auravide auravide

Desembaraçando sua vida afetiva


A Radiestesia estuda todas as energias que compõem nossa vida. Essas energias são de suma importância e podem ser comparadas aos quatro pés de uma mesa, são eles: o financeiro, o emocional, a saúde e o espiritual.
De que adianta ter um lado hiper bem-sucedido e outro que não existe... a mesa não irá parar em pé. Para que haja harmonia em nossa vida, todos os aspectos têm que existir e estar em equilíbrio.
O lado emocional desestruturado é um dos que com maior frequência encontro em meus atendimentos.

Ser bem-sucedido muitas e muitas vezes depende de nós mesmos, o empenho, a dedicação, o estudo e um pouquinho de sorte fazem com que alcancemos nossos objetivos, mas... É sempre o “mas”. No campo afetivo, dependemos do outro também. Uma interação perfeita precisa de envolvimento e isso significa arriscar-se por inteiro. Este comprometimento gera conflitos, pois os dois acabam tendo muitos problemas não-resolvidos. O maior deles, e que desgasta um relacionamento a ponto de um rompimento, é quando começamos a tentar resolver as dificuldades internas do outro; isso leva uma vida inteira e, em muitos casos, a lugar nenhum. Ficar patinando em um relacionamento pode indicar que você está agindo errado.

O relacionamento sereno ocorre por si só. São duas pessoas que interagem entre si, sem que uma queira modificar a outra, os dois se aceitam como são e assim se amam.
A união entre os sexos é satisfatória na proporção em que cada um dos parceiros tem harmonia interna; desta forma, instala-se a harmonia no casal.
O desejo de descobrimento do outro como uma alma independente, leva-nos ao fascínio da palavra amor. O amor nunca morre quando estamos convictos de que o outro é um ser vivo e, como tal, é dinâmico e sempre com novas perspectivas a observarmos.
Para que haja uma escolha perfeita de um parceiro, a maturidade emocional é o primeiro ponto a ser observado e, então, o início de jornada será maravilhosa.

A Radiestesia entende que toda energia que permanece como sofrimento é uma energia estagnada que muito mal nos faz. Quando existem nós emocionais do passado formados, sejam eles quantos forem, as energias não se conectam com nada novo, não há futuro.
Ouço em minha trajetória de radiestesista muitas histórias do tipo: não consigo encontrar ninguém, nada de novo acontece em minha vida... E depois de algum tempo conversando com a pessoa sobre seu passado, compreendo que existem energias antigas que a prendem ali.
O novo, a mudança, o desconhecido são muito mais difíceis para o ser humano encarar. A energia que já temos próxima a nós, por pior que seja, é uma energia que já conhecemos e por isso temos sempre a ideia de que um dia se tornará da forma como desejamos. Eis o maior erro cometido.
Recordações ruins e desgastantes têm que ser colocadas longe de nossa vida, isso traz negatividade para o presente.

A Radiestesia avalia, inicialmente, onde a pessoa vive. Este é sempre o primeiro passo, como estamos falando há algum tempo. E depois de propostas as curas, passa-se, então, para a avaliação pessoal, verificando os quatro aspectos saúde, emocional, financeiro e espiritual.

Hoje quero lhes contar um caso de uma moça que atendi há pouco tempo e que me chamou achando que algo de errado havia em sua casa.
Verifiquei todos os tipos de energia do local e dei-lhe o diagnóstico. Sua casa é saudável, não há a presença de nenhuma energia ruim aqui, mesmo porque tratava-se de um apartamento novo e muito organizado, sem bagunças e sujeira.
Eu sempre me admiro quando passo o diagnóstico de que tudo está bom, pois as pessoas se espantam: como pode ser? Nem sempre encontramos locais com energias nocivas, mas bloqueios em um dos campos energéticos das pessoas sempre encontramos.
Passei, então, à parte pessoal, após uma avaliação completa nos três campos. Verifiquei que somente no emocional haviam problemas. Perguntei-lhe, então, como andava sua vida emocional e ela me respondeu que estava parada, ao que eu questionei: parada ou enrolada?

E o diagnóstico surgiu, a história veio a seguir:

“Tive um casamento que durou 4 anos. Foi uma relação muito complicada de falta de respeito, de conflitos, de intrigas (enfim, toda sorte de implicâncias havia entre o casal...). Depois disso, tive um outro relacionamento que durou 3 anos, mas que tinha muitas características do primeiro e hoje estou envolvida com uma pessoa que não me dá valor, me diz que quando tiver um tempo nos vemos, pois está à procura de alguém que o preencha como um todo”.
Fico ouvindo as histórias muitas vezes e aprendendo... Como uma pessoa pode se amar tão pouco a ponto de estar com outra que declaradamente diz que não a quer? Que falta de opção... Pensei eu, mas continuei a ouvir.
Ela me disse: “sofro muito com tudo isso, mas não consigo sair, foi o mesmo que aconteceu com os relacionamentos passados”... e me perguntou como a Radiestesia poderia ajudá-la.Esclareci, então, que a Radiestesia identifica as energias presentes, os problemas, e a parte de cura é feita pela radiônica, que é a utilização de energias de forma a atingir o objetivo proposto.
Ela gostou muito da ideia, pois percebi que havia decisão para mudar de vida. Expliquei-lhe que montaríamos um gráfico radiônico que se chama “desembaraçador de relacionamentos” e o que ela teria que fazer todos os dias. Ela concordou de imediato. O tempo necessário para o gráfico ficar montado foi de dois meses.
Disse-lhe que este seria um tempo necessário para que toda energia estagnada e embaraçada fosse dissolvida, mas isso não quer dizer que coisas novas não possam acontecer.
No caso da montagem deste gráfico, dei-lhe um alerta, que neste período ela poderia se sentir mais triste e tentar se autossabotar. Ela me perguntou o que significava isto. E eu expliquei que situações de passado poderiam voltar à sua mente para que fossem resolvidas e fossem dissipadas essas energias. No entanto, na tentativa de se autossabotar, procurando viver essas energias com a outra pessoa, como se algo fosse mudar, o tempo de desembaraçar tudo, poderia se tornar maior...
Ela entendeu e aceitou de imediato. Passados alguns dias, ligou-me dizendo estar mal, e lembrando de muitas coisas; coloquei-a na pirâmide, a fim de melhorar seu equilíbrio geral e incentive-a lembrando que, ao passar esta fase, ela se sentiria outra pessoa. Esses processos de queda de energia aconteceram umas três vezes, o que é bem normal.
Quando estávamos próximo do fim, dei-lhe a melhor notícia: terminado esse período de limpeza, iremos montar um turbilhão com Vênus, que é um gráfico que abre a energia emocional fazendo com que energias iguais a você se conectem; este processo levou mais uns dois meses.
No meio do tempo deste turbilhão, ela me liga toda entusiasmada:

- “Conheci uma pessoa fantástica, tem tudo a ver comigo, pensa como eu, tem os mesmos ideais de vida, estou muito feliz!”.

Pedi que ela tivesse calma e se entregasse com cautela, mesmo porque pessoas que passam por um longo tempo de sofrimento, quando encontram algo diferente e muito bom, encaram como a tábua de salvação, apegando-se de tal forma que deixam o outro sufocado. Ela me agradeceu a colocação.

Finalizo dizendo que, hoje, após 8 meses, estão de casamento marcado e felizes como no dia em que se encontraram.
Digo tudo isso para mais uma vez frisar que o sofrimento não deve, nem precisa fazer parte de sua vida, e a Radiestesia é, sim, um meio de mudar a sua energia e fazê-la feliz!



estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 15


isa
Maria Isabel Carapinha é colaboradora do site, radiestesista e trabalha também com Feng Shui.
Ministra cursos e faz atendimentos em residências e empresas.
Trabalha também com a mesa radiônica fazendo atendimentos em seu consultório ou à distância.
Visite meu Site e Acompanhe Maria Isabel Carapinha no Facebook
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Autoconhecimento clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa