auravide auravide

O Segredo: Reconhecer o fluxo


Desde que surgiu o vídeo do filme “O segredo” os meus clientes não param de me fazer perguntas a respeito dos assuntos tratados. O DVD que está à venda aqui e pode ser visto no YOU TUBE em pequenas partes nada mais é que uma bela embalagem para entregar de forma clara e explicativa um conteúdo conhecido há milhares de anos. Como os gringos são bons em marketing! O DVD é a última panacéia da auto-ajuda! Vejam que não quero desmerecer seu conteúdo, aliás eu o acho ótimo pois ajuda as pessoas de forma clara e didática a compreender algumas Leis da Natureza que podem ajudar a melhorar nossa vida. O recado é óbvio! É a “Lei da Atração” muito bem explicada pelos autores do filme.

Mas, se tudo é tão óbvio, por que não conseguimos agir da forma sugerida? Primeiramente devemos pensar que nossas escolhas dependem de nossa personalidade, que nos faz agir desta ou daquela maneira. Quando um astrólogo procura esclarecer um pouco de sua complexa personalidade através da leitura de seu Mapa Natal, não quer dizer que você terá a solução de seus problemas de vida! Se eu lhe explicar como se vai de São Paulo ao Rio, ensinando qual estrada fazer, quão longo será o trajeto, onde comer ou reabastecer, isso poderá nortear sua viagem, mas você é que precisará fazer o trajeto (fisicamente falando), você precisará enfrentar as dificuldades e percalços do caminho. Minha descrição poderá ajudá-lo, mas as suas escolhas farão a diferença na viagem.

Uma das coisas que me marcaram no DVD foi o fato de um dos locutores falar na importância de reconhecer o fluxo energético que o está influenciando num determinado momento. Pois, mesmo sem mencioná-la, ele estava falando em astrologia. As influências astrais de um determinado período modificam o fluxo energético e influenciam nossa vida a cada momento. Por essa razão é tão importante “Reconhecer o fluxo”!

Vou contar-lhes uma pequena aventura que me ajudou muito a compreender essa Lei da Natureza. Algumas dezenas de anos atrás, eu praticava windsurf no Guarujá, na companhia de meu irmão num belo dia ensolarado de outono. Bem longe da costa, fui surpreendida por uma tempestade. Rajadas de vento de força surpreendente começaram a me derrubar da prancha a vela que eu não conseguia mais segurar com meus frágeis braços de mulher. Meu irmão, de longe, vendo minha dificuldade e sem poder fazer nada de concreto, me gritou “Solta a vela, se agarre na prancha!”. Segui seu conselho, desconectando o mastro e soltando a vela na água e me agarrei com toda a força na prancha, como se fosse uma prancha de surf. De barriga para baixo me agarrava com toda a força, enquanto a chuva e as ondas violentas me castigavam sem parar. Num determinado momento, escorreguei da prancha como um sabonete e caí na água. As ondas violentas me jogavam para baixo e eu afundava e subia repetidamente, já exausta após tanto esforço.
Não sei quanto tempo durou esta luta entre eu e o mar. Mas, num determinado momento, quando em minha mente eu já imaginava me afogar, procurei manter a calma. Percebi que as ondas, mesmo raivosas e perigosas, eram de uma certa forma ‘previsíveis’, ou seja, mantinham uma certa regularidade. Assim, procurei entrar no fluxo: esperava a onda me jogar para baixo, ia até o fundo segurando a respiração, e depois deixava que a própria onda me trouxesse para cima, até que eu conseguisse abrir a boca fora d’água para respirar. Confesso que novamente achei que fosse morrer afogada de tanto cansaço! Quando senti sob os meus pés a areia dura percebi que estava chegando perto da praia, no meio da enseada, onde a direção do vento empurrava as ondas. Cheguei finalmente e caí na areia. Exausta, mas viva!!! Alguém veio em meu socorro e me perguntou se eu estava bem! Essa pessoa havia recolhido a vela e a prancha que haviam chegado à praia antes de mim e esperava.... por um corpo! Mas eu estava lá, viva! Neste momento percebi que havia me salvado, não porque havia lutado ‘contra’ o mar, mas porque havia RECONHECIDO O SEU FLUXO e o havia respeitado, respeitado a natureza do elemento em que me encontrava. Havia usado minha intuição, meu instinto de preservação, para entregar o meu corpo ao mesmo movimento que me era imposto pelas águas revoltas do mar. Por essa razão havia saído com vida da tempestade.

Bem, caros leitores, eu me lembro muitas vezes dessa terrível experiência e sempre que o faço recebo uma lição de vida. Eu havia aplicado uma das Leis Herméticas, sem ao menos me dar conta disso. Havia respeitado a Lei do Ritmo, V° Princípio Hermético: “Tudo tem fluxo e refluxo; tudo tem suas marés; tudo sobe e desce; tudo se manifesta por oscilações compensadas; a medida do movimento à direita é a medida do movimento à esquerda; o ritmo é a compensação”.

Da mesma forma, podemos aplicar a “Lei da Atração” que também é uma das Leis Herméticas que nos foram trazidas desde o antigo Egito através dos tempos e que estão contidas num pequeno livro de autoria desconhecida – Os Três Iniciados – Esse pequeno livro precioso é chamado “O Caibalion” e é editado pela Editora Pensamento. No livro estão contidas as 7 Leis principais que regem toda a matéria manifestada. Essas Leis também estão publicadas e comentadas aqui no site na seção da Cabala. A sua preciosidade é indescritível, mas seu conteúdo é difícil de interpretar logo na primeira leitura. Muitas vezes precisamos de um mestre para conseguir decifrar seu teor.
Os mestres aparecem à nossa frente de tempos em tempos, sob várias formas, mas muitas vezes nossa mente não está devidamente madura para compreender seus ensinamentos. Nesta época de transição entre a Era de Peixes e a Era de Aquário, teremos muitas ocasiões de encontrar os ‘mestres’ sob muitos disfarces. Muitos deles nos revelarão os SEGREDOS! A energia de Aquário não aceita ‘segredos’, ela revela o oculto que precisa se tornar acessível para todos, para o bem de todos! Podemos perceber que os ensinamentos que há milênios eram acessíveis somente a alguns poucos eleitos, se tornam atualmente mais acessíveis e estão sendo assimilados aos poucos pela humanidade, modificando a mente dos seres humanos cuja vibração irá evoluindo degrau por degrau, seguindo o fluxo natural do ‘caminho de volta’. Os espiritualistas sabem que, ao longo das encarnações, nosso espírito busca o caminho da evolução para voltar à Casa do Pai. Por essa razão não devemos temer nem mesmo as mais duras tempestades. São elas que nos tornam fortes e aptos a seguir nosso caminho. Devemos, porém, reconhecer qual Lei da Natureza está influenciando nossa vida naquele determinado momento e aplicá-la, com sabedoria e fé. Superaremos assim os momentos mais difíceis e criaremos para nós uma realidade mais completa e mais adequada ao cumprimento de nossa tarefa atual. Podemos criar a vida que desejamos, mas cuidado com aquilo que desejamos!

O Ingresso do Sol em Áries e o início do novo Ano Solar mudam a energia da Terra. Entremos neste fluxo e renovemos também nossa vida! Façam projetos, iniciem novas atividades, tomem decisões, agora é o momento! Leiam as Leis Herméticas e comentem, enviem seus e-mails, responderei com prazer.

Para nos conectarmos com DEUS e obtermos Sua ajuda, podemos usar um de seus 72 Nomes, ou Gênios da Criação: o Gênio LEUVIAH (as letras em Hebraico são Lamed Vav Vav), o 19° da Cabala. O Salmo para oração é o de número 39. Entrem no Fluxo! Falem com Deus!

Obrigada por compartilharem comigo mais uma semana de Luz.


estamos online

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 2




graz
Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology. grabnn Atende em seu consultório em SP com hora marcada no horário comercial.
5 perguntas Frequentes, visite Canal do youtube e Facebook
Visite o Site do Autor


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa