auravide auravide

Preciso de sua ajuda!


É com essa frase que iniciam inúmeros emails que recebo todo dia no meu endereço profissional. Preciso de sua ajuda! Ajudar quer dizer prestar socorro? Sim, mas não quer dizer solucionar o problema para a outra pessoa. Pelo menos é assim que eu penso. Sinto dentro de mim um impulso inato de ajudar, socorrer, aliviar o sofrimento alheio. Isso faz parte de minha natureza primordial, algo que foi se tornando cada vez mais intenso à medida que eu fui crescendo e me tornando adulta. Porém, lembro-me bem que desde pequenina eu socorria todos os bichinhos doentes que encontrava na rua e os levava para casa, para desespero de minha mãe aquariana! Eu, nascida sob o signo de Peixes e tendo como regente o planeta Netuno, já estava cumprindo minha missão, mesmo sem saber.

Essa necessidade de ajudar, porém, nem sempre foi tão premente em mim. Em determinado período de minha vida, especialmente dos 18 aos 28 anos, vivi de maneira egoísta, pensando no meu bem-estar e buscando objetivos mais materiais. Estudar, amar, casar, ter filhos, etc. eram meus objetivos principais naquele período. Buscava minha identidade e certamente não estava interessada em 'cumprir minha missão'. Percebo, porém, que muitos jovens sentem essa premência muito mais cedo, o que pode ser uma 'faca de dois gumes'. Se de um lado é muito bom que os jovens busquem esse desenvolvimento espiritual mais cedo (a Era de Aquário chegando!) isso pode ser resultado da insegurança e instabilidade em que eles se encontram, por causa do caótico mundo atual! A esse respeito, os cabalistas tradicionais aconselham os jovens a seguir o caminho da espiritualidade com cautela para não desequilibrar a sua Arvore da Vida! Eles afirmam que antes devemos estabilizar as raízes da Arvore para depois pensar em fazer crescer seus ramos rumo ao céu! Uma arvore pouco enraizada irá cair com a primeira ventania! A idade citada nos textos cabalistas está entre os 36-38 anos. Por qual razão? Por que esta idade é tão importante?

Analisando astrologicamente, sabemos que por volta dos 36 anos coincidem alguns grandes ciclos planetários que podemos considerar como 'gatilhos libertadores'. Os planetas lentos, Júpiter, Saturno, Urano, Netuno e Plutão são todos considerados -a seu modo- 'agentes de mudanças'. Júpiter leva 12 anos para dar uma volta completa ao redor do Sol, (para completar a roda zodiacal de 360º), ou seja, permanece um ano inteiro em cada signo. Portanto, ele cria ciclos de expansão e oportunidades que se repetem aos 12 anos, aos 24, aos 36, aos 48, etc. Lembremos porém que os aspectos de quadratura e oposição (ou seja de 90º e 180º) são os mais tensos, mas no meio deles temos aspectos favoráveis de sextis e trigonos (de 30º e 60º) que também são importantes para a nossa evolução. A natureza do planeta nos indicará naturalmente qual o fenômeno associado ao aspecto e de que forma reagiremos à sua ação.

Saturno, conhecido como Senhor do Carma, leva 29,5 anos para dar a volta completa ao redor do Sol e forma ciclos tensos de 7,3 anos. Portanto, aos 36,8 (29,5 + 7,3 ) anos estaremos diante de uma crise de amadurecimento, de responsabilidade. Precisaremos estar prontos para tomar as rédeas de nossa vida! Certamente que esse aspecto em nada se compara com a crise dos 28,5 que já descrevi amplamente em artigos anteriores e que coincide também com o ciclo lunar. Porém, ele certamente nos indicará um período de reflexão e de maturidade. Precisamos tomar decisões, tomar um rumo! Aqui encontramos a coincidência indicada pelos cabalistas.

Mas vamos adiante em nossa reflexão. Urano leva 83,7 anos aproximadamente para completar sua volta ao redor do Sol, sendo seu ciclo de 7 anos aproximadamente, tempo em que ele percorre cada signo de 30º. Assim, aos 35 ele formará um aspecto de trigono com ele mesmo e começará a fazer surgir dentro de nossa mente uma necessidade de ganhar a liberdade, de buscar independência, e se libertar de regras e constrições para trilhar novos caminhos. Finalmente, aos 42, ele estará em oposição a si próprio no mapa natal e nos incitará a enveredar o caminho da socialização, diminuindo a vontade do Ego e nos ajudando a desenvolver o auto-sacrifício em prol de causas comuns. Pela mesma razão, muitos velhos se tornam crianças, especialmente por volta dos 84 anos, quando Urano completará o seu ciclo!

Netuno, o planeta da espiritualidade, leva bem 164 anos para completar sua volta ao redor do Sol, formando aspectos de aproximadamente 13,6 anos, tempo em que ele percorre 30º do zodíaco. Constatamos com esse planeta que ocorre novamente um ciclo que por volta dos 27 anos e meio promove uma sensação de perda de rumo que inicia a famosa crise dos 28 anos! Talvez seja por causa disso que por volta dos 82 anos os seres humanos ingressam num período de perda de rumo, que antigamente era chamado de 'demência senil'. Esquecimentos, perda de motivação, confusão mental são bem comuns nesta idade. No entanto, esses são os ciclos do desenvolvimento espiritual, que deveria alcançar seu auge por volta dos 42 anos. Atualmente nenhum ser humano consegue completar o ciclo de Netuno, pelo menos não no corpo material.

Por fim, Plutão, que percorre sua volta ao redor do Sol em bem 247 anos e oito meses, divide nossa vida antes dos 61,5 anos e depois desta idade. Aqueles que já ingressaram nesta fase chamada de 'terceira idade' sabem do que eu estou falando: os sinais da mortalidade, o medo da morte material, o fim do ciclo de vida se aproxima! Lembremos também que os 30 anos marcam o fim da juventude e muitos jovens sentem muito fortemente esta mudança que os faz ingressar na maturidade!

Bem, mas agora que falei de todos os Ciclos de Transformação, voltemos ao assunto inicial: o que eu posso fazer por vocês? O que pode fazer a Astrologia, essa ciência humana milenar, para esclarecer suas dúvidas, além de explicar as razões de seus momentos de crise? A astrologia, através de suas varias disciplinas, ajudará você, caro leitor, a compreender a razão dos acontecimentos presentes e o ajudará, certamente, a tomar as decisões acertadas. O guiará em suas escolhas, dirigindo suas iniciativas e, sobretudo, esclarecerá quando esses momentos de crise acontecerão e como se desenvolverão, dependendo do seu mapa natal. É para isso que servem as previsões anuais, que incluem na interpretação as direções secundárias, trânsitos planetários e revoluções solares. De nada adianta consultar o astrólogo se você não estiver ciente de que ele lhe oferecerá uma ajuda, mas não tomará as decisões por você! A consulta poderá somente lhe indicar o caminho, lhe fornecer algumas ferramentas, mas será você, com seus próprios meios, que precisará percorrer a caminhada rumo ao seu desenvolvimento pessoal.

Agradeço de coração os inúmeros emails que recebo, pois através deles consigo me conectar com todos vocês, sempre no intuito de cumprir minha missão de vida!

Desejo a todos uma semana cheia de Luz Divina! Que seus corações se inundem de amor universal!
São Paulo, 20 de setembro de 2011



estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


graz
Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology. Conheça meus serviços on-line
5 perguntas Frequentes, visite Canal do youtube e Facebook
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Astrologia clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa