Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade

A Família

A Família Publicado dia 6/14/2007 5:44:23 PM em Corpo e Mente

Compartilhe

   

A família normalmente encarna como tal quando há problemas kármicos a serem resolvidos. É muito comum notar-se problemas com pai, mãe, irmãos. Se vocês forem buscar, existe normalmente a necessidade de harmonização desses espíritos. A convivência diária possibilita um resgate maior do que convivências eventuais. Incluam-se aí maridos, mulheres e filhos.

Alguns espíritos têm resgate do passado. A obrigatoriedade social e moral de obediência e cuidados ajudam na harmonia e possibilitam que esses espíritos consigam superar suas diferenças passadas. Mas também é normal pessoas encarnarem sem serem da mesma família, tendo sido parentes anteriormente. Isso possibilita encontros maravilhosos, mas também alguns atritos que não se sabe bem de onde vêm.

Portanto, existem duas categorias:
Aqueles que vocês reconhecem imediatamente como amigos, como irmãos, estando ou não na mesma família.
E aqueles que causam uma antipatia instantânea.

No primeiro caso, vocês devem aproveitar para ter um entrosamento cada vez maior. São as pessoas que podem ajudá-los a crescer sem dor, na paz. Reconheçam essas pessoas e aproveitem essa ajuda.

No segundo caso, não rejeitem esses inimigos. Eles são aqueles que podem ajudar a crescer muito mais, apesar de normalmente ser através da dor.
Mas essa dor é maior ou menor dependendo da sua atitude. Se procurarem se harmonizar, procurarem entender o outro, tudo será mais fácil. Não esperem que o outro entenda isso e mude. Esse problema é dele e não seu.

Mudem vocês. Esse é o seu caminho. Sejam mais tolerantes, mais amorosos, mais atenciosos. Vocês verão que isso será como um bálsamo para os outros, que os relacionamentos melhorarão e vocês conseguirão aprender e evoluir muito com menos dor.

O carinho que nós temos por vocês deve servir de exemplo do carinho que devem ter com todos, espíritos amigos ou inimigos.
Saibam que a complacência não é aceitar tudo, mas somente saber reconhecer que a responsabilidade de alguns relacionamentos tumultuados é sempre dos dois. E que se um deles conseguir entender, lançará um bálsamo fresco e colorido neste problema.

A lição dessa mensagem: sejam complacentes. Se conseguirem isso com uma pessoa, podem se regozijar. Porque se vocês conseguirem com um de cada vez conseguirão com todos. Verão, então, como a dor diminuirá e a vida será mais fácil.

Fiquem com a benção de Jesus e peçam sempre a Sua ajuda para cumprirem aquilo a que se propõem.


por Silvia Fávero

Consulte agora
Mapa Astral   Tarot   Numerologia  


Obrigado por votar

O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe

         

Sobre o autor
Silvia Fávero é cromoterapeuta
com especialidade em gestantes
e atende em São Paulo.

Email: [email protected]
Visite o Site do Autor







Energia do Dia
4 - KUEI MEI - A JOVEM QUE SE CASA
Evite qualquer decisão ditada pela paixão.
Consulte o I-ching

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa