principalmente por aquela 'vozinha do Ego' que impede nossa plena realização espiritual. Algumas adaptações da técnica original foram sendo desenvolvidas pelos vários terapeutas ao longo dos anos de práticas, inclusive com adaptações da frase inicial, chamada de 'frase de neutralização' que lembra um pouco a PNL (Programação Neuro-linguística). Esta frase pode ser também afirmativa e não negativa como na formula original. Muitas pessoas me escrevem perguntando sobre a razão pela qual a frase inicial é pronunciada no negativo. O segredo de seu funcionamento está naquela porção "me amo e aceito profunda e completamente apesar"... O Amor e a aceitação de si mesmo impõem ao Cosmos uma ordem, uma afirmação e reforçam a razão de nossa própria existência. Deus nos ama, então, por que não deveríamos nos amar, exatamente como somos, como fomos criados?

Portanto, caro leitor, se você deseja alcançar a prosperidade, o sucesso, a felicidade, não expresse suas dúvidas (Será que vou conseguir ser feliz? Será que vou conseguir o sucesso? Será que vou conseguir engravidar? Etc..), nem mesmo em pensamento. Expresse a sua afirmação: "Eu vou ser feliz"! "Eu vou conseguir o sucesso"! "Eu vou conseguir a prosperidade"! O cosmos recolherá sua afirmação e irá conspirar para que ela se realize. A técnica de EFT* completa requer um aprendizado um pouco mais extenso (leiam os artigos no meu site pessoal ou marquem uma consulta pessoal), mas estejam certos que a afirmação inicial atrai para nosso ser o Amor Universal do qual o Cosmos está impregnado e nos liberta de nosso opositor, permitindo o fluir da Luz.

Comece agora: afirme sua verdade ao Cosmo e ele recolherá sua afirmação e a realizará!

Desejo a todos uma semana cheia de Luz! Que o equinócio da Primavera traga muitas flores em seu caminho!

São Paulo, 27 de Setembro de 2011



estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


graz
Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology. Conheça meus serviços on-line
5 perguntas Frequentes, visite Canal do youtube e Facebook
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Astrologia clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa