Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Avaliando os níveis energéticos de um Casamento

por Maria Isabel Carapinha
Publicado dia 14/06/2000 14:43:36 em Corpo e Mente

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Quando a lua-de-mel acaba e um casal passa a viver junto por um tempo, a realidade de romance se modifica ou é substituída pela realidade do relacionamento. Cada um começa desenvolver, através da experiência da vida em comum, um retrato totalmente diferente do outro, e, o que é mais importante, uma percepção diferente também. Você conhece o lado feio. Trabalha mais, brinca menos. Existem responsabilidades a serem cumpridas.

Se o elo do amor for forte, a realidade do relacionamento permanecerá; tem-se então um casamento. Por outro lado, se a realidade do romance foi a base do casamento, a realidade do relacionamento é chocante demais. O casamento acaba em divórcio; o elo do amor é fraco. O pêndulo pode contribuir muito para um casamento. Quando tensões, conflitos, desentendimentos e questões prementes surgem no casamento, uma leitura do pêndulo pode trazer luz para a dificuldade em questão rapidamente.

A consciência dissipa e dissolve as nuvens da ruína e do desânimo. A consciência ilumina a noite escura da alma com o sol da claridade. Entrar periodicamente em sintonia com uma relação de casamento irá proporcionar uma sensibilidade de sentimentos, pensamentos e pontos de vista do outro.

Muitas vezes não conseguimos expressar o que sentimos. Um dos parceiros pode estar passando por momentos emocionais difíceis. Com o pêndulo você pode descobrir o que está acontecendo imediatamente. Tente, faça uma série de perguntas específicas ao pêndulo. As respostas afirmativas com leituras escalonadas de 0-10 podem apontar com precisão o problema. Você pode descobrir por exemplo que o problema do seu casamento não tem ligação com o seu relacionamento, pode ser uma influência externa.

Aqui está uma lista de pergunatas que podem ajudá-lo a descobrir o causador do problema. "Existe algo de específico que faço? Digo? Penso? Sinto? Acredito? Que perturba fulano?"
Se receber uma resposta afirmativa a uma destas perguntas seja cada vez mais específico. Uma série de respostas negativas a estas perguntas pode indicar que o problema esteja com a outra pessoa.

Avaliamos a seguir os resultados e tomamos as diretrizes caso tenha solução, algumas vezes podemos chegar à conclusão que o momento destas duas pessoas estarem juntas chegou ao final.

Já viveram e aprenderam o que tinha para ser aprendido juntos a agora chegou o memento de cada um tomar um rumo diferente com objetivo da felicidade de ambos.



estamos online

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  



Sobre o autor
isa
Maria Isabel Carapinha é colaboradora do site, radiestesista e trabalha também com Feng Shui.
Ministra cursos e faz atendimentos em residências e empresas.
Trabalha também com a mesa radiônica fazendo atendimentos em seu consultório ou à distância.
Visite meu Site e Acompanhe Maria Isabel Carapinha no Facebook
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Cuide da sua energia
artigo O Invisível, visível, 2
artigo Quando as Estrelas Descem Para Dançar no Coração do Homem
artigo O poder do desinteresse








horoscopo



As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa