Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade

Você conhece os planetas trans-saturninos?

Você conhece os planetas trans-saturninos? Publicado dia 7/20/2017 2:29:51 PM em Astrologia

Compartilhe

   

Urano, Netuno e Plutão são os três planetas que se situam além de Saturno em nosso sistema solar. Por enquanto, nenhum outro planeta foi "descoberto" apesar de haver indícios da existência de outro planeta que estaria influenciando a elíptica estranha que o planeta percorre ao redor do Sol, mas enquanto os astrônomos não determinarem exatamente suas dimensões e coordenadas, a humanidade não estará apta a entrar em contato com essas novas energias. De fato, esses planetas transsaturninos são considerados pela astrologia "energias transpessoais" pois cada um deles possui qualidades transcendentais que exercem uma função seja individual que coletiva. Numa interpretação astrológica, eles podem ser considerados como vetores de uma abordagem simbólica ao ingresso de uma vida transpessoal. De fato, é através desses planeta que entramos em contato com o raio da percepção e intuição mental de Urano, com a experiência da união mística e profunda da vida de Netuno e com a função do renascimento transformador individual e coletivo de Plutão.

Esses três planetas (sim, mesmo Plutão é um planetas, se bem que "anão"!) simbolizam os aspectos universais da consciência onde a mente age partindo de pre-suposições que transcendem as dualidades e num nível que é desconhecido para grande parte da humanidade. Isso significa que a maior parte das pessoas continua incapaz de reagir conscientemente a tais energias cujo impacto é então exercido em nível do inconsciente coletivo. Esse é o motivo pelo qual as suas características são percebidas em nível predominantemente negativo: de fato a energia desses "impulsos interiores" não é compreendida ou não é empregada corretamente. Muitas vezes esses impulsos parecem agir como uma espécie de "destino" interior que empurra os homens, cegos e ignorantes, na direção de situações de crise onde eles terão a impressão que suas escolhas sejam inevitáveis, ou onde eles se sintam "guiados" a cumprir determinadas ações. A ignorância decorrente da falta de aceitação do próprio "EU" é raramente recompensada pela vida e, pelo contrário, causa muito frequentemente muito sofrimento. Portanto, aquele que ignora é mais vitima do destino que aquele que conhece.

Vou começar descrevendo a energia exercida pelo planeta Plutão, lembrando o mito relacionado com esse planetas. Plutão é o nome romano do Deus Hades dos gregos e é chamado de Senhor dos Ínferos. Na origem esse nome se relacionavam aos "tesouros ocultos" e a tudo o que poderia se descoberto no interior da Terra, descendo lentamente até as suas vísceras, longe das luzes, para descobrir as suas riquezas. Esse "reino escondido" segundo Jung se relaciona com nosso inconsciente individual onde devemos descobrir o nosso tesouro, nosso diamante escondido.

Plutão se relaciona com o ciclo da vida, com a morte e o renascimento. Com os processos vitais de renovação e transformação, com a destruição e ainda com a energia necessária para a transformação da matéria e do espirito. Em nossa mente, tememos o Reino de Plutão porque somos influenciados pelo conceito ocidental do Inferno, como resultado de séculos de domínio da religião e da teologia cristã que o identifica com algo deplorável e amedrontador, criando uma barreira psicológica que condena aqueles que querem entrar em contato com os reinos misteriosos da existência. Num dos livros que eu estudei sobre o significado de Plutão, (de Haydn Paul editado em italiano) o autor afirma que Hades seria para os antigos o local onde as sombras (almas) dos mortos aguardam a ressurreição, para através da expiação e da purificação poder continuar a sua viagem.

O mito de Orfeu, que desce aos Infernos para resgatar Eurídice, tem relação com a descida ao reino de Hades para encontrar a sua própria alma e resgatá-la porque ela é a sua "anima" ou seja, a sua alma perdida no reino dos Infernos para poder resgatá-la, permitindo que ela renasça para uma nova vida. Em outros artigos que você pode encontrar no site, eu já descrevi o mito de Plutão que rapta a jovem Perséfone levando-a em seu reino onde a estupra, a "faz mulher". Por essa razão consideramos Plutão como o regente moderno do signo de Escorpião, Oitava casa do zodíaco, relativo ao sexo, a morte, ao renascimento e à transformação. Você sabia que antigamente o desenho da constelação de Escorpião era aquele de uma serpente! Quem melhor do que ela, a serpente da sabedoria, da Árvore do bem e do mal, para representar o ciclo da vida, do eterno morrer e renascer no ciclo da Reencarnações?

Bem, caro leitor, vamos continuar nos próximos artigos a nossa análise sobre o significado dos planetas transsaturninos pois há muito o que aprender com a astrologia! Lembre-se que somente quando nos conhecemos profundamente e superamos a barreira do medo e dos bloqueios do inconsciente é que podemos nos libertar para viver plenamente a nossa própria vida e cumprir conscientemente o nosso destino.

Aguardo você na próxima semana!

Pesquise sobre os atendimentos de Astrologia, Tarô, EFT*, Mesa radiônica, no meu site pessoal link Escolha a modalidade de consulta mais adequada ao seu questionamento e entre em contato por email [email protected] ou pelo whatsapp 11-96205-1010 para obter mais informações. Pode me seguir também no FaceBook em #AstroSirius! Informe-se também sobre Cursos de Astrologia e Tarô presenciais ou online. Siga meu canal no Youtube.

Sao Paulo, 17 de Julho de 2017

por Graziella Marraccini

Consulte agora
Mapa Astral   Tarot   Numerologia  


Obrigado por votar

O artigo recebeu 2 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe

         

Sobre o autor
Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology. Atende em seu consultório em SP com hora marcada no horário comercial.
5 perguntas Frequentes, visite Canal do youtube e Facebook
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor







Energia do Dia
4 - KUEI MEI - A JOVEM QUE SE CASA
Evite qualquer decisão ditada pela paixão.
Consulte o I-ching

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa