auravide auravide

Quero escrever a minha história junto à sua a qualquer custo


Mais um ano terminando e, como é de praxe, sempre no final de uma jornada o balanço acontece... o que foi vivido de bom? O que de fato se realizou? O que foi conquistado? Neste momento, podemos ainda acrescentar uma pergunta que se refere ao que conseguimos modificar em nossas vidas... houve algum crescimento pessoal?
Por mais que esta época enlouquecida de final de ano tente nos tirar deste foco de avaliação interna, ele existe e pulsa em nosso interior. O Natal tenta tirar as pessoas do seu centro com a necessidade artificial de consumo acentuado, com as pessoas comprando enlouquecidamente como se o mundo fosse acabar. O "consumo está no ar" e quando nos juntamos à massa, passamos a agir da mesma forma e aí não há tempo para pensar no que foi este ano, mas... a chegada de um novo ano não nos deixa escapar desta avaliação interior, pois temos sempre a esperança em nosso coração e ela passa a pulsar de uma forma tal que nos faz desejar tudo que há de melhor para o ano que irá se iniciar.

Neste ponto, cabe uma paradinha para reflexão... as aspirações para o próximo ano podem e devem ser realizadas em conexão com o seu projeto de vida e devem servir não somente para a noite da virada, mas para os próximos anos de sua vida.
Sim, é hora de decretar um basta a tudo aquilo que não mais precisa fazer parte de sua vida, para que o novo tenha espaço. Toda situação que lhe causa desgaste, mas que você deseja a todo custo como se fosse a única opção, deve ser eliminada de sua vida. Tudo aquilo que é seu por direito e que lhe fará feliz, irá se agregar à sua vida de uma maneira harmoniosa, não haverá, então, espaço para o sofrimento.

Ao observarmos a natureza, percebemos ritmo em toda parte. Nos dias que se alternam com as noites, nas marés, nas estações do ano, nas fases da lua, na vida de uma forma geral.
A humanidade vive em meio a um emaranhado de energias densas, resultantes dos pensamentos e sentimentos das massas. Essas energias mal qualificadas interpenetram os ambientes atuando nos corpos inferiores dos seres humanos, com reflexos negativos sobre suas vidas; minando a saúde, influenciando em cada ser os pensamentos, sentimentos e ações, num ciclo vicioso que necessita ser interrompido por todos aqueles que aspiram à Luz.
Para proteger-se desta ação nefasta, podemos com facilidade buscar o equilíbrio pessoal através da Mesa Radiônica, formando assim à nossa volta um poderoso campo de pura Luz, intransponível a qualquer dissonância externa. O campo assim formado tem um alto teor vibratório, sendo impenetrável à energia negativa de baixa frequência.

Não se agarre com unhas e dentes a situações que não lhe fazem bem; ao desejar a qualquer custo uma determinada situação, tenha absoluta certeza de que este objetivo poderá custar-lhe a sua felicidade.

O equilíbrio obtido pela Mesa Radiônica fará com que você passe a pulsar em uma frequência vibracional mais alta, trazendo para sua vida as situações que lhe permitirão felicidade e realização. A supressão dos bloqueios fará com que você deixe de repetir velhos padrões na constante tentativa de criar uma história diferente. A Mesa Radiônica é um poderoso instrumento de cura e desbloqueio de situações, que tem como base a geometria sagrada e os doze raios, utilizando elementos provindos de três sistemas: Radiestesia, Radiônica e Psicotrônica.
Tudo que é criado no plano mental se concretizará no plano físico, portanto, se neste momento você chegou à conclusão de que o "custe o que custar" representa mesmo a sua felicidade, modifique sua energia e tenha absoluta certeza: o amanhã poderá ser muito melhor que o hoje.

Há alguns meses, atendi uma moça que relatava estar muito cansada e sem energia, padecia de problemas físicos reais e não conseguia se livrar deles. Conversando com ela, percebi que havia um enorme medo de falta de dinheiro. Ela se submetia a tudo que fosse necessário para evitar o risco da falta em sua vida. Tinha um emprego que a explorava em atividades e em horas extras além do que ela podia dar conta. Ouvindo a história relatada mais parecia tratar-se de um trabalho escravo e, por incrível que possa parecer, ela falava de sua função no serviço com muito orgulho, como se fosse esta a única possibilidade de se sustentar em sua vida.
Realizei todo o equilíbrio na Mesa Radiônica e eliminei energeticamente muitos traumas e situações difíceis da infância, e a meu ver, o único problema real em sua vida era o tal emprego, que ela fazia questão de manter a qualquer custo. Ao término da consulta pensei comigo: a verbalização e a troca de opiniões acerca do péssimo emprego seriam inúteis, pois ela nem iria escutar, portanto, deixei a Mesa Radiônica agir de uma forma equilibrada durante os trinta dias seguintes.
Passado um mês, ela voltou para nova consulta e ao entrar me disse logo de cara: "percebi durante este tempo o quanto fui explorada no meu emprego, o quanto não me respeitam o quanto me responsabilizam por tudo sem ter retorno positivo nenhum; tudo isso aconteceu porque eu permiti e não quero mais isso para minha vida".

Apesar de todos os anos em que atuo nesta área, ainda me surpreendo com a completa mudança que se deu naqueles padrões arraigados, ela quase nem parecia ser a mesma pessoa da primeira consulta.
Passamos, então, a trabalhar energeticamente a atração de um novo emprego... e hoje em uma empresa de eventos ela comanda uma grande equipe, utilizando toda a bagagem de conhecimento e competência que já tem e uma nova e harmoniosa atitude para sua vida.



estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


isa
Maria Isabel Carapinha é colaboradora do site, radiestesista e trabalha também com Feng Shui.
Ministra cursos e faz atendimentos em residências e empresas.
Trabalha também com a mesa radiônica fazendo atendimentos em seu consultório ou à distância.
Visite meu Site e Acompanhe Maria Isabel Carapinha no Facebook
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Corpo e Mente clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa