auravide auravide

Em que ponto deixei de existir


Se neste momento de sua vida você deixou de gostar do que faz, se sente deslocado(a) junto a seus amigos, se sente rejeitado(a) por sua família ou em seu relacionamento, tenha certeza que em algum momento de sua vida você deixou de existir.
Toda pessoa tem características e qualidades próprias que a fazem amada e reconhecida por todos em função de seus méritos; se isto não fizer parte de seu dia-a-dia, tenha a certeza mais uma vez de que em algum momento você deixou de existir.
Admitir as falhas e características ruins em nós mesmos é uma das coisas mais difíceis da vida, pois temos sempre a enorme tendência a nos moldarmos às situações e às pessoas, sempre no intuito de sermos aceitos. Porém, nesse momento de adaptação involuntária, você deixará de ser você mesma.

Tudo que você precisa fazer é rever sua vida, observar as situações que lhe causaram tristeza, aqueles eventos infelizes que se repetem constantemente e esta é uma bela dica. Fatos repetitivos fazem com que possamos admitir que existe um problema básico por trás.
Sinal certo da existência de um bloqueio energético em sua vida é a repetição contínua de determinados fatos. Um bloqueio energético sempre desencadeia um padrão de comportamento ou um tipo de reação; de forma consciente você pode desejar da maneira mais profunda possível algo que é exatamente o oposto de seu bloqueio, porém o desejo consciente é o mais fraco dos dois, uma vez que seu inconsciente é sempre o mais forte e será onde o bloqueio se armazenará.
Vamos citar um exemplo na área de relacionamentos: se desejamos de maneira profunda compartilhar a vida com alguém e vivemos exatamente o oposto, ou seja, situações que não tem continuidade, que sempre terminam em nada, sem motivo definido, existe bloqueio por trás desta situação e este precisa ser pesquisado, identificado e eliminado, do contrário tudo que for vivenciado terá o mesmo fim.

O bloqueio deste exemplo acima pode ser relacionado a um processo de rejeição na infância, levando-nos ao medo de amar. Pode ainda ser um acontecimento marcante que nos tenha acontecido que nos priva do querer confiar no outro; pode ainda ser um acidente que, de uma hora para outra, pode ter modificado radicalmente sua vida.
No entanto, você agora está equipado para eliminar a fonte de sua infelicidade.
Os bloqueios são identificados na Mesa Radiônica e nela são eliminados. A Mesa Radiônica é o instrumento mais poderoso da Radiestesia, capaz de eliminar estes bloqueios e equilibrar suas energias.
Somente quando você eliminar os bloqueios de sua vida, desejar o amor de maneira saudável e madura e estiver disposta a amar na mesma medida em que for amada é que o amor virá.

Há alguns anos atendi uma moça que passou exatamente por uma situação que a fez deixar de existir, mas ela não conseguia identificá-la como a causa da repetição contínua de situações que passaram a ocorrer em sua vida.
Ela me procurou, pois dizia sentir-se muito só, que seus relacionamentos não iam para frente, de uma hora para outra terminavam sem motivo algum. Por conta própria havia chegado à conclusão de que o problema estava com ela e queria se tratar.
Expliquei-lhe então que faria um estudo de suas frequências energéticas, padrões e vícios de comportamento desenvolvidos ao longo do tempo; depois disso faria o pleno restabelecimento de todas as suas frequências energéticas, analisaria e identificaria de maneira completa qual fato estaria na origem de situações repetitivas, eliminando neste momento a energia bloqueada .

Ela concordou de imediato e disse que faria tudo para que sua vida fosse modificada.
Iniciei então o tratamento e após o pleno equilíbrio de suas frequências vitais, identifiquei um bloqueio energético ocorrido fazia oito anos e ela então parou e ficou me olhando muito intrigada e assustada ao mesmo tempo. Depois de se recuperar me contou o que havia acontecido: ela namorava um moço que sua família não aceitava por puro preconceito, e então decidiu investir na relação isolando-se da família e passou então a viver somente em função do seu namorado. Saiu de casa e foi morar com ele, enfrentou situações duras com séria restrição financeira, fato que nunca havia vivenciado, mas sempre acreditava que o amor superaria tudo.

Viveu esta situação por um ano e meio e considerava-se feliz, apesar de toda a sua família ter lhe virado as costas. Um dia seu namorado acordou como sempre cedo, foi tomar banho para ir trabalhar, mas sentiu-se mal e caiu no banheiro, ela foi tentar chamá-lo e ele não respondia, pediu ajuda aos vizinhos que, depois de tentar de tudo, disseram que ele estava morto.
O choque foi imenso, não podia acreditar no que estava acontecendo! Aos trancos e barrancos tentou continuar a levar a vida totalmente isolada de todos.
Refez-se, namorou outras pessoas... e assim a repetição estava consolidada e o bloqueio formado. Todas as pessoas com quem ela tentava se relacionar a deixavam sem nada dizer.
Eliminei então este enorme bloqueio formado que quase beirava um trauma agudo e expliquei-lhe que naquele exato momento em que a tragedia aconteceu, havia se instalado um enorme medo de amar de novo e ser abandonada; por essa simples razão ela passou a atrair para sua vida pessoas que não queriam compromisso. Quando me refiro a 'enorme bloqueio' estou abrangendo a situação ocorrida com o namorado e o abandono da família, e nesse exato momento ela havia deixado de existir.

Hoje, passados alguns anos, ela se encontra casada e feliz, realizada como um todo e dona de sua vida, sendo uma pessoa íntegra, centrada e realizada.


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstar Avaliação: 4 | Votos: 3


isa
Maria Isabel Carapinha é colaboradora do site, radiestesista e trabalha também com Feng Shui.
Ministra cursos e faz atendimentos em residências e empresas.
Trabalha também com a mesa radiônica fazendo atendimentos em seu consultório ou à distância.
Visite meu Site e Acompanhe Maria Isabel Carapinha no Facebook
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Corpo e Mente clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa