auravide auravide

Cinturão de Fotons 2


Olá amigos, o tema de hoje É fruto de canalizações e telepatia que pude identificar em alguns trechos que li de outros canais. O povo que mais me envia mensagens sobre este tema, é o dos pleideianos, habitantes das Plêiades. Muito de nossas artes vieram deste povo sensível, detentor de grandes conhecimentos cósmicos.
Os Maias contribuíram enormemente para o desenvolvimento da Terra com seus conhecimentos astrológicos, principalmente. Suas profecias se estendem até 2012, quando termina o Calendário Maia. Este povo também é chamado de “cigano cósmico“, pois atua em diversas culturas que se instalam, prosperam e simplesmente desaparecem sem deixar vestígios, como no caso da civilização Maia.
Seria coincidência o nome de um dos sete astros da constelação das Plêiades se chamar Maia? Seria também coincidência a referencia nos antigos escritos da Índia (Bhagavad Gita) se referir ao véu de ilusão que envolve a Terra como “Maia”?

Os visitantes das Plêiades mostram uma vasta nuvem de energia na qual o planeta está envolvido. Este vasto campo de energia é chamado de Cinturão de Fóton, imensa massa de espaço, fortemente energizado pela luz. Como já me referi em outro artigo sobre a matéria, a entrada da Terra para dentro deste Cinturão irá anunciar a tão esperada ascensão do planeta, quando passaríamos da terceira para a quinta dimensão, transitando rapidamente pela quarta dimensão. (veja no fim do artigo o link: Extraterrestres, o que são, o que querem).

Vamos explicar um pouquinho o que seria o "Cinturão de Fóton".
Fóton e uma partícula de energia clara registrada pelos olhos quando atinge a retina. Quando o elétron muda sua órbita, os fótons são emitidos pelos átomos. Alguns deles atingem a retina diretamente e podemos ver o bulbo da lâmpada. Outros se refletem nos objetos e no ambiente, proporcionando sua visualização.
Imaginem uma imensa nuvem no espaço feita apenas de Fótons, pura energia de luz. Imaginem nosso planeta indo para aquela nuvem. Com certeza terá um efeito sobre nós.
Esta energia vai alterar nosso DNA, encher nossas células, alterar nossos sentidos, nosso modo de pensar e irá permitir que vejamos as dimensões superiores.

O Cinturão de Fóton, é uma área de espaço imensa no formato de uma rosca perto das Plêiades, uma constelação composta de 400 a 500 estrelas, situada a uma distância de cerca 415 anos luz de nós na direção de Touro. A constelação foi chamada pelos antigos gregos de “Sete Irmãs" porquê só conseguiam, (e isso vale ainda hoje), ver somente sete estrelas a olho nu.
Embora nosso sistema solar esteja para chegar ao cinturão, nós ainda não podemos vê-lo, porque ainda não está emitindo, ou seja, os fótons ainda não podem sair para estimular nossas retinas, impedindo sua percepção.
Mas uma vez dentro dele, passaremos a vivenciar alguns fenômenos, tais como o aumento de experiências paranormais e uma maior lucidez dos sonhos.

No livro de Fred Sterling, “Kirael: A grande mudança“, o autor nos conta que quando a Terra cruzar este perímetro externo, iremos ao encontro da parte mais densamente compactada do campo. Os fótons estão tão comprimidos que obscurecerão a luz do sol e teremos três dias de profunda escuridão (veja link do artigo no final deste texto). Esta total escuridão na presença de energia densa de luz parece uma contradição, mas em tese os cientistas afirmam que pode acontecer.
Os pleideianos dizem que atravessar o limite externo do Cinturão leva três dias, o que nos remonta à profecia bíblica dos três dias de escuridão, que poderia significar esta transição:
“...e o sol tornou-se negro como saco de silício e a lua toda tornou-se como sangue. E as estrelas do céu caíram sobre a Terra”. (Apocalipse 6 ,12-13)
“O sol se converterá em trevas e a lua em sangue”. (Atos 2, 20)
“E haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas”. (Lucas 21, 25)
“Então verão vir o Filho do Homem, com poder e grande glória. Ora, quando essas coisas começarem a acontecer, exultai e levantai vossas cabeças porque vossa redenção está próxima“. ( Lucas 21, 27-28).

Devemos nos lembrar que isto se passou há 2000 anos e naquela época não havia vocabulário para descrever determinadas situações, como por exemplo um helicóptero, um forno de micro ondas ou até mesmo uma nave.

Os pleideianos afirmam que a Terra se tornará muito fria e que a eletricidade não mais operará pois não terá condições de se mover pelos fios. Aparentemente qualquer energia da terceira dimensão não sobreviveria à passagem pelo Cinturão sem mudanças imensas, por esta razão, o campo de energia da terra deverá ser desmanchado antes que isto aconteça. É por isto que a grade magnética da Terra está sendo retirada aos poucos. As rotas dos aeroportos designadas em graus Norte Magnético estão sendo renumeradas, animais que se norteiam pelas linhas das forcas magnéticas para seus padrões migratórios, estão ficando confusos, baleias encalhando e assim por diante.
Outro efeito colateral, será um tremendo abalo na estrutura sísmica da Terra, que causará vários terremotos, intensas atividades vulcânicas, mudanças nos padrões climáticos.

Desde de 1996, o campo magnético da Terra está muito alterado devido ao desvio dos pólos magnéticos. Nossas células cerebrais contém pequena quantidade de material magnético, o que torna nossa memória dependente do campo magnético do planeta. Desta forma, se com a reversão polar a intensidade do campo cair para zero, nossas memórias poderão ser totalmente extintas. É o chamado “Marco Zero”, que opera em reinos além de nossa realidade tridimensional. A tecnologia do “Marca Zero” servirá de meio para trazer ao mundo notáveis mecanismos, tais como fontes de energia livre e aparelhos limpadores da atmosfera; porém, conforme aponta Drunvalo Melchisedek, tal tecnologia não será suave, pois poderá desestabilizar a economia de muitos países e alterar a balança do poder que hoje depende enormemente das fontes de energia planetária.
Nossos amigos, seguindo as profecias Maias, confirmam a data da mudança para 2012. O Apocalipse bíblico prevê que após três dias de escuridão a atmosfera irá se iluminar e voltar ao normal.
Porém, além da terceira dimensão, existe um tempo simultâneo, não linear, e então de certo modo isto já aconteceu para eles.Na grande mudança, as pessoas despertas acordarão como de um sonho com seus centros de energia totalmente abertos, livres do “Véu de Maia” (ou de esquecimento), tanto pessoal quanto planetário, pertinentes à terceira dimensão. As pessoas começarão a se reconectar com suas origens e propósitos da alma, que é o retorno da Consciência Crística para o planeta. Por outro lado, a grande maioria estará em confusão e negação.
As constelações estarão diferentes e as estrelas bíblicas que cairão do céu poderão ser as naves aterrissando. Talvez também, a bíblica “Sua redenção esta próxima” se refira à mudança de freqüência dimensional.

Por fim, este “Véu de Maia” que envolve nosso planeta, cairá de tal modo que os primevos Semeadores de vida na Terra, vindos de outros sistemas, reaparecerão, nos auxiliando a firmar uma nova civilização e incorporar novos paradigmas de realidade.

Muita Luz



estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 3


clube Vera HT é
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Corpo e Mente clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa