Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Adquirindo confiança no pêndulo

por Maria Isabel Carapinha
Publicado dia 14/06/2000 14:52:36 em Corpo e Mente

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Agora que você já consegue fazer com que o seu pêndulo diga SIM e Não é hora de adquirir confiança nas suas respostas. Independente de ele estar respondendo a alguma coisa importante, já está a princípio treinado para responder o que você quer. SIM e NÃO são polaridades. Coisas opostas. Você pode portanto utilizar o pêndulo para escolher entre quaisquer pares opostos - sim ou não, positivo ou negativo, masculino ou feminino, ying ou yang, preto ou branco. Basta você indicar por substituição a SIM e NÃO, qual a resposta que se encaixa a cada movimento.

Vamos então agora partir para um exercício que possa ser comprovado. O exercício da pilha serve para adquirirmos confiança no que estamos medindo. Uma pilha tem uma ponta que representa o pólo positivo, e outra que representa o pólo negativo. Pegue uma pilha, embrulhe-a em um papel, de modo que você não saiba para que lado está virado cada pólo da pilha. Segure agora o pêndulo e pergunte para que lado está o positivo e para que lado está o negativo. Preste atenção à forma de fazer a pergunta pois o pêndulo só irá te responder SIM ou NÃO. Seja o mais objetivo possível, por exemplo pergunte: O pólo positivo da pilha está apontando a direção da porta? Tente várias maneiras bem específicas de formular a pergunta, e vai notar uma sensível diferença na resposta obtida. Não se esqueça de anotar as respostas obtidas.

Repita este exercício várias vezes. Perceba que com o passar do tempo o pêndulo vai se tornando uma extensão de você mesmo. Tudo chega no tempo cero e com a prática.
Outra variação deste exercício e fazê-lo com os olhos fechados, de modo que você possa sentir o pêndulo, mas não pode vê-lo. Trabalhe com o seu "feeling", com as sensações, da mesma forma que trabalha com aquilo que seus olhos lhe mostram.
Concluído o trabalho da pilha, vamos trabalhar com o baralho. Nas cartas também temos polaridades opostas, os naipes pretos e os vermelhos. Determine que vai corresponder ao movimento de SIM e quem vai corresponder a NÃO. Verifique antes de começar para valer com as cartas voltadas para cima se a linguagem estabelecida com o pêndulo está correta. Insista até sentir firmeza no pêndulo.

Embaralhe as cartas e vire-as para baixo. Vá pegando, uma por uma, sem virar e pergunte ao pêndulo se pertence a grupo vermelho ou preto. Vá separando em dois montinhos e verifique os resultados. Vá treinando com confiança, neste momento você não precisa provar nada a ninguém é apenas um jogo para adquirir confiança no seu pêndulo. É óbvio que neste momento você não esteja acertando cem por cento, o que é perfeitamente normal. Não se deixe abater com tanta facilidade! Nesta altura se você conseguir acertar vinte por cento, considere-se vitorioso. Como qualquer outro exercício a radiestesia exige treino. A fim de adquirir habilidade e, então subitamente você irá adquirir o jeitinho certo. Repita este exercício várias vezes de forma descontraída e com persistência.

Vamos a outro exercício, o do sexo, que também corresponde a polaridades, o masculino e o feminino. Defina qual movimento do pêndulo corresponde ao masculino e qual corresponde ao feminino. Faça este exercício com as pessoas a sua volta e prepare-se para se divertir.

Um dois exercícios mais antigos do pêndulo é quando queremos saber o sexo de uma criança que vai nascer. Os antigos costumavam usar um anel amarrado em uma linha, que era colocado em frente à barriga da futura mãe e a seguir interpretava-se os movimentos do pêndulo para saber o sexo do bebê. No Japão se usa hoje em dia este método para se separar embriões em encubadoras. Os japoneses separam desta forma as fêmeas, que são mais valiosas, dos machos. É claro que isto exige uma exímia habilidade o qual se adquire com treino.

Vamos então a outro exercício. O grão de feijão. Pegue três xícaras. O grão de feijão deverá estar escondido sob uma delas. É necessário que alguém esconda por você. Segure o pêndulo sobre cada xícara e pergunte: O grão de feijão está escondido debaixo desta xícara? Repita várias vezes, pedindo a alguém que modifique a posição de grão de feijão.

Vamos agora tentar uma variação sobre o mesmo tema. Pegue três pacotes de chá de tipos diferentes, e ponha dentro de três xícaras. Segure uma amostra de um deles na mão e o pêndulo na outra mão. Segure o pêndulo sobre cada pote, concentrando uma parte da sua mente no pêndulo, outra no conteúdo da xícara e uma terceira na amostra que está segurando na outra mão.

A idéia é que o pêndulo estabeleça uma "empatia" entre a amostra que você carrega e o seu similar que está na xícara certa.

Tente um truque semelhante usando o baralho: procure o rei. Que consiste em pegar cinco cartas, três com números, uma dama e um rei. Vire o naipe para baixo. Neste caso você tem duas formas de encontrar o rei. Você pode perguntar sobre cada uma das cartas se este é o rei ou você pode segurar um rei não mão e perguntar sobre cada uma delas qual é similar a que você tem na mão.



estamos online

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 2 Votos

Gostou?   Sim   Não  



Sobre o autor
isa
Maria Isabel Carapinha é colaboradora do site, radiestesista e trabalha também com Feng Shui.
Ministra cursos e faz atendimentos em residências e empresas.
Trabalha também com a mesa radiônica fazendo atendimentos em seu consultório ou à distância.
Visite meu Site e Acompanhe Maria Isabel Carapinha no Facebook
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Cuide da sua energia
artigo O Invisível, visível, 2
artigo Quando as Estrelas Descem Para Dançar no Coração do Homem
artigo O poder do desinteresse








horoscopo



As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa