auravide auravide

Receber para compartilhar


Lemos livros e artigos, vamos a palestras e conferências, assistimos workshops, mas, no final, continuamos com as mesmas indagações: o que vim fazer aqui? Qual minha missão? Como posso alcançar a evolução espiritual tão desejada?

A sabedoria milenar contida na Cabala pode nos ajudar a compreender melhor o que viemos fazer nessa vida. A Cabala aplica a astrologia diferentemente da astrologia ocidental tradicional e se preocupa em dar um sentido à interpretação, oferecendo também as ferramentas para que cada pessoa possa, ao longo desta encarnação, alcançar seu objetivo que é, sem dúvida, a evolução espiritual.
Se nascemos no instante astral preciso, hipoteticamente ideal para poder desenvolver melhor as qualidades necessárias para a nossa evolução, então nossa alma ‘sabe’ o que viemos fazer aqui! O ocultista sabe que nada é fruto do aças, e muito menos nossa própria vida. No entanto, nossa mente concreta, nosso intelecto, não consegue lembrar, racionalmente, essas informações e muito menos consegue saber como elas poderão lhe ser úteis. Por essa razão nos encontramos, muitas vezes, encurralados diante de uma grande quantidade de opções diante das quais empacamos, vacilamos, duvidamos! Nosso DNA espiritual, no entanto, mantém essas informações e pode nos ajudar a fazer essas escolhas.

A Cabala nos ensina que tudo é proveniente da Luz. Muitos chamam essa Luz de ‘Deus’, não importando qual nossa concepção de Deus. A Criação é fruto de um ato de doação de Deus e essa doação é conseguida através da emissão de luz, que é pura energia. Nós nascemos para receber essa Luz, mas não podemos nos contentar em recebê-la gratuita e egoisticamente para beneficio próprio. O desejo de receber a Luz é próprio da criatura viva, mas o desejo de evoluir espiritualmente somente pode ser conseguido se o desejo de receber for seguido pelo desejo de compartilhar.

Vou dar um exemplo: imaginem uma fonte imaginária, vertente de água pura e cristalina e sob ela um copo. O copo se enche e quando está cheio a água é desperdiçada! Porém, se sob esse copo colocarmos outros copos, e mais outros copos, e tantos outros como numa pirâmide, a água após encher o primeiro copo continuará descendo e enchendo outros copos e todos estarão cheios de água cristalina! Não duvidem que a água, proveniente da nascente divina, poderá secar após encher o primeiro copo, pois a finalidade dela é favorecer cada vez mais ‘copos’. Portanto, se enchemos nosso copo de forma egoísta e esquecemos de compartilhar, ‘a fonte poderá secar’! Mesmo se ela não secar, não servirá para nada, será desperdiçada! Agora, substitua a palavra ‘água’ pela palavra ‘amor’ (que é a verdadeira essência divina) e você verá que poderá desperdiçar uma inteira encarnação se seu ‘desejo de receber’ não for seguido por um desejo sincero de ‘compartilhar’!

A astrologia cabalística pode ajudar você a identificar vários pontos importantes de seu Mapa Astral, como:
- Identificar sua encarnação passada e as fraquezas que você tinha e que não trabalhou direito.
- Identificar qual bagagem (dons e talentos) você trouxe da encarnação passada.
- Ensinar como evitar obstáculos e desvios que podem atrapalhar seu progresso espiritual.
- Oferecer ferramentas para superar medos profundos originários de encarnações passadas.
- Encaminhar você para viver uma vida plena recebendo a Luz em sua plenitude.

No entanto, esse tipo de interpretação, na visão dos cabalistas, não é adequada para as pessoas jovens. Por quê? Dizem que quando somos muito jovens nossa vida se baseia principalmente na parte ‘inferior’ da Árvore da Vida que é a sobrevivência material. Somente após resolver os problemas básicos da vida material (carreira e dinheiro, amor e reprodução, conforto e prazer) começamos realmente a buscar o ‘conhecimento’. Nossa indagação se eleva acima dos pequenos problemas materiais de nosso dia-a-dia para buscar a elevação do espírito.
Se entrarmos em contato com o DNA de nossa alma, podemos, então, começar o verdadeiro caminho de evolução espiritual.
Eu, você, todos nós fomos criados para ‘receber a Luz’. Porém, devemos fazer isso de maneira gradual, aos poucos, degrau por degrau, de encarnação em encarnação. Em nosso cotidiano, podemos também fazer uma conexão com a Luz, mês a mês, e isso também pode nos ajudar a receber mais e mais Luz! Cada vez que nos conectamos com a energia específica de um determinado mês astrológico, estamos fazendo essa correção de caminho e podemos extrair beneficio. Portanto, mesmo os mais jovens, menos preocupados com sua evolução espiritual, podem começar a se conectar com a energia especifica do mês em questão e tirar benefícios dessa interação. Dependendo do grau de consciência de cada um (lembre-se que a consciência se conecta com o DNA da alma) tiraremos proveito em nosso dia-a-dia, tornando nossa vida presente mais harmoniosa, mais plena e serena.

Júpiter está em trânsito em Aquário e em 19 de janeiro, às 19:40 h (no Brasil) o Sol entra em Aquário. Mas, falaremos sobre a conexão com a energia de Aquário no próximo artigo.

Conecte-se desde já com a energia de Júpiter, Deus da Justiça, meditando no nome do gênio cabalístico de nº 14, Mebabel, cujo salmo de oração é o nº 09.

Uma semana cheia de Luz para todos!



estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


graz
Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology. Conheça meus serviços on-line
5 perguntas Frequentes, visite Canal do youtube e Facebook
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Astrologia clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa