auravide auravide

Pobres realidades


Começo a “entender” algumas coisas sobre a vida, mas com apenas (artigo escrito em 29/1/2001) 21 anos(*), não sei se já posso tirar alguma conclusão. Então, o que me resta a fazer é escrever sobre os cruzamentos de dados que acontecem em meu cérebro.

O que é efetivamente a realidade? Onde está a verdade?? Parece coisa de louco questionar-se sobre isso.

Recentemente assisti o filme STIGMATA; e no final é relatado que: Jesus retratado em sua ultima ceia, diz que teria escrito um Evangelho e em uma de suas passagens, talvez a principal disse: “Você não precisa Me procurar em estruturas de madeira ou tijolos (referindo-se a igrejas, acredito eu) basta olhar dentro de você, que Estarei lá ou procurar debaixo de uma pedra ou folha pois também você Me encontrará lá”. Dizem que esse Evangelho foi descoberto, analisado pelo Vaticano e considerado herege.

Quero dizer que se for verdade, muitos de nós acreditaram e ainda acreditam em informações que não eram reais e isso é trágico! Por causa da religião, milhões de pessoas já se mataram em todo mundo. É muito séria a questão da crença, e talvez esteja na hora de todos revermos profundamente nossos conceitos, pois o mundo mudou muito nesses 2.000 anos e acredito que não somos mais simples “ovelhas”... EU não.

Uma forma básica de busca pelo “verdadeiro conhecimento” é o questionamento. Não quero dizer que devemos ser “cabeça dura” mas, não podemos também acreditar, logo de cara, em uma determinada história só porque foi seu Pai, ou sua Mãe ou o Papa que disse. Adoro pesquisar pois aprendi a usar a melhor ferramenta do mundo... a Internet na qual me sinto absolutamente livre! Lá encontro tudo que eu quero sobre qualquer coisa; e tiro minhas próprias conclusões sobre as dúvidas.

Por fim, aprendi também algo muito importante e que considero “impagável”. Eu costumava sofrer muito por antecipação, devido a informações que eu nem sabia se eram verdade. Hoje percebo como foi lamentável escutar essas pessoas, que vivem suas “pobres realidades” e que continuam passando seus “valores” por gerações e gerações, perpetuando limitações e aprisionando pensamentos.

“Viva e deixe viver”.



estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


ro
Rodolfo Fonseca é co-fundador do Site Somos Todos UM
Visite seu Site
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Corpo e Mente clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa