auravide auravide

Drogas - O Passaporte para o Inferno


Quem atende aos usuários de drogas sabe que não há como ajudá-los, se não for pelos caminhos da medicina com a espiritualidade. Basta ver os índices altíssimos de recaída, nos primeiros meses de desintoxicação.
Atendi a um usuário diário de cocaína, maconha e álcool, que com muita disciplina e determinação, hoje está completamente livre desse pesadelo. Claro que não foi fácil.

Não tive tanta sorte com outro que já usava cocaína há mais de 20 anos. Só ficou um ano limpo. Na época, eu não conhecia o processo do RENASCIMENTO (Link no final). Mas mesmo assim, todas as vezes que nos encontrávamos, ele estava numa luta constante para se livrar do vício.

Fiz atendimento de uma família inteira (mulher e três filhas), cujo pai, já falecido, viciara as três meninas, desde criança. Elas moravam num quarto todo pintado de preto. Não conseguiam sair dali. Era como se fosse um cárcere. O que saiu lá de dentro de espíritos das trevas, não foi brincadeira. Todas renasceram e hoje estão libertos.

A droga, o álcool e outros tipos de dependência criam uma ponte com os espíritos que estão em baixa densidade, necessitados de sentirem essas sensações. Se as pessoas soubessem o que fica ao lado delas! Mesmo aqueles que dizem que é só uma maconhazinha. Não se iludam, qualquer quantidade é suficiente para “eles” ancorarem e sugarem a sua energia, sua vida, sua disposição, seus sonhos, seu sucesso.

Hoje, com a mensagem do Arcanjo Miguel sobre a limpeza dos 21 dias, que retira dispositivos, registros, arquétipos, magias, miasmas, percebo que fica mais eficaz o tratamento. (Link no final).

Espiritualmente, quem usa drogas, fica com uma névoa marrom, parecendo uma cortina, não deixando o rosto muito nítido. Numerologicamente são os nascidos no dia 15 de qualquer mês que são os mais vulneráveis ao vício. Não que os outros dias não possam viver essa experiência desastrosa, mas esse dia, em especial, já é um alerta.

Quando a pessoa começa a fazer uso de drogas ou álcool - por curiosidade - vai se instalando gradativamente, na parte anterior ao chacra laríngeo (atrás do pescoço), um dispositivo que serve como atalho para os espíritos que desencarnaram por overdose.
É ali que começa a simbiose. Quando o usuário se dá conta, já está escravizado pelas drogas. O espírito consome boa parte do efeito e quem está usando não consegue parar. Há uma legião deles no astral, só na espera do incauto. Nenhuma terapia é eficaz sem a parceria de um tratamento espiritual. É necessário que a pessoa esteja determinada a parar. Enquanto houver dúvida, os espíritos ficam por perto só na expectativa da oportunidade. Eles não pensam em outra coisa a não ser se drogar.

Esse local, atrás do laríngeo, é onde fica instalada a vontade. Quando trabalhamos com usuário de drogas, precisamos limpar esse local do registro de comando de se drogar ou se alcoolizar. É como se fosse um estado de hipnose.

Quem se droga ou se alcooliza, fuma cigarros, ingere alimentos pesados como carne vermelha (mal passada), sintoniza com o lado negro espiritual. Ele está embotando a criatividade natural e a conexão crística, existentes em todos nós. A sintonia divina desaparece, dando lugar a uma falsa inspiração, fornecida ironicamente, pelo espírito usuário. Dependendo da conexão, o espírito empurra o cidadão para uma overdose, não se importando que ele morra. Em outros casos esse espírito ancorado, dá o tom da assiduidade de consumo, pois não quer procurar outro mantenedor.

Escuto muito blá-blá-blá na mídia, mas para mim, que tenho a experiência em atendimento, sei o que realmente funciona: Vontade, perseverança, sentir-se útil e amado. Isso só se consegue com a combinação inteligente entre desintoxicação, terapia e vida espiritual.

Estamos nos preparando para elevarmos nossas consciências e passarmos para a 4a dimensão. As pessoas precisam saber que, continuando com esses hábitos, não haverá nenhuma chance delas irem viver nessa nova forma de organização do Planeta Terra. Precisaremos estar limpos física, mental, emocional e espiritualmente. Nossos medos, nossos padrões mentais, nosso corpo, nosso karma, nossa conexão com DEUS, precisarão estar resolvidos. Ainda há tempo. Não sei quanto, mas ainda há.



estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


Vera Marfeza é Terapeuta holística,
Numeróloga cabalista,
espiritualista e colaboradora do Site.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa