auravide auravide

O poder das cores para humanizar ambientes


A tecnologia é uma exigência dos novos tempos, mas pode abrir caminho para uma menor manifestação de calor humano e isso leva ao estresse, depressão e doenças físicas. Em razão dessa situação, as terapias alternativas estão conquistando um público cada vez mais eclético. A ecologia nunca esteve tão presente.

A grande quantidade de informação com que somos bombardeados não é absorvida e causa estafa mental. A decoração e o paisagismo de lojas, bares e restaurantes é planejada para que os clientes permaneçam mais tempo (e, de preferência, gastem mais) e retornem outras vezes.

Uma função de destaque é reservada para as residências, que devem se tornar aconchegantes para proporcionar bem-estar, conforto e praticidade. É crescente o desejo de ter jardins mesmo em espaços mínimos para relaxamento e lazer.

Uma maneira de melhorar a qualidade é através da combinação de cores inspirada pelo Feng Shui, uma técnica chinesa de harmonização de ambientes. Utiliza-se um diagrama (Bá-guá) dividido em oito importantes áreas:
- trabalho/carreira;
- espiritualidade/autoconhecimento;
- saúde/família;
- prosperidade/abundância;
- sucesso/fama;
- relacionamento/casamento;
- criatividade/filhos;
- amigos/viagens.

Recomenda-se energizar apenas três áreas de cada vez. Muitas pessoas acham que é misticismo. Não deixa de ser, mas trabalha com programação neurolingüística, psicologia, subconsciente, metafísica, energia, saúde, astrologia, numerologia. Principalmente com autoconhecimento que é essencial para a motivação. É preciso acreditar em nossos sonhos e não perder oportunidades na vida.

Uma das ferramentas mais poderosas do Feng Shui é o uso da cor. Elas afetam o nosso humor, saúde, criatividade, intuição, sensações (frio, calor, aconchego, estimulam apetite e consumo). As pessoas reagem às cores de maneiras diferentes. Há necessidade do projeto ser personalizado.

Algumas pessoas consideram o estudo de cores uma extravagância. Mas foi constatado que algumas lanchonetes que modificaram apenas as cores, dando um novo layout ao estabelecimento, sem alterar o cardápio, conseguiram elevar o faturamento significativamente, mesmo sem colocar plantas adequadas à luminosidade do local.

Em termos de paisagismo, pequenas mudanças podem fazer a diferença. Paredes com texturas ou cores contrastantes com a vegetação valorizam o ambiente, subjetivamente criam histórias, cenografias e fazem meditar num processo de pura magia.

Os locais deviam ter "prazo de validade". A concorrência está ao lado e precisamos estar um passo à frente, sempre. Estamos em constante evolução, nossas metas hoje não são as mesmas do ano passado.

As cores devem acompanhar nossa mudança interior. Na verdade, não existe ninguém mais importante do que nós e merecemos ter o melhor desta vida. Afinal, somos conseqüência de nós mesmos.


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


mon
Mon Liu é designer de interiores,
paisagista e presta consultoria
em São Paulo.
Visite seu Site
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Corpo e Mente clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa