auravide auravide

Advertência para todos os Artistas


É a Arte expressão do divino em todas as suas manifestações. Retemos que o significado da palavra ARTE origine-se do conceito de SE PODER EXPRIMIR. Preciso se faz porém distinguir qual seja o gênero de tal poder.

A Arte aplicada nesta Terra deixou-nos muito perturbados. Temos da Arte um conceito sagrado. Referimo-nos à verdadeira Arte natural, assim como surgiu há milênios. Sabiam já os homens de antigamente que a Arte é uma divina expressão. Adoravam suas próprias manifestações sagradas adornando com a Arte seus templos e suas construções colossais. A arquitetura, a escultura, a pintura, a música, a ourivesaria, o baile e até as cerimônias das oferendas sacrificiais constituíam um espetáculo maravilhoso. Os sacrifícios cruéis eram contraproducentes, entretanto, a confiança que depositavam no perdão constituía para aquela gente, coisa sagrada. Chamavam-se por meio de exorcismos as forças Inerentes às esferas sobrenaturais, obtendo sensíveis ajudas. Assim sendo a Arte de outrora era sumamente mágica e espiritual, chegando-se até a realizar os fenômenos da levitação. A magia concorria para sustentar quase todas as construções daquela Idade antiga. Massas pesando 100 toneladas eram erguidas e transportadas sem nenhum esforço, como levadas por mãos invisíveis.

CRISTO disse que as montanhas poderiam ser levantadas e deslocadas pelas forças espirituais. Na tradução errada desta afirmação usaram a palavra "fé". CRISTO também disse que o TEMPLO poderia ser reconstruído num só dia. Ele disse a verdade porque poderíamos colaborar nisto.

E os artistas de hoje, que sabem eles sobre estas forças mágicas?, Nada, nem sequer que a Arte seja uma manifestação Sagrada. Eles; porém, fogem de todas as dificuldades relacionadas com a verdadeira Arte achando que baste apenas o efeito. Contentam-se, também, quando o observador encolhe os ombros pensando ser ele quiçá muito simples para compreender a anormalidade e a falsificação, ou quando julga o artista um louco.
A Arte hoje desapareceu para deixar lugar ao efeito. É preferível o arrepio do que a doutrina. Entretanto a desarmonia da obra sacode o sistema nervoso, fazendo mal ao corpo e À Alma. Quanto mais o homem se sinta perturbado ou sacudido diante de uma obra de Arte, tanto mais acredita o artista ser um construtor excelso: e o artista por sua vez pensa ser inatingível. A escultura em pedra de uma figura humana votou-se à irreverência. Tais esculturas assemelham-se a tolas caricaturas de espíritozinhos ou fantasmas como sabem imaginar e representar os homens totalmente impíos e sem DEUS. Vossa assim chamada arte abstrata constitui um completo desvio do humano sentir e de sua força imaginativa, não passa de um brinquedo e uma zombaria contra a beleza da Criação. É ainda pior e mais contraproducente do que uma criação diabólica. A gente ri-se de tais degenerações mas não ousa contradizer os especialistas de Arte e seus responsáveis que, por meio desta arte blasfema, ganham muito dinheiro. Não se envergonham nem mesmo em gastar o dinheiro adquirido por meio de tais deformidades!
Também a igreja por sua parte é bastante insensata em participar deste coro blasfemo, evitando assim defender a beleza da criação divina, contanto que sejam modernas e de conformidade com os tempos! Entretanto quando se trata de difundir revelações, repelem todo ao ensinamento apropriado para a hora presente.

Procuramos saber se os críticos especializados na Arte, acreditam realmente serem aqueles anormais, grandes gênios. Mesmo que os críticos se calem, esses assim chamados artistas iludem-se pensando fascinar a gente. Isto acontece em todo o campo da assim chamada arte atual sem se excluir nem mesmo a música. Infelizmente há quem seja de opinião que na Arte não é preciso copiar a Natureza e a forma normal e que seja mesmo suficiente que as pessoas, com a ajuda da própria fantasia, compreendam a concepção do "artista". Mas se assim losse, poder-se-la inventar e reproduzir como peças de arte, todas as formas mais estranhas e mais estrambóticas.
ERRO!

Ama o homem reproduzir em formas fantásticas tudo aquilo que mais lhe agrada.
Pois bem, guardem para si tais criações deixando de oferecê-las à admiração do público. Explicaremos o que seja e o que significa a verdadeira Arte.

O desvio da linha normal não é expressão de Arte, mas serve apenas para aqueles que se comprazem com tais formas e coisas. O impulso artístico transmuta-se em onanismo que, levado por um mórbido desejo de afirmação, degenera numa perversa arte diabólica.

A Arte deve ser manifestação divina e não demoníaca. Os especialistas de arte e os artistas atuais não possuem nenhuma idéia da efetiva existência do sacro e do demoníaco entre o círculo de uma determinada dimensão, achando-se esta em estreitíssimo contato com a dimensão terrena. Para tais artistas o demoníaco da arte não significa outra coisa senão uma espécie de superstição no campo da Imaginação, visto nada saberem da Verdade.

Num parque de uma cidade ocidental, numa nação possuidora de tradições culturais de mentalidade clerical, acha-se uma figura de tal forma monstruosa e contorcida, ao ponto de não se poder reconhecer nela nem mesmo longinquamente, a forma de uma figura humana. Este "edificante monumento" hiperdimensional custou uma soma fabulosa. Num ponto mais afastado, sentava-se uma mulher sobre um banquinho. Chorava amargamente. Fora-lhe indicada uma necessária operação nos olhos, mas a pobrezinha não tinha recursos para isto. Entretanto o destino poupava-lhe a dor de ver aquele "monstro humano" que havia custado tanto dinheiro e ofendia a beleza e harmonia do Criador!

Oh homens da terra, para aonde vos conduz vossa incredulidade?
A falta de fé em DEUS alcança em primeiro lugar os poderosos, os Chefes, os ricos, as pessoas de negócios e enfim ao povo em sua massa imensa, os quais vivem mima cegueira espiritual, que os levará a ruína.

Também a Arte constitui uma forma de expressão, uma necessária linguagem internacional que deverá ser compreendida por todos. Ela é tão universal que poderia remover todas as contrariedades e mal-entendidos.
Entretanto a quem ela honra?

Ela imortaliza os massacradores dos povos, os falsos profetas, os tiranos, os déspotas e os loucos, chefes de toda a Humanidade!
Procuramos em vão sobre essa Terra, um monumento dedicado a um grande cultor das coisas espirituais. Onde se poderia encontrar uma artística lembrança marmórea de um Mensageiro de DEUS descido para vos ajudar e corrigir? Alguma coisa de semelhante encontra-se às vezes nalgumas igrejas. Mas todos os vossos monumentos situam-se em lugares faustosos ou nas praças públicas.
Se um poeta houvesse esgotado seu tesouro de expressão e desejasse, malgrado isto, falar ao homem do Grande Mistério da Criação Divina, restar-lhe-ia uma só forma de expressão, a da linguagem da Alma e do Espírito. Entretanto a Arte moderna oferece hoje a expressão do horror, da aniquilação, do esfriamento e da decomposição!A linguagem artística hodierna nada de bom anuncia para as pessoas, salvo raras exceções. Sua forma de expressão transcendente tira toda a esperança e confiança aos povos e a influência dessa depressão devastadora denota-se em todos os campos. A linguagem artística da antigüidade falava com expressões bem diferentes. Transmitia a grandeza, a força da magia, o mistério do mundo dos espíritos e a adoração por um Criador único e Misterioso. Exprimia sempre a beleza e a harmonia universal. Mas aquilo que então significava o princípio de uma verdadeira Sabedoria, hoje se tornou desprezado e tido como superstição, ou melhor dito, sinônimo de falsas crenças e de erros.

Artistas como Rafael, Miguel Ângelo, Paulo Veronese ou Rubens, assim como Leonardo da Vinci, Tiepolo e outros, e na música Beethoven, Bach, Mozart, Rossini, Verdi e outros compreendiam de justa maneira o sentido da Arte e seu objetivo; estavam convencidos de que a verdadeira Arte é somente adoração dirigida a DEUS, veneração a Sua Grandeza Divina testemunhando a Suprema Verdade do CRIADOR. Assim criaram coisas grandiosa e imortais. Abriram seus corações às inteligências invisíveis, unindo-se com elas de tal maneira que, por seu intermédio puderam manifestar-se.

Na Arte moderna falta ao artista a verdadeira inspiração através da crença em DEUS. A Arte baseada na fé em DEUS foi sempre sustentada, auxiliada. Por isto conseguia manifestar-se de forma positiva. Mas a atual arte, sem crença, não possui traços de adoração ou de uma linguagem divina, nem de veneração ou de respeito para com o CRIADOR, mas, ao contrário, constitui só uma grave ofensa às suas possibilidades e dimensões.
O descrente cria apenas ímpias imagens em suas fantasias. Por meio de tais artistas tornam-se as pessoas doentes da Alma e do sistema nervoso. Corrompem-se com um comportamento vulgar e com a superexcitação de baixas paixões.

Quando foi que vossos psicólogos demonstraram que a perversão e o desvio dos artistas são um crescente perigo para a harmoniosa convivência dos homens? Falam de esquizofrenia no lugar de "clariaudiência" ou de uma percepção transcendente da dimensão espiritual. Escondem o fato de que existem artistas esquizofrênicos, simpatizantes com as esferas da destruição, com as quais se unem por meio do pensamento. Suas obras não expressam Arte, mas imagens de manifestação ateísta e profana. Observamos certo homem político, que visitava uma exposição de Arte. Parou, perplexo, diante de um montão de pedra e de formas e, concordando com o especializado em Arte que o acompanhava, achou a escultura grandiosa, nova... até mesmo admirável! Mas o que representava realmente - perguntou ao especialista? Este sussurrou-lhe: "Dito em confidência, o artista quis representar vossa excelência."
Esta resposta fez o homem político tremer e gritar, com voz alterada: "TERRIVEL!"

O susto restituiu-lhe o justo critério imparcial e a exclamação foi a pura e verídica expressão de sua Alma.
Por que vos deixais amoldar em tais coisas? Copiamos alguns de vossos estudos e esboços artísticos concretizando-os sobre nosso Planeta. Mas são vossas criações tão irracionais que puseram os nossos muito admirados, perguntando-nos como isso poderia ainda acontecer, tendo-se já passado mais de 5.000 anos da existência na terra de uma Arte que fora grandiosa? Como se reduzira ela a tão terrível retrocesso, contraproducente e primitivo?!

Por isto não subestimeis o critério de vossos jovens. Embora tudo imitem, também avaliam a velha geração, da forma merecida, considerando-a louca e tola. Perderam os jovens toda a estima pelos que os precederam, pais, pedagogos, órgãos de segurança responsáveis, nada nem ninguém mais é tomado a sério. A famigerada linguagem da desajuizada produção artística, que não contempla a natureza, abrirá os olhos da juventude e dos futuros Chefes de Governo. Falta bom senso a esta forma de arte internacional, pois ela penetra profundamente nas Almas, conturbando-as. Escarnece dos homens, de seus problemas, de seus amores, de sua religião e de seus segredos. Por esta razão, respondem os jovens a todas essas ofensas com maldições, com um comportamento anti-social, com a inobservância de todos os valores existentes, com o desprezo por todas as Leis, com o desinteresse por todos os compromissos políticos e sociais.

Sabemos que vossa evolução educacional permanece tão atrasada que não suporta nenhuma crítica honesta e especialmente se tocar em vosso fanatismo e amor-próprio. Quem é criticado começa logo a odiar e sem aceitar conselhos, discute, regride. Se vossos meios artísticos não aceitam esses conselhos, tomando-os como fantasmagorias, é por não possuírem nenhuma fé numa forma de existência superior; preferem crer numa morte absoluta, desprovida de recordações e de consciência. Mas isso é uma ESTUPIDEZ, que na Terra, aliás, perpetua-se por milênios. Se soubessem da verdade sobre sua vida, sua efetiva existência, que continuará sempre, seja mesmo em diversas formas, tais artistas decerto muito se envergonhariam.

Já vos falamos que a Arte é manifestação divina. Ela é uma expressão de comunicação universal, originada pela adoração a DEUS, a fim de que possa Ele expressar-se, inspirando o artista em sua obra de arte. Paulo Veronese tinha visões dos temas sagrados, quando pintava.
Ao contrário, vossa arte de hoje tornou-se um meio de comunicação diabólica, fruto da descrença e irreverência para com DEUS. Infelizmente, ela traz consigo a loucura. Não queremos ralhar convosco, mas revelamos amorosamente vosso erro, visto devermos preparar-vos para o REINO DO SENHOR sobre essa Terra.

PERGUNTA: Existem hoje muito mais estudantes de que já houve. Esta superabundância deverá ser tomada como um mal?
RESPOSTA: Hoje tudo é facilitado aos estudantes. Amiúde recebem bolsas de estudo. Acontece que, na maioria das vezes, falta-lhes apenas a perseverança e o discernimento. Os estudantes pensam somente no tempo livre para folgar. E o verdadeiro estudioso bem intencionado é boicotado e atrapalhado pelos colegas negligentes, perdedores de tempo. É tudo isto muito deplorável e de modo especial quando se trata de profissões de grande responsabilidade. Também o artista deverá ter uma grande responsabilidade, que infelizmente é desvalorizada e subestimada. O artista é qual um MEDIUM, um anunciador de escondidas verdades. Entretanto certos anunciadores poderão difundir também a mentira e o erro, no que se encerra uma grande responsabilidade e um grande perigo.

Os responsáveis por essa Humanidade fixam-se, na maior parte das vezes, em metas enganadoras, contrárias aquelas que deveriam seguir, por inspiração Divina. Por isso as perspectivas são de uma ameaça, uma possível guerra, uma destruição da Terra, o que não pode constituir um escopo real e ambicionado.

A arte com toda a sua possibilidade revela-se um meio de instruir o povo... ela pertence à cultura. A cultura é sempre um meio de educação e aperfeiçoamento. Disso tiveram os antigos concepções bem mais altas, em comparação com as de hoje! Os romanos sabiam o que significava "colere", isto é, cultivar os meios de expressão através da matéria.

Não se pode dizer sejam obras de arte aquelas exposições de objetos, diante dos quais o homem jamais se sentirá tomado por veneração profunda. Quando a Arte é verdadeira Arte, o homem sente lhe esteja ela revelando o segredo que estava procurando...

A ARTE é uma manifestação de DEUS aos homens.
Com sincero amor,

Ashtar Sheran


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


clube Ashtar Sheran é comandante de uma frota estelar com missão de ajudar o planeta Terra, que envia mensagens canalizadas para pessoas especiais.
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Corpo e Mente clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa