Home > Astrologia

O Quiron

por Graziella Marraccini

O Quiron

Em 1º de novembro de 1977 o astrónomo americano, Charles Kowal, descobriu um pequeno planeta com uma órbita extraordinária. Algumas semanas depois o planeta foi chamado de Quiron. Em nosso sistema solar, existem milhares de asteróides e muitos deles são maiores do que esse novo objeto que tem um diâmetro estimado de aproximadamente 160 km. No entanto, a órbita de Quiron, posicionado entre Saturno e Urano, é única. Quiron leva 50 anos para completar uma revolução e em alguns momentos ele se inclina fortemente na direção de Saturno e outras na direção de Urano. Seu caminho é instável, talvez pelo fato dele estar caminhando nele há somente alguns milhares de anos, e ele irá provavelmente estar lá por alguns milhares de anos mais. Em 1991, Quiron foi classificado como um cometa capturado.

Os astrónomos não concordam completamente sobre o fato de Quiron ser um asteróide ou um cometa, portanto ele pode ser encontrado em ambos os catálogos de Astronomia. Sua posição pode ser calculada com uma certa segurança somente pelo período que vai de 1.500 A.C. a 4.000 D.C.; qualquer cálculo depois disso pode ser considerado incerto.

Como dissemos, a posição da órbita de Quiron, entre Saturno e Urano, é muito especial. Apesar de todas as tentativas de classificação, Quiron acabou tomando o lugar de um planeta, do ponto de vista astrológico, mesmo não sendo um. Sua órbita é muito excêntrica, como aquela de Plutão, portanto ele ocasionalmente cruza as órbitas de Saturno e de Urano. Muitos astrólogos o consideram uma espécie de ‘mediador’ entre esses dois, uma ponte, ou como uma espécie de ‘elo’ entre Saturno (O Guardião das Esferas), e os planetas exteriores (Urano, Netuno e Plutão). Acredita-se que Quiron tenha qualidades e influências, seja do tipo saturnino que do tipo uraniano. Antes do Quiron ter sido definido como um cometa capturado, ele era visto como um ‘asteróide errante’, por ficar longe do “herd” (cinturão) onde ficam os outros asteróides, entre Marte e Júpiter. Ou seja: um rebelde, um solitário, indo por seu próprio caminho.
O glifo (o símbolo, que parece uma chave acima de um círculo), foi amplamente aceito e é parte de sua interpretação básica, já que Quiron é visto na astrologia como uma chave para os planetas exteriores, assim como para aquelas esferas da vida que são associadas ao seu papel na mitologia clássica.

Segundo o mito, Cronos (Saturno) estava loucamente apaixonado pela ninfa Philyra. Ele buscou satisfazer a sua paixão, mas sua esposa Rhea o pegou em flagrante e assim, para fugir, ele se transformou em cavalo. O centauro Quiron foi o fruto dessa paixão, da união entre Saturno e Philyra, sendo assim meio homem e meio cavalo. Philyra encheu-se de desgosto e aversão pela criança assim que a viu, e pediu a Zeus para transformá-la numa árvore de tília. Mas, mais tarde, o Quiron – centauro - viveu numa gruta no Monte Pelion, ensinando aos heróis as artes marciais, a arte da caça assim como a música. Seus mais famosos alunos foram Aquiles e Asclépio. O final dessa história é cheia de significado: ele foi involuntariamente ferido por uma flecha que pertencia a seu amigo Hercules. Mas, sendo imortal, Quiron viveu com essa terrível e incurável ferida durante muito tempo. Quando Prometeu foi punido pelos Deuses (por ter roubado o fogo e tê-lo entregue aos homens), Quiron se ofereceu para morrer em seu lugar. Esse sacrifício de sua própria imortalidade acabou libertando-o então de seu tormento sem fim.

Assim, Quiron é uma criatura meio animal e meio humana, combinando as partes escuras, instintivas e naturais com o lado racional e espiritual. Astrológicamente, ele representa a sabedoria, a paciência e o domínio do espírito sobre a escuridão interior. Representa também os instintos animais.

Devido à sua própria ferida incurável, ele possui um profundo conhecimento do sofrimento em todas as suas formas. Isso faz com que ele consiga alcançar no seu mais profundo íntimo, o conhecimento capaz de curar qualquer ferida humana, com sabedoria e segurança.

A Casa astrológica onde Quiron se encontra em sua Carta Natal (é indicada pelo símbolo representado acima) pode indicar em que área de sua vida ele estará atuando, formando uma ponte de ligação entre os conflitos existentes entre o seu lado instintivo e animal e o lado racional e espiritual de sua personalidade. Ele representa também a ‘cura’ para suas feridas, que lhe será então oferecida através do conhecimento de seu significado.

O Quiron não é portanto considerado um planeta – do ponto de vista astrológico - e por essa razão dificilmente encontram-se os aspectos astrológicos desenhados no mapa como acontece com os planetas ‘clássicos’. De qualquer forma, ao interpretarmos sua posição no mapa - do ponto de vista psicológico - poderemos concluir que ele poderá indicar de que forma você poderá superar suas limitações nessa encarnação. Com sabedoria você poderá curar suas feridas, mas não somente as suas próprias, como também daqueles que estão à sua volta.

Atualmente em trânsito no signo de Capricórnio, Quiron nos mostra a necessidade de limitarmos nossas ambições e nossas conquistas materiais para nos dedicarmos mais intimamente ao cultivo de sentimentos e valores familiares e emocionais. Somente se conseguirmos ajudar os outros a superar seu próprio sofrimento poderemos nos tornar nós mesmo ‘curadores’ de nossa alma.


Consulte grátis
     
 
Compartilhe
   



Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology. faça seu mapa astral Atende em seu consultório em São Paulo com hora marcada no horário comercial.
5 perguntas Frequentes, visite Canal do youtube e Facebook
Para atendimentos e consultas, visite o site pessoal.
Email: contato@astrosirius.com.br
Visite o Site do Autor
Publicado em: 04/08/2003 11:36:26

Veja também
Quando o coração voa pelas estrelas...
Qual é a cor do seu sonho?
Qual a origem de seus conflitos atuais?
Sorrir para ser saudável
Ho´oponopono e as expectativas...
Entrevista sobre a importância da Criança Interior


Deixe sua opinião sobre este artigo


© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.
As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo do Site.


Energias para Hoje
quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

energia
I-Ching: 32 – HENG – DURAÇÃO
Será beneficiado aquele que segue seu curso sem modificar o que já foi iniciado. A constância e a fidelidade serão premiadas.


energia
Runas: Talismã da Vitória
Mantenha o equilíbrio emocional. A vitória será certa.


13
Numerologia: Construtividade
O dia de hoje traz a necessidade de definir e de por as coisas em ordem. Organize sua agenda de atividades, use de praticidade, paciência e critério. Estabeleça hoje sólidos fundamentos para sua vida.




Horóscopo

Áries   Touro   Gêmeos   Câncer
 
Leão   Vírgem   Libra   Escorpião
 
Sagitário   Capricórnio   Aquário   Peixes




+ Lidos da Semana anterior
1. O que fortalece a sua autoestima e não te deixa ficar num relacionamento abusivo?
2. 3 Exercícios para ser uma mulher (mais) autêntica
3. Quando o amor faz o abismo virar céu...
4. Como aproveitar o trânsito de Júpiter sobre meu Mapa Natal?
5. A empatia
6. Você é um leão ou um carneiro?
7. Meu coração está cheio de Luz
8. Não conheço meu horário de nascimento: Posso fazer um mapa astral?

 
© Copyright 2000 - 2018 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa