Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Florais e Radiestesia

por Sergio Scabia
Publicado dia 05/06/2000 22:21:01 em Corpo e Mente

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Algo ainda inexplicável acontece quando seguramos na mão um pêndulo ou uma vareta de madeira verde.
De fato, se queremos furar um poço num determinado terreno para encontrar água, a maneira mais segura e barata é pedir ajuda a uma pessoa que chamaremos de "sensitiva" e que tenha uma séria reputação na área em questão. Ela irá pesquisar o local com seu instrumento, e em pouco tempo dará as indicações sobre onde furar e qual a vazão de água que obteremos. Quer custo/benefício efetivo? Ache um bom Radiestesista... ou faça algo usando complexos e caros sistemas que decifram o eco de ondas de sonar enviadas no subsolo e que analisam a composição das camadas subjacentes...
Que tipo de sintonia, que vibração é captada, que informação fica disponível? Se esperarmos um artigo cientifico publicado na revista inglesa "Nature" para começar a estudar ou a aplicar esta técnica às nossas necessidades, poderemos estar perdendo muito, muito tempo.

Se, ao contrário, seguindo nossa intuição, iniciarmos o uso desta arte com a postura mental positiva e serena, buscando sobretudo resultados práticos e lembrando que existem ainda toneladas e toneladas de descobertas para acontecer e serem reconhecidas finalmente como "fatos científicos" estaremos fazendo seguramente algo inteligente e que nos tornará cada vez mais experientes e confiantes.
Não queremos provar nada para ninguém, desejamos somente viver melhor, com mais retornos, informações e perspectivas.

No meu dia-a-dia uso um pêndulo oco, onde é colocado um testemunho da pessoa a ser analisada, para preparar as essências florais e o resultado é bom. E fica cada vez melhor quando aprimoro a concentração, a harmonia interior e busco ajudar os outros da forma mais correta e amorosa possível, e quanto mais florais conseguir fazer, com o feedback dos pacientes que confirmam a escolha realizada em função do momento que estão passando.
(Por convenção estabelecida, se o movimento do pêndulo ao sair da inércia for longitudinal, no sentido do comprimento do frasquinho, o vidro é separado dos outros e novamente passamos o pêndulo sobre ele para confirmar. Caso seja mais um SIM é sinal que precisamos colocar esta essência dentro do vidro de 30 ml para consumo final. Quando o movimento do pêndulo é em sentido transversal ao frasquinho, temos um NÃO como resposta e concluímos que não se trata de essência indicada para o caso. É claro que o momento da leitura é muito precioso, é indispensável estar relaxado, tranqüilo, positivo e amoroso, evitando ao máximo qualquer interferência pessoal na escolha. Vale lembrar que muitas das nossas desarmonias se encontram no nível inconsciente da psique e que precisam ser reconhecidas e trabalhadas para a expansão plena da consciência, tarefa esta que os Florais encaram com suave eficiência.) Veja mais sobre a escolha das essências.(*)

Sim, o importante é fazer; fazer bem feito, cada vez melhor. Em oito anos de uso do pêndulo nunca aconteceu sequer um fato desagradável que me fizesse pensar de largá-lo para usar somente outras técnicas de diagnóstico de Florais. Bem utilizado o pêndulo acessa níveis sutis onde, no silêncio e na intenção de ajudar a nosso semelhante, encontramos as respostas mais precisas e pertinentes a todas as perguntas inteligentes que são formuladas. Podemos pesquisar nosso estado emocional, os ambientes em que vivemos, os alimentos que ingerimos, a localização de objetos e pessoas e muito mais... vamos começar?

OBS: Este texto, postado em 05/06/2000, foi atualizado mais de 5 anos após sua publicação original, ganhando uma sequência animada de imagens referentes à preparação de um pêndulo individual e uma janelinha explicativa.

Clique aqui e conheça os testes de florais interativos do Site



estamos online

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  



Sobre o autor
sergio
Sergio Scabia é co-fundador do Site Somos Todos UM
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Cuide da sua energia
artigo O Invisível, visível, 2
artigo Quando as Estrelas Descem Para Dançar no Coração do Homem
artigo O poder do desinteresse








horoscopo



As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa